Fé!

fe

Se tem uma coisa que eu admiro e respeito muito é a fé. A fé é algo que foge dos padrões, que não tem fórmula, que não tem nem mesmo uma explicação. Cada um tem a sua. Vem de dentro do coração, de dentro da alma.

Não importa a religião, também respeito e admiro muito a fé religiosa, mas muitas vezes a fé não precisa estar ligada a uma religião, estou também falando daquela fé na vida, a fé pelos dias melhores… Todo mundo já ouviu a música do Milton Nascimento… Afinal a Maria tinha uma estranha mania de ter fé na vida… Embora não vivesse apenas aguentasse…

Essa é a fé que move montanhas, que nos enche de vontade de acordar no dia seguinte e fazer as coisas acontecerem… A fé que cura o corpo, que cura feridas, que nos faz ajoelhar, ser pessoas mais humildes, que tira lágrimas do nosso coração, que mostra que sem essa força não somos nada…

Essa fé que aparece nos piores momentos do nada, que te enche de ânimo, que te dá uma alegria, que faz seu coração sorrir, que leva as nuvens embora, que te mostra o sol…

Essa fé que um dia faz você conhecer o choro da alegria e você descobre que as lágrimas não são só de tristeza.

Essa fé que nos acompanha todos os dias, que nos dá o alicerce, que nos ampara, nos dá força e garra para misturar a dor e a alegria…

E você tem fé em que?

Anúncios

PÁSCOA!

A Páscoa é uma das datas importantes do calendário cristão, pois ela significa passagem e tem sua origem no termo hebraico Pessach.

O “Domingo de Páscoa” celebra a Ressurreição de Jesus Cristo, Ela é comemorada após a primeira lua cheia que ocorre no início da primavera.

Durante os 40 dias que precedem a Semana Santa e a Páscoa – período conhecido como Quaresma – onde os cristãos se dedicam à penitência para lembrar os 40 dias passados por Jesus no deserto e o sofrimento que ele passou no momento de sua crucificação.  A Semana Santa da início no Domingo de Ramos, que foi a entrada de Jesus em Jerusalém. A Sexta Feira Santa, é o dia em que os cristãos celebram a morte de Jesus e o Domingo de Páscoa celebra a Ressurreição de Jesus e sua primeira aparição para os seus discípulos.

A Páscoa já era comemorada antes da época de Jesus Cristo. Era comemorada pelo povo judeu por terem sido libertados da escravidão do Egito, que durou cerca de 400 anos. Segundo a bíblia Jesus participou de muitas celebrações, uma delas e a mais famosa foi a “Última Ceia” onde Jesus participou da comunhão do corpo e sangue, simbolizados pelo pão e pelo vinho.

E O PORQUE DO OVO DE PÁSCOA ?OVO_PASCOA_JATEFALEI

Pois é um símbolo de nascimento e vida e está diretamente relacionado com a Páscoa comemorada pelos cristãos.

Presentear amigos e familiares com ovos é um costume muito antigo, comum entre os povos que habitavam a região do Mediterrâneo. Durante as festividades, os ovos eram cozidos e pintados com desenhos lembrando as plantações que tinham início nesse período. A esperança de fertilidade do solo e de abundantes, colheitas, eram representadas com a troca desses ovos coloridos.

ovo_pascoa3_jatefalei

Com o passar dos anos, os ovos de chocolate entraram para a tradição do período das festas da Semana Santa, e dar de presente um ovo de páscoa de chocolate, no Domingo da Ressurreição virou costume.

ovo_pascoa2_jatefalei

Muitos acreditam que a tradição dos ovos de chocolate, surgiu depois do séc. XVIII, sendo uma invenção de confeiteiros franceses. Outros afirmam que os ovos de Páscoa ficaram mais populares com a revolução da indústria do chocolate, que aconteceu na Inglaterra, no séc. XIX.

E em muitos países existe a tradição de esconder os ovos de Páscoa para as crianças procurarem, um jogo muito popular para muitas crianças.

Não exagere no chocolate e aproveite bem o Domingo com a família.

Nos vemos semana que vem!!!

CINDERELA E AS MADRASTAS, RAINHAS E MALVADAS DO CINEMA

O clássico desenho se tornou real. A versão live-action do clássico da Disney Cinderela estreou ontem nos cinemas brasileiros, apresentando uma versão repaginada na estética e fiel no desenrolar da trama. Como o nosso blog é muito antenado com a atualidade, hoje vamos aproveitar o lançamento do filme e falar um pouco sobre esse universo clássico que todos conhecem.

Lily James é Cinderela. A atriz até então desconhecida do grande público surge com um ótimo desempenho na tela, mas deixa a desejar na beleza (pelo menos não à altura de uma princesa Disney). Antes dela, algumas atrizes já haviam interpretado Cinderela em versões anteriores. Anna Kendrick foi a última, em Caminhos da Floresta. A loirinha Hilary Duff também entrou na pele da moça na versão moderna e pop A Nova Cinderela em 2004. Brandy Norwood arrasou como a Cinderela negra na versão musical de mesmo nome em 1997. Mas uma das melhores versões e interpretações com certeza é a de Drew Barrimore em Para Sempre Cinderela, em 1998.

Cinderelas do Cinema: Lily James, Anna Kendrick, Drew Barrimore, Brandy Norwood e Hilary Duff.
Cinderelas do Cinema: Lily James, Anna Kendrick, Drew Barrimore, Brandy Norwood e Hilary Duff.

Porém, quem se sobressai nesses filmes não são as mocinhas e sim as vilãs. As madrastas e rainhas malvadas são os papéis mais legais e interessantes. As próprias atrizes que interpretam esses papéis dizem que é muito mais interessante interpretar uma malvada do que a mocinha. Já o público, que apesar de torcer sempre pela mocinha, se empolga muito mais com os vilões. A prova disso é que a bruxa de A Bela Adormecida, Malévola, ganhou seu próprio filme solo.

Por isso, selecionamos as 10 das últimas e melhores madrastas/rainhas das versões dos clássicos contos de fadas:

.
CATE BLANCHETT | Cinderella (2015)

A mais recente madrasta do cinema é ninguém menos que a super e camaleônica atriz Cate Blanchett. Cate vive Lady Tremaine, a elegante madrasta de Cinderela no novo filme em cartaz nos cinemas.

cate_blanchett_lady_tremaine_cinderela

.
JULIA ROBERTS | Espelho, Espelho Meu (2012)

Julia Roberts encarou a excêntrica madrasta de Branca de Neve na adaptação Espelho, Espelho Meu, com Lily Collins no papel de Branca de Neve. Aplicações de botox um tanto curiosas, vestidos coloridos gigantes, diálogos engraçados e uma máscara facial nojenta colocam a incrível Julia no hall das favoritas de todos.

julia_roberts_espelho_espelho_meu

.
CHARLIZE THERON
| Branca de Neve e o Caçador (2012)

A Branca de Neve de Kristen Stewart foi uma das que mais sofreram na mão da madrasta. Charlize Theron dá vida à sombria e maravilhosa Rowenna em Branca de Neve e o Caçador. A mania de beleza e a crueldade fazem de Rowenna uma das melhores madrastas do cinema. Atenção especial para a incrível cena do banho no leite. Charlize é INCRÍVEL!

charlize_theron_ravenna_branca_de_neve.

ANGELINA JOLIE | Malévola (2014)

Angelina detonou no sucesso Malévola no ano passado, mas mostrou que personagem não é tão má assim. Que pelo menos não é malvada por natureza. Malévola foi enganada e buscou vingança. Por conta disso, a pobre Aurora – interpretada por Elle Fanning – acabou sofrendo pelo o que seu pai causou à criatura.

angelina_jolie_malévola

.
MERYL STREEP
| Caminhos da Floresta (2015)

Você seguidor do blog deve estar se perguntando: de novo Meryl? Sim gente, isso só prova que Meryl é a atriz mais indicada para QUALQUER tipo de papel. A diva viveu a “mãe” malvada de Rapunzel em Caminhos da Floresta. Assim como em Malévola, a Bruxa aqui só fez toda a maldade por vingança. Mas foi maldade suficiente para inserir Meryl em nossa lista.

maeryl_streep_bruxa_caminhos_da_floresta.

SUSAN SARANDON | Encantada (2007)

Encantada foi um dos contos de fadas de maiores sucessos da Disney em live action pela introdução da nova princesa Giselle, interpretada por Amy Adams. A rainha do reino de Andalasia é ninguém menos que a incrível Susan Sarandon, que durante o filme se alterna no mundo da animação e no mundo real, afim de dizimar a pobre garota que irá tomar seu lugar de rainha!

susan_sarandon_narissa_encantada.

HELENA BONHAM CARTER | Alice no País das Maravilhas (2010)

Essa aqui é malvada mesmo! A sensacional Rainha de Copas (ou Rainha Vermelha) de Helena Bonham Carter foi um estouro em Alice no País das Maravilhas, com sua mania de decepar a cabeça de tudo e todos. Vale  lembrar que Helena também já foi bruxa malvada em Harry Potter e atualmente é a Fada Madrinha do novo Cinderela!

helena_bonham_carter_alice_rainha_de_copas

.
CHRISTINE BARANSKI | Caminhos da Floresta (2015)

Christine Baranski também estrelou Caminhos da Floresta, mas como madrasta de Anna Kendrick. Apesar da pouca participação no filme, a performance da atriz é marcante e divertida o suficiente para estar em nossa lista!

christine_baranski_madrasta_caminhos_da_floresta.

BERNADETTE PETERS | Cinderela (1998)

Uma das divas absolutas da Broadway, Bernadette Peters consagrou-se como a Bruxa de Into the Woods na versão dos Palcos, mas também viveu a madrasta da Cinderela negra na versão musical de Rodgers & Hammerstein do clássico, que contava com Whitney Houston como Fada Madrinha. Dona de uma voz magnífica Bernadette

bernadette_peters_madrasta_cinderela

.
ANGELICA HUSTON
| Para Sempre Cinderela (1998)

Pouco depois de se consagrar como Morticia de A Família Addams, Angelica Huston foi causar na vida de Drew Barrimore na versão de 1998, Para Sempre Cinderela. A madrasta Rodmilla tomou as rédeas da casa e fez barbaridades na vida da pobre Danielle.

angelica_huston_rodmilla_para_sempre_cinderela

.
JENNIFER COOLIDGE
| A Nova Cinderela (2004)

Como falar em madrasta e não citar a versão pop sessão da tarde de Cinderela? Jennifer Coolidge, que atualmente estrela o sitcom 2 Brooke Girls já viveu a irreverente Fiona, madrasta de Hillary Duff em A Nova Cinderela.

jennifer_coolidge_fiona_a_nova_cinderela.

       E para você? Qual é a sua Malvada Favorita? Fique ligado, sexta-feira que vem tem mais! E uma dica do próximo post… Ator falecido ano passado estreia novo filme dia 2 de Abril. Já sabe? Conta pra gente!
.

ja_te_falei_indicações_cinema
  CINDERELA |  Direção: Kenneth Branagh – Com Lily James, Cate Blanchett, Richard Madden, Helena Bonham Carter e Stellan Skarsgard  – Indicado para todas as idades, a versão live action de Cinderela resgata o que tem de melhor no clássico desenho da Disney e dá uma repaginada em algumas situações. Produção caprichada, elenco talentoso, mas que peca com uma Cinderela sem a aparência ideal de uma princesa Disney.

ja_te_falei_estreias_cinema

  • Cinderela
  • O Garoto da Casa ao Lado
  • Ponte Aérea
  • O Sal da Terra
  • Vício Inerente
  • Marcas D´Água
  • Em um Pátio de Paris
  • Além da Água

DOLO X CULPA

doloxculpa_jatefalei

 

Já te falei a diferença entre dolo e culpa?

Primeiramente, não podemos confundir o dolo civil com o dolo criminal.

DOLO civil significa fraude, má fé. É quando uma pessoa, conscientemente, induz alguém ou, mantém este alguém em erro, quando da prática de um ato.

Segundo a famosa definição de Clóvis Beviláqua: “Dolo é artifício ou expediente astucioso, empregado para induzir alguém à prática de um ato jurídico, que o prejudica, aproveitando ao autor do dolo ou a terceiro.”

Segundo Maria Helena Diniz, “o dolo principal é aquele que dá causa ao negócio jurídico, sem o qual ele não se teria concluído, acarretando, então, a anulabilidade daquele negócio”. Podemos concluir que, o dolo é essencial quando se não fosse pelo dolo, o negócio não se concretizaria.

Um negócio jurídico pode ser anulado por dolo, quando este for a sua causa. (art. 145, CC).

Há também o dolo acidental onde existe a intenção de enganar, todavia o negócio aconteceria com ou sem dolo. Contudo, o negócio celebrado desta forma, surge ou é concluído de forma mais onerosa ou menos vantajosa para a vítima. Art. 146: “É acidental o dolo, quando a seu despeito o ato se teria praticado, embora por outro modo”.

O dolo acidental não acarreta a anulação do negócio jurídico, porém obriga o autor do dolo a satisfazer perdas e danos da vítima.

No direito penal, o crime é “DOLOSO, quando o agente quis o resultado ou assumiu o risco de produzi-lo” (Código Penal, art. 18, I).

Há doutrinadores que categorizam o dolo em três espécies diferentes:

Dolo direto – quando o agente quer diretamente o resultado, pois tem a intenção de praticar aquela conduta. Ou ainda, quando o resultado é a conseqüência necessária do meio escolhido pelo agente para a prática do crime.

Ex: Homicídio doloso, significa que o indivíduo que praticou o homicídio tinha intenção de matar.

Dolo eventual – quando o agente não quer diretamente o resultado, porém assume o risco de produzi-lo.

Ex: num racha, o motorista atropela e mata pedestres. Ele não quis o resultado morte, mas sabia do risco de produzi-lo.

Dolo específico – em certos crimes dolosos, o tipo descrito na lei, exige, explícita ou implicitamente, que o agente tenha em mente um fim especial de agir, ou seja, um elemento subjetivo do tipo penal, distinto do dolo.

Ex: art. 158 (extorsão) – “com o intuito de obter, para si ou para outrem, indevida vantagem econômica”.

CULPA é o ato ou omissão repreensível, por falta da devida atenção. Caracteriza-se pela violação ou inobservância de uma regra, que produz dano aos direitos de outrem, porém neste caso, não há má-fé.

Além disso, a definição de culpa em sentido estrito traduz-se nos conceitos de negligência, imprudência e imperícia.

Negligência – agir com descuido, desatenção ou falta de zelo, não tomando as devidas precauções. Inobservância do dever, em realizar determinado procedimento, com as precauções necessárias. Ex: passar no farol vermelho – a pessoa tem capacidade para dirigir, mas comete um ato faltoso.

Imprudência – falta de cautela, de cuidado, é mais que falta de atenção, é a imprevidência acerca do mal, que se deveria prever, porém, não previu. Ex: médico que ministra remédio errado ao paciente, quando os sintomas dele são claramente de outra doença – neste caso o médico tem habilidade para clinicar, mas faltou precaução na hora de praticar o ato.

Imperícia – falta de técnica necessária para realização de certa atividade. Ex: dirigir sem habilitação – neste caso a pessoa não tem capacitação técnica para realizar o ato.

Um crime é culposo quando o agente dá causa ao resultado por negligência, imprudência ou imperícia, não observando o cuidado devido. No crime culposo o agente não quer o resultado, nem assume o risco de produzi-lo.

Há doutrinadores que classificam a culpa em inconsciente e consciente.

Culpa consciente – o agente prevê o resultado como possível, mas confia sinceramente que o resultado de sua ação não ocorra.

Culpa inconsciente – é a culpa sem previsão, quando o resultado da ação não poderia ser previsto. Ex:  uma pessoa acha que está sendo assaltada e saca sua arma, atirando naquele que ela achava ser um assaltante. Essa pessoa imaginou estar agindo em legítima defesa. Desta forma, a lei manda aplicar a pena de um crime culposo, a um atuar doloso.

A culpa não se presume. Para se comprovar a culpa em um crime, o resultado da ação do agente deve ocorrer “por” negligência, imprudência ou imperícia.

Localização Privilegiada.

Sempre ouvi dizer que a localização é tudo para um comercio ser bem sucedido, rua larga e movimentada, frente espaçosa, vaga para estacionar e fachada chamativa entre outros mil detalhes.

 E se o seu comercio for em uma sala comercial, no primeiro andar, sem estacionamento, em uma rua estreita, sem elevador e sem fachada para divulgar?

 Parece tudo errado né? Mas não é! O lugar em questão é uma   deliciosa “vila” comercial no jardins, com manobrista na entrada, requintada, um clima europeu que impera no ambiente, um bistrô francês para servir as mesas cobertas dispostas no centro da vila.

 Localização

A Vila por si só já é o atrativo, aberta ao publico, com segurança e convidativa faz toda a diferença não apenas para o publico, mas também para quem ali trabalha em um ambiente lindo, cercado de verde e cuidado nos detalhes.

 Localização

Será que é bom? As lojas que ali estão instaladas não reclamam, e algumas estão à muito tempo. A própria vila já virou o atrativo, e os clientes de uns se tornam os clientes de outros, um verdadeiro mini shopping ao céu aberto, com muito mais charme e elegância, é claro.

 Localização

O espaço é super disputado, nada fica vago, e se ficar é alugado imediatamente pela fila de espera.

 Localização

Quando te oferecerem um imóvel fora dos padrões convencionais, antes de negar veementemente, de uma olhada e poderá se surpreender.

Localização é importante sim, mas charme, beleza e sofisticação faz parte do negócio.

Parabéns K conceito  pela escolha.

Abraço a todos e até a próxima quinta.

Eddie Gomes

Quem está obrigado a declarar o Imposto de Renda Pessoa Física 2015?

IRPF 2015

Está obrigado a declarar o IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) exercício 2015 e ano calendário 2014, toda pessoa residente no Brasil que no ano base (2014) obteve rendimentos tributáveis superiores a R$ 26.816,55. Quem recebeu até R$26.816,55 no ano de 2014, fica isento da declaração.

Os rendimentos tributáveis incluem salários, aposentadorias e etc.

Existem algumas regrinhas sobre essa obrigatoriedade da declaração, para maiores informações e detalhes, clique aqui.

A declaração é preenchida e transmitida pela internet, você precisará baixar um programa no site da Receita Federal para então fazer o preenchimento e enviar a sua declaração. Esse programa é gratuito. Clique aqui para baixar.

O prazo para entrega da Declaração IRPF 2015 é até 30 de abril de 2015.

Fique atento ao prazo!

Até a próxima quinta!

26 de Março “O Sal da Terra” – de Filho para Pai

Antes de começarmos, assista:
(em HD e tela cheia, faça esse favor à você mesmo!)

Nesta Quinta Feira, 26 de Março de 2015, estréia nos cinemas em todo o Brasil o Documentário biográfico de Sebastião Salgado.

“Mas espera. Estréia de filme? Essa é a Coluna do Luciano Fernandes sobre Cinema? Hoje é sexta feira?”

Infelizmente, ainda não é sexta! E essa coluna é sim sobre Fotografia, mas no post de hoje vamos misturar o cinema e a fotografia. Sebastião Salgado é um dos maiores nomes da Fotografia como já conversamos no meu post sobre o TED -Semeando Idéias, onde Sebastião nos proporcionou um pequeno vislumbre sobre sua genialidade.

O Sal da Terra

Juliano Ribeiro Salgado, Codiretor de “O Sal da Terra”

Há anos, Juliano Ribeiro Salgado, filho de Sebastião, acompanha algumas das jornadas do pai registrando os bastidores de sua vida e obra. Juliano captou a alma por trás de alguns dos maiores e mais profundos registros de seu pai com o objetivo de justamente expor ao mundo os processos de criação de Sebastião Salgado.

Win Wenders, Diretor de “O Sal da Terra”

O conceituado diretor alemão, Wim Wenders, foi convidado e assumiu então a tarefa de dar forma, a partir dos registros de Juliano, a um Documentário retratando a biografia, o trajeto e os processos criativos de Sebastião. Foi então, a partir da colaboração entre Juliano, Wenders e Sebastião, que surgiu o projeto “O Sal da Terra”, que chega aos cinemas brasileiros amanhã.

“Pai e filho me convidaram a continuar esse filme com eles, para dar à aventura um olhar externo. Não hesitei nem um segundo. Que mais eu poderia querer? Enfim, eu ia conhecer esse homem, descobrir o que o impulsionava e por que sua obra tinha me marcado tanto. Eu nem imaginava que ia descobrir muito mais que um simples fotógrafo. (…) Algo que eu já sabia sobre esse ‘Sebastião Salgado’, é que ele realmente se importa com pessoas. Afinal, as pessoas são O Sal da Terra” – Win Wenders

Vida e Obra

Sebastião Salgado e Win Wenders

Dizer que Sebastião Salgado “se importa com pessoas” ainda não expressa o quanto ele de fato se importa. Economista por formação, Sebastião passou a maior parte de sua juventude lutando por diversas causas sociais como Ativista Político. Sebastião enfrentou ativamente a Ditadura Militar (essa mesma que muitos querem de volta), participando de grupos organizados de esquerda contrários à intervenção militar em favor da Democracia.

Sebastião Salgado

Quando anunciado o Golpe Militar de 1964, Sebastião foi então obrigado a abandonar o país e emigrou para França, onde vive desde então. Mas, Sebastião ainda não era fotógrafo, ainda não possuia nenhum tipo de relação com a arte de registrar o mundo através da luz. Foi apenas por volta de seus 30 anos de idade, que recebeu como presente de sua esposa, Lélia Wanick Salgado, sua primeira câmera fotográfica, e passou então a registrar suas constantes viagens de trabalho para o continente Africano onde se deparou com a onipresença da miséria e do sofrimento  humano.

Sebastião Salgado

Como conta o próprio Sebastião, ele não apenas registrou, mas vivenciou e internalizou todo o sofrimento de cada pessoa que mirava suas lentes. Sebastião ao longo dos anos, mergulhou numa depressão profunda e auto-destrutiva. Sofreu durante anos por diversas doenças de origem psicossomática.

Hoje, Sebastião dedica toda sua vida e obra à proteção da natureza. Sempre engajado na vida política, Sebastião, falou para mais de mil pessoas no Projeto Sempre um Papo, que coloca artistas e público frente à frente, sobre a crise hídrica como vocês podem conferir nessa completíssima matéria da Carta Capital – ‘Matamos nossos rios, não há partido que resolva’, diz Sebastião Salgado.

Sebastião e Lélia

Muito além da fotografia, Sebastião e Lélia, coordenam e presidem o Instituto Terra, de proteção ambiental que é referência mundial no tema, e Lélia preside a Amazonas Images, que cura o acervo do artista, além de contribuirem para inúmeras outras causas e organizações sociais.

 Precisa de mais algum motivo para conferir “O Sal da Terra”

Além de já ter recebido TODAS as premiações possíveis como fotógrafo, o Documentário vem conquistando ampla aceitação da crítica, já conquistou um Prêmio Especial na mostra Un Certain Regard em 2014 em Cannes, e foi indicado ao Oscar 2015 de melhor documentário.

Até o momento, a página oficial do filme no Facebook, ainda não divulgou as salas de cinema que exibirão o filme mas prometeram que a divulgação será realizada ainda hoje.

Insistência

insistencia

Não sei se minha paciência é curta nesse quesito, mas uma coisa que me irrita é a insistência…

A insistência para ir em um lugar, para comer aquilo que o outro gosta, para experimentar uma comida, para fazer companhia, para fazer alguma coisa, e por ai vai…

Acho que não passa pela cabeça do insistente que o que pode ser bom para um pode não ser bom para outro… Na vida não há fórmulas, não há a receita exata, nem lugares perfeitos. O que há é paladares diferentes, gostos diferentes e a certeza de que deve sempre haver respeito.

Talvez a torta que você goste eu ache horrível… E isso pode ser até um pouco decepcionante tanto para você quanto para mim dependendo da propaganda que você fez dessa torta…

Talvez você ame o seu médico e eu não goste dele… E ninguém está certo ou errado, isso não quer dizer que ele seja melhor ou pior do que os outros, existe um milhão de médicos bons e ruins… Tão bons quanto o meu, mas eu gosto do meu…

Talvez você goste de pimenta e eu não… Você não precisa perder um longo discurso falando sobre a comida com pimenta… Isso com certeza não irá mudar o meu paladar… Mas mesmo assim podemos sair para comer juntos sem nenhum problema… (Lógico desde que você não faça um discurso sobre a pimenta)… Eu continuo gostando da comida sem pimenta…

Talvez eu goste de ir no cinema com alguns amigos, mas sair pra comer eu gosto de ir com outros, e qual o problema nisso? Ninguém é mais amigo ou menos amigo por causa disso…

O problema do insistente é achar que as suas escolhas são melhores do que as dos outros e lógico querer praticamente obrigar os outros a seguirem suas escolhas também…  Além de criar a tal expectativa… Talvez ele poderia fazer as pessoas até acompanharem mais ele, comer mais o que ele gosta, frequentar mais lugares que ele queira, marcar uma consulta no médico ou no dentista dele.  Se não insistisse ou menosprezasse tanto os gostos do outro…

As pessoas tem livre arbítrio, lembra?

Você sabia: Leite!

Você sabe qual é a diferença entre os leites A, B e C?

Uma vaca pode produzir qualquer um dos três. O que classifica o leite á a forma como ele é tirado e a sua quantidade de gordura e proteínas.

TIPO A
A ordenha é sempre mecânica e o leite vai direto para um tanque, onde é resfriado e já sai para a máquina embaladora. Quanto à composição, a diferença entre o A e o B é bem pequena. Os dois são praticamente integrais. O tipo A tem mais gordura e menos proteína que o tipo B. Possui no máximo 500 bactérias/ml e se conserva por sete dias.

TIPO B
As vacas permanecem em estábulos, o que ajuda na manutenção das condições de higiene. A ordenha também pode ser natural ou mecânica. O local de armazenamento é mais sofisticado do que o do tipo C. Permite refrigeração a temperaturas mais baixas. Tem até 40 mil bactérias/ml e deve ser consumido em menos de 5 dias.

TIPO C
A ordenha por ser natural ou mecânica e as vacas ficam soltas no pasto. O leite é armazenado em abrigos rústicos, mas refrigarados, antes de seguir para a usina onde será embalado. Apresenta um teor de gordura de aproximadamente 3%. As usinas utilizam o restante para produzir manteiga, queijos e derivados. Tem até 150 mil bastérias/ml e dura no máximo 3 dias.

Você sabe o que é leite pasteurizado?

É o leite que passa por um processo de aquecimento para se livrar de microrganismos nocivos ao homem. O leite é aquecido a temperaturas entre 72ºC e 75ºC durante 15 ou 20 segundos e, depois, é resfriado a 5ºC. Apesar disto, o leite precisa ser mantido na geladeira, porque algumas bactérias ainda conseguem resistir ao processo e podem estragá-lo antes que atinja seu prazo de validade. A pasteurização foi inventada pelo cientista francês Louis Pasteur. Na verdade, Pasteur começou a usá-la para salvar a produção de vinho em uma região da França. Só depois se percebeu que a pasteurização era muito útil também para a preservação de outros alimentos.

Leite comum X Leite longa vida

A diferença entre o longa vida e os outros tipos de leite é o rigor com que se realiza o processo de pasteurização. No caso do “leite de caixinha” é aplicado o processo de Ultra Alta Temperatura (UAT), durante o qual se aquece o leite a 150ºC por cerca de 4 segundos para depois retirá-lo rapidamente. Diferente da pasteurização simples, todos os microrganismos presentes no leite são eliminados, e isto possibilita que ele fique armazenado fora da geladeira.

Adivinhe quantos litros de leite são necessários para fazer 1 kl de queijo?

Cada tipo de queijo leva uma determinada quantidade de leite em sua composição. Quanto mais úmido o queijo, menor a quantidade de leite para prepará-lo. Um quilo de queijo minas fresca, por exemplo, requer muito menos leite no preparo que 1 quilo de parmesão, que é bem mais concentrado, Mas, de modo geral, pode-se dizer que para fazer 1 quilo de queijo utilizam-se de 6 a 10 litros de leite.

Nos vemos semana que vem!!

 

DO BRASIL PARA O MUNDO: OS BRASILEIROS BEM SUCEDIDOS EM HOLLYWOOD

Hollywood é o destino ideal e almejado pela maioria dos atores e diretores do mundo inteiro. A famosa “capital mundial do cinema” abriga uma quantidade enorme de astros, produtores e diretores que residem nos arredores dos estúdios de cinema. São tantos profissionais tentando carreira por lá, que as poucas e disputadíssimas oportunidades tornam-se quase impossíveis de se conseguir. Apesar do título de Capital do Cinema, vale lembrar que a indústria indiana, conhecida como Bollywood, bate os EUA em quantidade de produções cinematográficas, mas o glamour das premiações e tecnologia das produções, fazem de Hollywood o destino preferido da maioria deles.

Que o cinema brasileiro está em crescimento constante, isso já sabemos. Alguns filmes destacam-se na bilheteria e tornam-se recordistas em suas semanas de exibição, mas infelizmente são poucos os que se destacam lá fora. Porém, é com esses destaques que as oportunidades aparecem. Hoje listamos os 10 brasileiros mais bem sucedidos em Hollywood:

10 – Fernanda Andrade, atriz

fernanda_andrade_atriz_brasileira_hollywood

Fernanda Andrade é natural de São José dos Campos e é a primeira atriz brasileira a protagonizar um filme de terror nos EUA, A Filha do Mal. O filme é bem fraco, mas estourou nas bilheterias no final de semana de abertura. Além deste trabalho, Fernanda já participou de The Mentalist, Sons of Anarchy, CSI: Miami e protagonizou o seriado Fallen.

9 – Heitor Dhalia, diretor

heitor_dhalia_diretor_brasileiro_hollywood

Heitor Dhalia, natural de recife, ganhou notoriedade em Hollywood após o ótimo O Cheiro do Ralo. Nos EUA dirigiu À Deriva, produção americana e brasileira estrelada por Camila Belle, Laura Neiva e Vicent Cassel e também 12 Horas, protagonizado por Amanda Seyfried.

8 – Wagner Moura, ator

wagner_moura_ator_brasileiro_hollywood

Wagner Moura ganhou destaque no cinema nacional com Tropa de Elite e o burburinho todo em volta do filme chamou atenção da mídia estrangeira, levando Wagner direto para o elenco de Elysium, ao lado de Jodie Foster, Matt Damon e a brasileira Alice Braga. Além deste trabalho, Wagner esteve no remake de Robocop a convite do amigo e diretor de Tropa de Elite, José Padilha. Seu último trabalho gringo foi em Trash – A Esperança Vem do Lixo, que apesar de ser gravado inteiro no Brasil, a produção é inteira americana.

7 – Sônia Braga, atriz

sonia_braga_atriz_brasileira_hollywood

Sônia Braga é a rainha do pornochanchada nacional, mas ganhou destaque nos EUA e atuou ao lado de grandes estrelas do cinema e televisão. Sônia esteve em Sex and the City, CSI: Miami e nos filmes Cidade dos Anjos, Um Drink no Inferno 3 e Perfume. Em 2001, Jennifer Lopez estrelou Um Olhar de Anjo e por admirar o trabalho da atriz, exigiu que o papel da mãe de sua personagem fosse dado a ela.

6 – Morena Baccarin, atriz

morena_baccarin_atriz_brasileira_hollywood

Você já a viu em seriados famosos, mas provavelmente desconhecia o fato de que ela é Brasileira. Morenanasceu no Rio de Janeiro, mas vive nos EUA há muito tempo. Lá, participou das séries The OC, Homeland, The Good Wife, Numbers, Stargate, How I Met Your Mother e Firefly. No cinema atuou em Serenity e A Espiã que Sabia de Menos. Atualmente ela pode ser vista nas séries Flash e Gotham.

5 – Walter Salles, diretor

walter_salles_diretor_brasileiro_hollywood

Walter Salles dirigiu Central do Brasil, filme que marca o retorno dos sucessos do cinema nacional e foi indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Em seguida, dirigiu Diários de Motocicleta, sobre a vida de Che Guevara. Em sua jornada nos EUA, dirigiu o fraco Água Negra e a adaptação do livro Na Estrada, de Jack Kerouac., com grandes nomes no elenco.

4 – Carlos Saldanha, diretor

carlos_saldanha_diretor_brasileiro_hollywood

Carlos Saldanha é diretor, autor e produtor. O carioca é criador e diretor de todos os filmes da série A Era do Gelo e Rio. Suas animações tornaram-se grandes franquias de sucesso, desbancando filmes da Disney e colocou Saldanha no hall dos respeitáveis animadores do mundo todo.

3 – Fernando Meirelles, diretor

fernando_meirelles_diretor_brasileiro_hollywood

Consagrado diretor brasileiro, Fernando Meirelles ganhou destaque após o incrível Cidade de Deus. Rapidamente foi convidado a dirigir produções hollywoodianas como O Jardineiro Fiel e Ensaio sobre a Cegueira.

2 – Alice Braga, atriz

alice_braga_atriz_brasileira_hollywood

Alice Braga é sobrinha de Sônia Braga. A paulista fica com a segunda posição, e leva no currículo filmes hollywoodianos como Elysium, Na Estrada, O Ritual, Predadores, Ensaio sobre a Cegueira, Eu Sou a Lenda e atualmente grava Kill Me Three Times e By Way of Helena.

1 – Rodrigo Santoro, ator

rodrigo_santoro_ator_brasileiro_hollywood
O primeiro da lista é o mais comentado dos últimos tempos e com maior ascensão em nossa época. Graças aos seus famosos trabalhos em Bicho de Sete Cabeças e Abril Despedaçado, estrelou nos EUA As Panteras Detonando, Simplesmente Amor, 300, Che, O Golpista do Ano, O Que Esperar Quando Você Está Esperando, Recém-Formada e o recente Golpe Duplo, além de ter participado da série Lost. Atualmente grava o remake de Ben-Hur, no papel de Jesus Cristo.

 

ja_te_falei_indicações_cinema
estrelas_cine5 KINGSMAN – SERVIÇO SECRETO |  Direção: Matthew Vaugh – Com Colin Firth, Taron Egerton, Samuel L Jackson, Mark Strong e Michael Caine   – CONTINUO INDICANDO – Raramente classifico um filme com cinco estrelas. Este merecia seis. Incrível, dinâmico, bem produzido, elenco estrelar e ação de tirar o fôlego! RECOMENDADÍSSIMO! 

estrelas_cine3 GOLPE DUPLO  |  Direção: Paul Tibbitt – Com Will Smith, Rodrigo Santoro e Margot Robbie.  – Divertido e descontraído. O novo longa de ação de Will Smith é puro entretenimento e nada mais que isso. Bons momentos de comédia e ótimas cenas de ação. Porém, é muito fácil identificar a trama Ctrl C + Ctrl V de outros filmes.

ja_te_falei_estreias_cinema

  • A Saga Divergente: Insurgente
  • Terceira Pessoa
  • Mapa Para as Estrelas
  • Duas Irmãs, Uma Paixão
  • Dívida de Honra
  • O Duelo