Arquivo da categoria: Gastronomia

A Arte da Confeitaria valorizando o Batizado

Bombom Anjinho
Bombom Anjinho

Para quem não leu a matéria sobre batizado que saiu na Revista EXAME.com…

“Inovação na arte da Confeitaria”

Desde o nascimento, geralmente a mãe já fica ansiosa e pensando nos preparativos da grande data, que deixou de ser há algum tempo apenas a cerimônia religiosa e abriu as portas para a festa de batizado, normalmente celebrado com um almoço ou um brunch.

Uma celebração emocionante que marca a vida do bebê merece ser comemorada com um estilo delicado e charmoso, afirma o chef Alan combati responsável pela sua confeitaria que frequentemente elabora a mesa de doces de diversos batizados na cidade de São Paulo.

O chef ainda sugere que a celebração seja intimista para os familiares e amigos mais próximos, geralmente para 30 a 35 convidados. Assim fica mais fácil otimizar custos e celebrar de uma maneira bem elaborada.

Na hora da decoração o ideal é investir em tons claros ou pastéis com flores delicadas. Branco com prata e branco com dourado são os mais escolhidos afirma o chef que ainda conta receber muitos pedidos de uma caixa especial com doces finos e decorados para presentear os padrinhos e avós. “É uma forma de demonstrar todo o carinho na data” conclui.

Bolo Batizado_confeitariaalancombati

O bolo deve ser encantador e toda decoração da mesa depende dele, a estrela principal. Normalmente de pasta americana com símbolos religiosos, seguindo a tradição do batismo, com dois ou três andares e todo trabalhado com detalhes como por exemplo as iniciais do bebê.

Já os doces que ajudam a compor a decoração da mesa e deixam o evento mais charmoso, devem ser mais sofisticados e elaborados com elementos religiosos (como uma cruz, anjinhos, pombinha que simboliza o Espírito Santo, entre outros) sempre em harmonia com o bolo e as lembrancinhas.

Uma boa escolha são os alfajores, cupcakes, pirulitos de chocolate, Brig. decorado Pirulito de Alfajor Anjinhobombons e cake pops todos decorados nos mínimos detalhes com o tema.

Bombom Anjinho

Alessandra Sleiman mãe da Maria Eugênia optou por um almoço para 30 pessoas e pela mesa de doces do chef Alan Combati. “Deixei tudo nas mãos dele. Eu só pedi um bolo de 3 andares e disse para ele que preferia toda decoração com anjinhos e pombinhas da paz. Ele se encarregou de todo o resto. Até as lembrancinhas que eram cupcakes em caixinhas com um mini terço no laço ele providenciou. É muito bom contar com alguém que se responsabilize por toda essa parte dos doces, pois quando temos um bebê é tudo mais complicado, afirma ela. “Ele criou para a Maria Eugênia um brigadeiro com uma hóstia em cima e um anjinho, foi uma surpresa, todos ficaram encantados.”

O bom de contar com doces decorados e personalizados é poder economizar na decoração, uma vez que eles já são decorados e tomam todas as atenções da festa.

O fotógrafo responsável pela mesa de Marketing, Eddie Gomes, afirma que o ideal para eternizar o grande dia é optar por um ambiente intimista, bem decorado e suas fotos ficaram incríveis.

Na hora de elaborar o batizado do seu bebê não esqueça de planejar com cuidado os detalhes pois esta é uma celebração detalhada e importante.

Chef. Alan Combati
www.confeirariaalancombati.com.br

Fotógrafo Eddie Gomes
www.mesademarketing.com.br

Website: http://www.confeitariaalancombati.com.br

DESPREPARADOS

A única palavra que eu penso no momento é “DESPREPARADOS”.

Se alguma pessoa decide adquirir uma franquia ela deve saber de algumas obrigações de um franqueado, uma delas é atender o cliente em seu horário de expediente, seja 1 hora antes de fechar até 10 minutos antes de fechar o estabelecimento. Na última sexta feira no dia 29/01 estive presente com uns amigos em uma das unidades recém-inaugurada da franquia Croasonho localizada no Jd. Anália Franco.

Ela foi inaugurada no dia 19 de Janeiro de 2016 há exatos 10 dias atrás, se em 10 dias eles não tiveram o devido preparo para atender todos os clientes, quanto tempo vão levar para resolver o problema? Chegamos ao local com 1h 30 min antes de encerrar o expediente, demos de cara na porta, pois um segurança nos avisou que tinham encerrado alegando não terem produto suficiente para fornecer aos clientes, como um franqueado recém-inaugurado não ter mais produtos para vender, é um absurdo!  E não fui o único que tive que procurar outro lugar para comer, imaginem quantos clientes chegaram à porta e não puderam entrar, não querem realmente ganhar dinheiro.

No próprio site da Croasonho você pode verificar que em seus princípios existem alguns itens como:

  1. Nosso negócio: Proporcionar aos clientes uma experiência gastronômica marcante – realmente eu não tive uma experiência gastronômica marcante, claro que eu tive uma experiência…. uma péssima experiência, pois não pude comer no local sendo que ainda estava aberto.
  2. Missão: Respeitar clientes, franqueados, colaboradores e fornecedores através de ações transparentes que tenham como resultado o bem-estar e a satisfação plena de todos. – Não fui respeitado, se eu fosse respeitado eu deveria ter sido atendido, eles sim tinham que conversar com os fornecedores sobre a falta de abastecimento de produto, pois não tinha para todos os clientes.
  3. Visão: Ser, até 2020, uma das principais franquias do país, reconhecida pela qualidade de seus produtos e serviços, e pela eficiência nas práticas de gestão em Franchising – bom eu não sei se até 2020 ela vai estar aberta, mais no momento eu não acho que deveria estar…..se não tem produto para oferecer aos clientes, porque estar aberta?

Bom se um dia eu voltar lá, vou contar se eu pelo menos consegui entrar na loja.

E se você visitou o local, conte aqui como foi a sua experiência!

Fiquem ligados nas próximas dicas.

Até a próxima.

Clássicos do Cinema – Martíni

Outro clássico e muito conhecido….

007_gold_finger

O Bond mais aclamado de todos os tempos, Sean Connery, foi o primeiro a usar a clássica tirada ” batido, não mexido”, em 007 contra Goldfinger.

Sean_Connery
Sean_Connery

Desde então, a fala se tornou um dos bordões mais citados na história do cinema ( especificamente com uma imitação do forte sotaque escocês do ator).

Na grande interpretação de Daniel Craig em 007 – Cassino Royale, o

Daniel_Craig
Daniel_Craig

agente secreto mais famoso do mundo fornece a receita exata do drinque favorito de Ian Fleming ( criador do personagem ), não sem antes dar uma importante pista da razão pela qual essa bebida é sempre sua primeira escolha: Bond deixa escapar o nome que deu à bebida, Vesper, em homenagem a Vesper Lynd, o único amor de sua vida, a mulher que inclusive viria a traí-lo.

As pessoas costumam associar James Bond a essa bebida mais do que a qualquer outro elemento da trama. Mas justiça seja feita: ele também gosta de champanhes finos!

[ Elenco & Apoio ]
cubos de gelo
75 ml de gim Gordon’s
25 ml de vodca
15 ml de licor Kina Lillet
1 fina tira de casca de limão-siciliano

Rendimento: 1 pessoa

[ Voz em Off ]
Para beber o verdadeiro martíni Vesper tão apreciado por Ian Fleming, é necessário ter Kina Lillet, um licor francês típico.
Trata-se de uma bebida difícil de achar, que pode ser substituída por vermute, apesar de somente o licor francês oferecer aquele aspecto dourado à mistura. Talvez seja uma boa pedida tentar encontrar Kina Lillet caso você faça uma viagem à França, e nesse caso é melhor procurar em lojas menores do que em grandes supermercados.

[ Roteiro ]
1. Vista sua roupa mais elegante e convide qualquer vilão internacional que você conheça para jogar pôquer na sala da sua casa.
2. Coloque gelo num copo.
3. Despeje o gim, a vodca e o licor de Kina Lillet por cima do gelo.
4. Agite bem.
5. Despeje numa taça de martíni ( sem o gelo ) e acrescente uma tirinha de casca de limão-siciliano. Aproveite para torcê-la antes de colocar na taça, para que solte o aroma e dê sabor à bebida.
6. Repita a gosto durante a noite toda, até que o mundo que conhecemos esteja a salvo das forças do mal.

Espero que tenham gostado de mais um classico!
Nos vemos semana que vem…

Clássicos do Cinema – Cosmopolitan

Vamos para mais uma semana…

Este drinque parece ter tantas variações quanto o Kama Sutra. Especialistas e bartenders alteram a receita original ao adicionar vodca com sabores diferentes, ao trocar o triple sec por Cointreau ou Grand Marnier e até mesmo ao trocar o suco de limão comum por concentrado de limão com açúcar ou suco de limão-siciliano. Mas com certeza as meninas de Sex and the City não ligam para os ingredientes usados, contando que o copo nunca fique vazio!

Seja gelado ou em temperatura ambiente, o outro ingrediente essencial desta receita é a oportunidade de passar uma noite com as amigas mais próximas, conversando sobre homens, sapatos e guloseimas.

sex_and_the_city_cosmopolitan

[ Elenco & Apoio ]
cubos de gelo
50 ml de vodca
25 ml de triple sec (licor cítrico)
15 ml de concentrado de limão e açúcar
25 ml de suco de cramberry (fruta vermelha parecida com a cereja)
casca de limão ou de laranja enrolada, para decorar

Rendimento: 1 pessoa

[ Voz em Off ]
Há muita discórdia quanto à melhor maneira de decorar: alguns dos ingredientes mais utilizados sãi tiras retorcidas de casca de laranja ou de limão, ou então finas rodelas dessas frutas. Porém existe um consenso: o coquetel precisa ser agitado com cubos de gelo, mas somente a bebida deve ser servida em uma taça de martini ( o gelo deve ficar retido em um coador ou algo parecido).

[ Roteiro ]

  1. Calce seus sapatos Jimmy Choo, caso os tenha, sua sortuda.
  2. Encha uma coqueteleira até a metade com cubos de gelo.
  3. Acrescente a vodca, o triple sec, o concentrado de limão e o suco de cramberry.
  4. Agite bem e despeje numa taça de martini sem o gelo.
  5. Repita a operação a gosto, até chegar ao ponto de conversar sobre Mr. Big (ou seus inúmeros rivais).

Espero que tenham gostado de mais um classico!
Nos vemos semana que vem…

Se você se perder: NÃO COMA!

Você já deve ter visto em filmes, um grupo de amigos sai para acampar, fazer trilha, nadar pelado e tudo mais….e quando veem estão perdidos no meio da floresta. Ou em alguns filmes o avião cai no meio da mata, ou foram sequestrados e levados para a selva… Enfim, se um dia por acaso acontecer com você de se perder no meio da mata, uma das preocupações é saber o que comer, ou o que procurar para se alimentar em meio as raízes de plantas e frutas.
Mas não se empolgue, existe várias opções de plantas letais ao ser humano, onde especialistas recomendam que só se costuma qualquer coisa desconhecida em caso extremo e ainda sim, olhando se outros animais comem desse alimento. Para te ajudar um pouquinho, abaixo segue algumas frutinhas com aparência boa, mas que vão te levar desta para melhor.

São elas:

Dulcamara_jatefalei

Dulcamara
A plantinha é nativa da África do Norte, Europa e Ásia, mas já se espalhou pelo mundo todo. Para identificar, dá para citar que as flores estão em grupos de três a 20 exemplares compostos de cinco pétalas roxas com estames amarelos. Lembra que comentamos sobre observar comportamentos de animais? Para mostrar que comer coisas desconhecidas é perigoso, abrimos logo com uma exceção à regra. O fruto, vermelho, é venenoso para seres humanos e animais, apesar de ser comestíveis para aves que dispersam as sementes.

Madressilva_JÁTEFALEI

Madressilva
Normalmente, madressilva é o nome popular dado às espécies incluídas no gênero Lonicera. A fruta da Lonicera pode ter coloração, roxa, azul ou preta com várias sementes e, na maioria das espécies,os frutos são levemente tóxicos. No caso da Lonicera caprifolium, ela é comum na Europa, na Ásia Menor e na região da Cordilheira dos Andes na América do Sul.

Nux_vômica_JÁTEFALEI

Nux vômica
Essa frutinha parecida com uma pequena laranja é nativa da Índia e do sudoeste da Ásia e em alguns casos pode ser usado na medicina. O problema dela é que se trata de importante fonte de estricnina e brucina, dois compostos venenosos, e que podem ser extraídos das sementes dos frutos da árvore. As sementes contém aproximadamente 1,5% de estricnina e o caule é utilizado para extrair brucina, além de outros compostos venenosos, como a vomicina e a colubrina. Se nada disso faz muito sentido para você, basta saber que 30 mg desses componentes podem matar um adulto de modo violento e doloroso, causando, por exemplo, convulsões.

Beladona_JÁTEFALEI

Beladona
Essa belezinha aqui é considerada uma das plantas mais tóxicas que podem ser encontradas no hemisfério oriental. Para ter noção do poder da plantinha, dependendo de vários fatores como a idade e o estado vegetativo dela, a ingestão de apenas uma folha pode ser fatal para um adulto. Na verdade, a parte mais tóxica da beladona geralmente é a raiz, mas o principal perigo está nas frutinhas, com aparência negra e brilhante e sabor doce. Todas as partes da beladona contém alcalóide e comer cinco frutinhas de beladona podem matar uma pessoa.

Fruto_de_mancenilheira_JÁTEFALEI

Fruto de mancenilheira
Essa é uma árvore bastante perigosa, encontrada na América do Norte, na América Central e em parte da América do Sul. Em muitos lugares, as árvores são marcadas com tinta vermelha ou ficam acompanhadas de avisos sobre os perigos dela. Todas as as partes dela contém toxinas fortes: a sua seiva dela, por exemplo, contém forbol e outras substâncias irritantes para a pele, causando dermatites. Sobre os frutos, são vários os relatos de pessoas que ingeriram e depois tiveram problemas como dores insuportáveis, queimaduras e sensação de aperto na garganta.

Jequiriti_JÁTEFALEI

Jequiriti 
Ela também é conhecida com o nome Ervilha do Rosário, mas não recomendamos colocar no seu cachorro-quente. Comum em locais como Índia, Ilhas Filipinas, Tailândia e parte da África, ela é uma planta considerada bastante venenosa, ao mesmo tempo em que pode ser usada para efeitos medicinais. O veneno contido na planta é a abrina, bem parecido com a ricina, encontrado em algumas outras plantas venenosas. A principal diferença é que a abrina é cerca de 75 vezes mais forte que a ricina, ou seja. O jequiriti possui também um componente chamado ácido ábrico. O que ele faz? Basicamente, ele ataca o sistema digestivo e causa coisas como gastroenterites severas. É pior do que a dor de barriga que você teve quando comeu manga demais, melhor não brincar com isso.

Erva_de_São_Cristovão_JÁTEFALEI

Erva-de-São-Cristovão
Essa aqui é nativa da América do Norte. As frutas são brancas com um ponto preto, parecendo um olho meio bizarro. os frutos e toda a planta são considerados tóxicos para os seres humanos. Toda a estrutura é venenosa, mas as frutinhas dela são a parte mais perigosa da planta. As toxinas causam efeitos sedativos e atuam no tecido muscular cardíaco, podendo levar à parada cardíaca e morte. Ela é outra que é inofensiva para as aves, dispersores de sementes da planta.

Teixo_JÁTEFALEI

Teixo
Natural  da Europa e partes da África e Ásia, o teixo é uma árvore bem perigosa. Bastante robusta, possui substâncias bastante venenosas em todas as suas partes (as folhas, por exemplo, podem ser fatais se ingeridas em grande quantidade), e seu princípio ativo, a efedrina, tem a propriedade de fulminar o coração. As frutinhas não são nem exatamente o problema, o pior é o que tem dentro delas: as sementes do teixo podem matar em função do veneno. Melhor procurar uma pitangueira mesmo.

Mamona_JÁTEFALEI

Mamona 
Quando Dinho, Bento, Samuel, Sérgio e Júlio resolveram chamar a bande deles de Mamonas Assassinas, eles não estavam brincando. Vários países são produtores da mamona e o Brasil está, ao lado de Índia e China, entre os principais do mundo em função dos produtos derivados da planta. A treta da mamona está no fato de a semente dela ser um bocado tóxica: mais de três sementes podem ser fatais para uma criança e o triplo disso também é letal para um adulto. O problema principal está no componente ricina, mas rola também a ricinina, que pode ser encontrada em todas as partes da planta e que age no sistema nervoso central podendo causar efeitos como convulsões. Mas, convenhamos: pelo menos essa aqui é bem feia, ninguém com bom senso pensaria em comer mamonas só pela aparência delas.

Briônia_JÁTEFALEI

Briônia 
Planta natural de Portugal, é uma parente da abóbora. A briônia é basicamente uma trepadeira cujos frutos e raízes possuem veneno um bocado fortes. Algumas pessoas utilizam a planta para determinados fins medicinais, mas sempre com  a indicação cuidadosa de um médico, visto que o veneno da planta pode ser um tanto quanto perigoso. Homens e outros animais podem se intoxicar com o fruto e uma grande quantidade deles, cerca de quarenta, pode ser letal.

Azevinho_JÁTEFALEI

Azevinho
Essa aqui você conhece dos filmes natalinos norte-americanos. Natural do hemisfério norte, o azevinho é basicamente um arbusto, da família da erva-mate. O problema da frutinha vermelha é que ela contém ilicina, um veneno que pode causar coisas como diarreia e vômito duas horas após a ingestão. Isso, aliás, se você comer poucas: a ingestão de cerca de vinte frutas pode ser fatal. Ah, as folhas também são tóxicas. Melhor deixar essa fruta de fora da ceia de natal.

Nos vemos semana que vem!

 

Clássicos do Cinema – Martíni de Chocolate

E entramos em mais uma semana com mais um clássico do cinema…

A carta quase obscena de Robbie afeta todos os envolvidos na história, e as consequências de seus atos põem toda a trama em movimento.

O personagem de Paul Marshall, criador deste martíni de chocolate, causa problemas para todos no filme, talvez pelo fato de estar constantemente bêbado com sua própria criação!

Essa receita foi modificada em relação à apresentação no livro e também no filme, tendo a ser um pouco mais cremosa. De qualquer maneira, com vodca martíni e chocolate, a possibilidade de algo dar errado é muito pequena.

[ Elenco & Apoio ]

Cubos de gelo
25ml de licor de cacau
100ml de vodca
Grãos de café cobertos com chocolate

Rendimento: 1 pessoa

[ Voz em Off ]

Caso você quiser decorar a borda do copo, há várias formas, como por exemplo:
1. Mergulhe de cabeça para baixo em chocolate derretido e leve para resfriar na geladeira até o chocholate endurecer.
2. Também é possível usar a calda de chocolate ou de cacau, cacau ralado ou chocolate granulado.
A escolha de qualquer tipo de pó efervescente comestível traria um elemento de irreverência a cada gole. É possível também seguir a moderníssima tendência dos chocolates com sal marinho e usar um pouco da inusitada mistura na borda do copo.

Martíni_Chocolate

[ Roteiro ]

1. Ponha bastante gelo na coqueteleira e despeje o licor de cacau e a vodca.

2. Agite bem a coqueteleira.

3. Coe e despeje em uma taça de martíni com a borda decorada. Finalize com uma decoração, colocando alguns grãos de café cobertos com chocolate por cima ou raspas de chocolate.

4. Aprecie devagar, pois este drinque pode causar ressaca moral no dia seguinte se consumindo rapidamente e em grandes quantidades.

Espero que tenham gostado de mais um classico!
Nos vemos semana que vem…

Confeitaria Colombo

No útimo dia 17 de Setembro a Confeitaria Colombo completou 120 anos. E para comemorar, listamos algumas curiosidades dessa confeitaria que é uma verdadeira instituição do Rio. Como por exemplo, em 1905, ela começou a ter a sua própria produção de doces, para competir com os produtos importados. A marmelada foi a primeira a ser produzida em grande escala.

Há também uma verdadeira aula de história por trás…

O seu espaço interno são enormes e reluzem espelhos belgas que imperam o belíssimo mobiliário em jacarandá e suas bancadas são de mármore italiano. São mais de 100 anos de história. Desde 1893 a confeitaria Colombo é o símbolo máximo da belle époque da cidade, que já faz parte do Patrimônio Histórico e Artístico do Rio de Janeiro.

Mas não são só os grandes salões, palco de recepções a visitantes ilustres como a do rei Alberto da Bélgica, e em 1920, a rainha Elizabeth da Inglaterra, já em 1968, ou mesmo políticos, escritores e artistas, que marcaram a história.

Outras curiosidades da confeitaria….

O chá das cinco

Chá_das_5
Não são apenas os ingleses que curtem um chazinho. No Rio, a tradição do chá das cinco foi tão grande, que em 1922 a confeitaria precisou passar por uma reforma para construir o salão superior, já que o salão principal estava pequeno para atender a freguesia

Elevador e claraboia

Elevador_Clarabóia
Foi na reforma de 1922 aliás, que a casa ganhou uma claraboia vinda da França e o elevador que até hoje é ponto obrigatório para foto. Foi um dos primeiros elevadores instalados no Rio. Último grito da moda durante a Belle Époque.

Sorvete real

Sorvete_Real
E quem diria, foi o sorvete de Bacuri, uma fruta do norte do país, feito na Colombo que encantou a Rainha Elizabeth II. Em 1968, um banquete servido a bordo do iate Britannia ofereceu a iguaria para a nobre. Ela gostou tanto, que a confeitaria enviou caixas do sorvete para a sua volta à Londres. O sorvete de Bacuri não está mais no cardápio

Nos vemos semana que vem!

Clássicos do cinema – Champagne e Morangos

E estamos aqui com mais um clássico do cinema…

Entre um piquenique de champagne e morangos no carpete de um quarto aqui, uma noite de ópera ali, Edward e Vivien, estrelada pela maravilhosa Julia Roberts, passam juntos uma semana que mudará para sempre a vida do casal, além de provar que todos nós precisamos de alguém para salvar as nossas vidas, não importa se somos ricaços ou pobretões. E há sempre uma maneira melhor de salvar os outros do que com champagne e morangos?

Da próxima vez que alguém tentar seduzir você, resista até que a pessoa lhe ofereça essa maravilhosa combinação. Ninguém, nem mesmo uma garota de programa com Vivien, quer um encontro chinfrim.

Mas lembre-se de levar um fio dental, pois as sementes de morango são danadas para arruinar até mesmo o mais bonito dos sorrisos.

[ Elenco & Apoio ]

1 Garrafa de champagne, ou um bom vinho espumante
1 Caixa de morango
1 Lindíssima prostituta de luxo ( opcional )

Rendimento: 2 pessoas

[ Voz em Off ]

Sempre que for possível, colocar um morango menor no copo antes de servir o champagne. É uma grande vantagem quando se quer ter uma das mãos livres para…. bem, para fazer qualquer outra coisa mais importante….rsrs

champagne

[ Roteiro ]

1. Ligue para o serviço de quarto e peça uma garrafa de champagne bem gelado e uma caixa de morango, dê preferência para os grandes e maduros, são os melhores.

2. Atenda a porta e explique ao camareiro onde ele deve deixar a bandeja. Não se esqueça de dar uma gorjeta bem generosa.

3. Abra a garrafa com cuidado e encha as taças, até mais ou menos dois terços. Não coloque o champagne até o limite da taça, pois é deselegante ( vai dizer que você não sabia?)

4. Ofereça a taça de champagne com uma mão e o morango com a outra, para impedir a pessoa escolhida de virar a bebida de uma vez.

5. Repita a operação até que a pessoa não possa mais resistir e se jogue em seus braços.

Espero que tenham gostado de mais um classico!
Nos vemos semana que vem…

 

Clássicos do Cinema – Dois Whisky Sours e um sanduiche de pasta de amendoim

E estamos aqui com mais um classico do cinema…

Nesta semana estrelando um ícone do cinema e mundialmente conhecida pelo seu vestido branco esvoaçante….sabe de quem estou falando ? É ela mesma, Marilyn Monroe….

A garota vivida por Marilyn Monroe é uma menina ingênua e muito atraente, e é este tipo de mulher com quem Richard jurou não se envolver de novo. Só que, quando ela molha com classe suas batatas fritas no champagne antes de comê-las e ele toca uma peça do compositor russo Rachmaninoff ao piano, surge um momento de magia no ar. Que espécie de magia?

Você terá que assistir ao filme para descobrir.

Mas tenha muto cuidado, pois “para trair e coçar, meu caro, basta começar”. E de que outra maneira Marilyn conseguiria manter a forma, mesmo com uma alimentação tão pouco saudável?

O pecado mora ao lado é um grande filme para uma tarde de domingo, mas eu não recomendaria abusar de nenhuma das duas receitas descritas abaixo… rsrsrs

[ Elenco & Apoio ]

Sanduíche
2 fatias de pão de forma
manteiga
pasta de amendoim (cremosa ou crocante)

Whisky Sour
4 medidas de uísque
4 medidas de suco de limão
2 medidas de calda de açúcar
gelo
2 rodelas de laranja
2 cerejas em conserva

Rendimento: 2 pessoas

[ Voz em Off ]
É possível crias uma espuminha na superfície do seu whisky sour: basta adicionar um pouco de clara de ovo na hora de agitar. O nome dessa variação da bebida é Boston sour, que tem um ótimo aspecto e impressiona qualquer um (ótima pedida, se for essa a sua intenção).

Sanduiche_pasta_amendoim

[ Roteiro ]
1. Sanduíche – 
coloque as fatias de pão de forma em um prato e passe uma camada de manteiga em apenas um dos lados de cada fatia.

2. Abra o frasco de pasta de amendoim e espalhe uma porção generosa por cima da camada de manteiga. Essa cobertura de pasta de amendoim deve ter cerca de meio centímetro de altura.

3. Cubra com a outra fatia do pão, de modo que a parte de fora do sanduíche não tenha nem manteiga nem pasta. Pressione as fatias com cuidado para o recheio não escapar pelas beiradas do pão.

4. Se você tiver companhia, corte o sanduíche em metades iguais. Caso contrário, aprecio-o como quiser!

whisky_sour

5. Whisky Sour – Coloque um pouco de gelo na coqueteleira. Acrescente o suco de limão, o uísque e a calda de açúcar. Agite bem.

6. Despeje em dois copos de uísque de boca larga, se houver. Enfeite cada copo com 1 rodela de laranja e 1 cereja em conserva. Se você for uma pessoa controlada e equilibrada, é possível fazer tudo isso ouvindo certo compositor russo.

7. Coma o sanduíche, beba o segundo whisky sour, pegue suas coisas e vá para o trabalho. Afinal de contas, esta é uma receita para o café da manhã!

Espero que tenham gostado de mais um classico!
Nos vemos semana que vem…

DICA DO CHEFE: 1900 PIZZERIA!

Hoje tive o prazer de experimentar uma pizza maravilhosa, são inúmeros os sabores que a 1900 tem, todos parecem ser uma delícia.

A 1900 foi fundada em 1983, localizada em um casarão do início do século passado na Vila Mariana (bairro tradicional de São Paulo), a 1900 Pizzeria tem na excelência do atendimento aos clientes uma de suas principais características. Logo_1900pizzeria

Quando se trata de pizza, ninguém é mais exigente do que os paulistanos. Por isso a preocupaçao diária em oferecer ingredientes de primeiríssima qualidade.

A 1900 Pizzeria é hoje uma referência em São Paulo – a terra da pizzeria1900pizza. Estabelecer uma rede de pizzarias nesta cidade – a 1900 também fincou sua marca nos bairros de Moema, Jardins, Chácara Flora, Perdizes e Morumbi, e em 2014 foi inaugurada mais uma unidade, no Tatuapé – foi uma tarefa que exigiu muito trabalho e um cuidado minucioso.

No cardápio da 1900 você vai encontrar receitas originais como a Gratinata, e também um pouco exóticas como a Shimeji & Shiitake. O atendimento é excelente, todas as pessoas que trabalham são educadas e gentis. Para finalizar e enriquecer sua refeição, experimente o GiroMille: sobremesa exclusiva e absolutamente irresistível da 1900 Pizzeria.

Além de ser uma ótima pizzaria, a 1900 também apoia eventos culturais como shows e peças de teatro desde a sua fundação, em 1983.

Nos vemos semana que vem!