Arquivo da tag: regressiva

Previdência Privada: Imposto de Renda

Ir PrevidenciaExistem duas opções de Imposto de Renda para a Previdência Privada. São elas:

Tributação progressiva compensável

Nessa tributação, independente do momento do resgate ou recebimento de renda  será cobrada a alíquota de 15% retida na fonte. Essa alíquota pode ser ajustada para mais ou para menos de acordo com o seu IRPF (Imposto de Renda Pessoa Fisica).

De acordo com o seu total de renda declarada, você saberá se além dos 15% já pago terá que pagar mais, não terá que pagar ou se vai restituir o que já pagou.

Tabela dedução do IR até 64 anos:

Base de cálculo Mensal em R$ Alíquota
Até 1.787,77
De 1.787,78 até 2.679,29 7,5%
De 2.679,30 até 3.572,43 15%
De 3.572,44 até 4.463,81                 22,5%
Acima de 4.463,82             27,5%

Tabela dedução do IR acima de 64 anos:

Base de cálculo Mensal em R$ Alíquota
Até 3.575,54
De 3.575,55 até 4.467,06 7,5%
De 4.467,07 até 5.360,20 15%
De 5.360,21 até 6.251,58                 22,5%
Acima de 6.251,59             27,5%

A compensação de imposto vai acontecer de acordo com a renda que você declarou no ano que você fez o resgate.

Exemplo dessa compensação: você tem 40 anos e o total da renda mês que você declara é de R$ 4.000,00, esse valor te enquadra na faixa de IR de 22,5%, logo, se você fez um resgate e já pagou 15% de IR retido na fonte, terá ainda que pagar a diferença, 7,5%.

Nota: O rendimento da previdência no ano que você fez o resgate ou transformou em renda, deverá ser contabilizado também como renda para efeito dessa dedução.

Tributação regressiva definitiva

Nessa tributação é levado em consideração apenas o tempo que o valor ficou aplicado e o IR é retido na fonte. Segue tabela:

Tempo da aplicação Alíquota
0 a 2 anos 35%
2 a 4 anos 30%
4 a 6 anos 25%
6 a 8 anos 20%
8 a 10 anos 15%
Acima de 10 anos 10%

Você opta pelo regime de tributação no ato da contratação. Escolher a tributação do seu plano de previdência é uma tarefa muito importante. Para efeito de IR, enquanto a tributação compensável progressiva leva em consideração a sua renda a tributação definitiva regressiva leva em consideração apenas o tempo de aplicação.

Espero ter ajudado.

Até a próxima quinta.