Arquivo da tag: filmes

AS BRUXAS FAMOSAS DO CINEMA E SEUS FILMES

Dia 31 de Outubro é o Dia das Bruxas e tem muita gente querendo entrar no clima. As tradições no Halloween são muito fortes nos EUA. As casas todas são enfeitadas com acessórios temáticos da data, as crianças vestem-se com fantasias e vão de porta em porta do bairro pedindo doces com o famoso bordão “Doçuras ou Travessuras” e os adultos participam de muitos bailes temáticos.

Aqui no Brasil são poucas as pessoas que se empolgam com a data e tematizam suas casas ou aderem às tradições. Mas, se você é um entusiasta reprimido do Halloween, não se desespere! Estamos aqui, junto com você, compartilhando desta repulsa aos aversos da data. Então, vamos timidamente entrar no clima do Halloween através dos filmes que apresentam o fundamental para a data: BRUXAS!

Confira abaixo 10 filmes sobre bruxas para você não deixar a data passar em branco:

ABRACADABRA

As irmãs Sanderson – três bruxas do século XVII, condenadas à morte por prática de feitiçaria contra crianças, chegam ao século XX sedentas por beleza e juventude e farão qualquer coisa para alcançar seus desejos. Mas para isso, terão que enfrentar uma criança, dois adolescentes, um gato falante e um morto vivo! A confusão está armada!

Elas são as mais famosas de todas! Winifred, Mary e Sarah são as carismáticas – porém malvadas – bruxas do clássico da Disney, Abracadabra. Lançado em 1993, o filme tornou-se um rei nas sessões da tarde, exibido repetidamente em diversas épocas do ano, principalmente no dia das bruxas. Sem contar a legião de fãs que até hoje, 22 anos depois, ainda anseiam pela continuação!

A BRUXA DE BLAIR

Três estudantes desapareceram em uma floresta em Maryland, nos EUA, enquanto filmavam um documentário sobre uma lenda local. Um ano depois, as imagens foram encontradas.

Embora a personagem título do filme não dê as caras nas telas, o filme aterrorizou plateias do mundo todo. Talvez, o fato de não mostrar a bruxa tenha sido a fórmula do sucesso, fazendo o imaginário do público fervilhar de medo, cada um imaginando algo mais assustador.

JOVENS BRUXAS

Sarah é uma adolescente que se muda para Los Angeles e logo junta-se com o grupo de garotas excluídas: Nancy, Bonnie e Rochelle. As garotas praticam magia negra e quando Sarah entra para o grupo, as garotas juntas desencadeiam uma série de poderes negativos sem medir as consequências.

Jovens Bruxas é definitivamente um filme que povoou as sessões pipoca de todos que foram um adolescente nos anos 90. Neve Campbell, Robin Tunney, Fairuza Balk e Rachel True marcaram uma geração de cinéfilos e até hoje é considerado um dos melhores filmes dos anos 90.

HARRY POTTER

A história todos já sabem. E é exatamente por isso que qualquer filme da saga Harry Potter tem que estar na lista. Até porque 98% dos personagens são bruxos e narra suas histórias de um jeito como ninguém nunca imaginou. Magia, incríveis efeitos e algo inexplicável faz as pessoas se apaixonarem de cara pela saga. Acho difícil alguém não ter visto, mas se não viu, tem que ver!

AS BRUXAS DE EASTWICK

Três mulheres solitárias, carentes e sexualmente reprimidas de Eastwick se surpreendem com a chegada de Daryl, um misterioso e sedutor homem que colocará a vida delas de cabeça para baixo!

Cher, Susan Sarandon e Michelle Pfeiffer vão enfeitiçar sua mente e te seduzir loucamente nesta comédia de terror, indicado para qualquer época do ano…mas uma ótima pedida para este Halloween!

DA MAGIA À SEDUÇÃO

As belíssimas irmãs Owens tem poderes mágicos, mas carregam uma maldição na família: Todos os homens por quem elas se apaixonam morrem. Para isso, enfrentarão espíritos malignos, encontros amorosos inesperados e as dificuldades de ser uma bruxa nos dias de hoje.

Sandra Bullock e Nicole Kidman são as estrelas desta deliciosa comédia romântica, que mostra que um filme de bruxaria pode ir muito além do terror. Recomendado!

AS BRUXAS DE SALÉM

Em Salem, a jovem feiticeira Abigail Williams (Winona Ryder), tinha se envolvido com John Proctor (Daniel Day-Lewis) quando trabalhou para ele, mas após o fim do caso foi despedida. Assim, desejava a morte de Elizabeth Proctor (Joan Allen), a esposa. Logo ela é descoberta no seu “ritual” e, acusada de bruxaria.

O clássico filme de bruxaria. Wynona Ryder estrela este incrível suspense dramático ao lado de Daniel Day-Lewis, baseado na famosa peça de Arthur Miller.

CONVENÇÃO DAS BRUXAS

Quando o garoto Luke perde o pai, sua avó o leva para um hotel. Lá, uma legião de bruxas está fazendo uma convenção, planejando transformar todas as crianças da Terra em pequenos ratos. No entanto, o garoto é descoberto na convenção e transformado em rato. O que as bruxas não sabem, é que Luke está disposto a fazer qualquer coisa para acabar com o plano das malvadas.

Após brilhar como Morticia Addams, Angelica Huston dá vida a esta horripilante porém divertida bruxa Eva Ernst em Convenção das Bruxas. O filme é exibido repetidas vezes na Sessão da Tarde e deixou muitas crianças com pesadelos com o visual das bruxas! Divertidíssimo!

A BRUXA

Na Nova Inglaterra de 1630, Thomasin e sua família mudam-se de casa e imediatamente coisas estranhas começam a acontecer. Animais tornam-se agressivos, a plantação morre e uma criança desaparece. A cidade então condena a garota de feitiçaria.

Este ainda não tem uma data agendada de lançamento no país, mas será exibido na Mostra de Cinema amanhã (31), domingo (1) e segunda (2) no Espaço Itaú Augusta.

ELVIRA – A RAINHA DAS TREVAS

Elvira é uma apresentadora de um programa sobre filmes de terror, que acaba herdando de sua tia bruxa Morgana uma mansão em Massaschusetts. Ao chegar na pequena cidade, Elvira causa estranheza nos moradores, que logo se opõem a figura bizarra da apresentadora.

Quem não conhece a musa do trash, Elvira – A Rainha das Trevas? Cassandra Peterson fez carreira ao interpretar Elvira em diversos longas e milhares de participações em feiras, convenções e programas de TV. Justamente por isso, Elvira não poderia ficar de fora de nossa lista!

Anúncios

LUZ, CÂMERA… CLAQUETE!

Quem aí nunca ouviu o famoso “Luz, Câmera…Ação!”? Certamente você já ouviu. Seja nos extras e making of de filmes ou até mesmo reproduzido em alguma cena de filme. Automaticamente associamos a frase com o mundo do cinema, com o ato de gravar alguma ação. Você mesmo provavelmente já brincou de diretor durante a gravação de um vídeo caseiro e ditou essas palavras.

A famosa frase é utilizada no ato de iniciar tecnicamente a gravação de uma cena. “Luz” para acionar a iluminação, “Câmera” para iniciar a gravação e “Ação” para o que for filmado começar a movimentação. Porém, no meio desta frase, a claquete entra em cena para registrar e nomear o que está sendo gravado, organizando o material em questão.

Fonte: Deadline
O diretor Peter Jackson com a claquete durante as gravações dos longas “O Hobbit. – Fonte: Deadline

.
A claquete apareceu juntamente com o fim do cinema mudo. Quando as produções passaram a ter som, foi necessária a criação de uma ferramenta que marcava o início do som e da imagem. Daí veio a primeira função da claquete: sincronização. Como o áudio da cena era gravado com um gravador separado da câmera, o editor utilizava o som do bater da claquete para sincronizar com o movimento de imagem e assim conseguir sincronizar som e áudio. Para isso, eram utilizadas apenas duas ripas de madeira articuláveis (parte de cima da claquete), que quando batidas uma na outra, produziam o som estridente, formando assim o primeiro formato da ferramenta.

A outra finalidade da claquete é descrever a cena, o plano e a tomada que aquele imagem apresenta. Para isso, foi integrada uma placa embaixo das ripas articuláveis com dados sobre a filmagem: nome do filme, diretor, diretor de fotografia, data da filmagem, número da cena, plano e número da tomada daquela mesma cena.

Com o avanço da tecnologia e chegada das modernas câmeras que captam som de alta qualidade, a claquete perdeu a sua primeira função. Mesmo assim, por segurança, algumas produções ainda fazem a clássica batida caso a imagem ou o som apresentem problemas na hora da edição. No entanto, as produções atuais ainda contam com as informações apresentadas na claquete, apenas para organização da hora da edição do filme. Desta forma, o editor consegue selecionar as melhores captações e assim montar o filme.

O trio protagonista de Harry Potter segura a imensa claquete com nome fictício. Fonte: FanPop.
O trio protagonista de Harry Potter segura a imensa claquete com nome fictício. Fonte: FanPop.

Um fato curioso nas grandes produções de hoje, é que em alguns filmes, a claquete apresenta um outro nome à produção, afim de não identificar o seu material para evitar vazamento. Por exemplo: filmes muito famosos e de grande espera como Harry Potter inventam nomes para colocar na claquete e assim não chamar a atenção de possíveis hackers que invadem as ilhas de edição e ficam com acesso ao material.

A claquete também é um objeto muito procurado por colecionadores e admiradores do mundo do cinema, que anseiam por uma claquete como objeto de decoração em suas casas. Eu já tenho a minha! Você pode encontrar em lojas de artigos de decoração, nos parques temáticos americanos (Universal Studios tem MUITAS) ou até mesmo fazer a sua própria! Até sexta que vem pessoal!

TRILOGIAS FAMOSAS DO CINEMA

O cinema já nos mostrou que alguns grandes filmes são únicos e não precisam de continuações. Que outros grandes filmes são tão bons, que merecem uma continuação. E que outros ainda merecem várias continuações. Isso não é regra e toda regra tem sua exceção.

Conhece aquela frase “Um é pouco, dois é bom, mas três é demais”? Aqui essa frase pode ser aplicada de duas maneiras: três pode ser demais no sentido de empolgação (leia: “uau, é demais!”) ou demais como desnecessário. Com o sucesso dos grandes filmes, os estúdios tentam lucrar com continuações que, muitas vezes, são esdrúxulas e nem mereciam ser citadas na história do cinema, mas algumas delas ganham força a cada filme e vão tornando o fenômeno maior ainda.

O Já te Falei listou 10 famosas trilogias do cinema, sem ordem de preferência ou de qualidade, mas sem dúvida 10 trilogias que merecem ser vistas:
.

o_poderoso_chefao_ja_te_faleiClássico dos clássicos, dificilmente você encontra pessoas que não tenham visto essa trilogia. Mas facilmente você encontra pessoas que não gostem ou ache os filmes muito complexos. Os filmes são longos, antigos e um pouco difíceis de se digerir. Hoje são considerados clássicos do cinema cult, mas a verdade é que todos que apreciam a sétima arte precisam assistir. Brilhantemente dirigida por Francis Ford Coppolla, os filmes levaram muitos Oscars, incluindo de Melhor Filme para o primeiro e segundo capítulos. Marlon Brando, Al Pacino, James Caan, Robert DuVall e Diane Keaton são alguns dos grandes nomes que tiveram suas carreiras firmadas eternamente em Hollywood, devido às suas performances nos filmes.
.

star_wars_ja_te_faleiNão há possibilidade de falar mal de Star Wars. Você pode não gostar do gênero, mas certamente vai se encantar com a grandiosidade da obra e tudo o que ela significa para o cinema. O sucesso é absoluto e inquestionável. Ao todo (incluindo o ainda inédito Despertar da Força) são 7 filmes. Mas são suas duas trilogias que o consagraram e transformaram no fenômeno que é hoje. São duas trilogias sequenciais, mas produzidas em décadas diferentes. A primeira conta na verdade os episódios 4, 5 e 6, enquanto a mais recente conta as partes 1, 2 e 3. Todas elas sob o comando e a genialidade do mestre George Lucas.
.

o_senhor_dos_aneis_ja_te_faleiJ.R.R.Tolkien é uma daquelas mentes brilhantes que povoaram a literatura e tiveram suas obras transformadas em filmes. O Senhor dos Anéis é uma delas e rapidamente se eternizou no hall dos melhores filmes de todos os tempos. São três filmes de 3 horas de duração, com tudo o que há de melhor no cinema: boa história, bons efeitos, bons atores… É um daqueles casos em que TODOS os três filmes são igualmente incríveis e 100% satisfatórios aos olhos dos fãs. Confie cegamente. Dificilmente esses filmes irão te decepcionar.
.

toy_story_ja_te_faleiA incrível trilogia da Disney/Pixar está com todos os três filmes na lista das 50 maiores bilheterias de todos os tempos e carrega um feito difícil de se obter: os três filmes são igualmente MUITO bons! A primeira parte das aventuras de Woody, Buzz e seus amigos é o primeiro filme da parceria Pixar Animation Studios e Walt Disney Pictures. Fez tanto sucesso em seu lançamento, que rendeu mais dois filmes e uma imensa variedades de produtos licenciados! É sucesso, é lindo, é divertido…TÊM QUE VER!
.

batman_ja_te_faleiOs últimos três filmes do Batman formam uma trilogia incrível que certamente ditou um novo rumo para os filmes de super-heróis. Mais do que isso, eles são filmes maduros, interessantes, inteligentes e tão fiel a ponto de alcançar 100% de aprovação dos fãs. A trilogia de Christopher Nolan conta com Batman Begins, O Cavaleiro das Trevas e O Cavaleiro das Trevas Ressurge. À frente do elenco está o impecável Christian Bale, na pele do Homem-Morcego. A cada novo capítulo, o interesse do público aumenta e a produção responde a toda essa expectativa à altura, satisfazendo os fãs e trazendo até os mais desinteressados para o cinema.
.

sobrenatural_ja_te_faleiA trilogia assustadora criada por James Wan e Leigh Whannel chegou ontem em seu terceiro capítulo. O medo é real e causa muitos sustos na plateia, nos três filmes. A trama é inovadora, mas tinha tudo para cair no clichê. A direção segura e inteligente de Wan maquia qualquer escorregada e cumpre tudo o que promete. Bons sustos e bons momentos arrepiantes. Quer se assustar? Curte o medo na hora de dormir? Vêm que aqui tem três filmes incríveis te esperando para te aterrorizar!
.

de_volta_para_o_futuro_ja_te_faleiSteven Spielberg e Robert Zemeckis são os responsáveis por essa trilogia, eterna na memória de quem assiste. Certamente fizeram história, juntamente com Michael J. Fox e Christopher Lloyd e até hoje carregam uma legião de fãs que revivem a estes clássicos, principalmente neste ano, o ano em que as situações no futuro da história aconteciam. Não há uma pessoa que foi jovem nos anos 80/90 que não tenha visto a trilogia!
.

se_beber_nao_case_ja_te_faleiAs hilárias aventuras dos amigos que se metem em enrascadas nas vésperas dos casamentos certamente merecem entrar na lista simplesmente por arrancarem MUITAS gargalhadas do público. Infelizmente a graça vai acabando com o passar dos filmes. O primeiro filme é genial. O segundo é mais do mesmo, mas ainda assim divertido. Porém, o terceiro episódio foge completamente do padrão dos anteriores e beira o sem graça. Mesmo perdendo a força, vale ressaltar o talento do elenco protagonista, que dá um show de humor fazendo até os mais inexpressivos gargalharem!
.

hannibal_ja_te_faleiAnthony Hopkins aterrorizou platéias do mundo todo com seu frio e canibal Dr. Hannibal Lecter. O estrondoso sucesso se deu pelo primeiro capítulo da saga, Silêncio dos Inocentes, seguido da fraca segunda parte Hannibal e do terceiro filme (que na verdade conta o início da história) Dragão Vermelho. Não assista se tem estômago fraco. Assista se quiser uma boa pedida para um suspense!
.

matrix_ja_te_faleiOs filmes de ficção científica nunca mais foram os mesmos depois de Matrix. Os irmãos Wachowski, criadores da trilogia desenvolveram uma obra complexa que infelizmente foi perdendo a força a cada novo filme. O primeiro marcou em sua época e revolucionou em efeitos e desenvolvimento da trama. O segundo frisou os bons efeitos, mas perdeu a força de seu original. E o terceiro – e último – é uma bomba. Arrastado, fraco, longo e muito lento. Talvez, se não tivesse tido um último capítulo tão fraco, teria sido mais marcante. A impressão com o último filme, é que o público se cansou de tanta enrolação.
.

Vale ressaltar ainda algumas séries de filmes que deixaram de ser trilogia recentemente:

JURASSIC PARK, que deixou de ser trilogia este ano, com o lançamento do quatro – e tão bom quanto os anteriores – episódio Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros;
PÂNICO, que até 2011 foi uma trilogia de sucesso, quando resolveu apresentar um quatro – e satisfatório – capítulo, mas que não chega aos pés dos filmes anteriores;
MISSÃO IMPOSSÍVEL, que incansável chegou ao seu quinto filme mostrando apenas mais do mesmo – é Hollywood não sabendo a hora de parar;
O EXTERMINADOR DO FUTURO, que também não soube a hora de parar e entra agora em seu quinto filme, trazendo um Schwazenegger idoso e fora de forma, cheio de efeito especial;
MAD MAX, que felizmente deixou o posto de trilogia este ano, apresentando um maravilhoso e incrível quarto capítulo, reavivando a série toda – que havia se enfraquecido no terceiro filme;
DURO DE MATAR, que acabou também reavivando a série em um quarto episódio;
PIRATAS DO CARIBE, que percebeu que Jack Sparrow sempre pode arrastar mais pessoas para o cinema e decidiu fazer mais dois filmes – o quinto ainda em fase de produção;
IDENTIDADE BOURNE, que andou, andou, andou e acabou com um quarto filme bem inferior aos outros e sem o astro principal – e papel título – da série Matt Damon.

GRANDES ATORES: ROBIN WILLIAMS

Tem como ser amante de cinema e não se lembrar do emocionante Patch Adams – O Amor é Contagioso? Crescer com a Sessão da Tarde e não se lembrar de Jumanji? Gostar de dramas e romances e não ter visto Amor Além da Vida ou Sociedade dos Poetas Mortos? E o que esses filmes tem em comum? A brilhante participação de Robin Williams!

Nesta semana, em 21 de Julho, o ator faria 64 anos e o Já te Falei relembra a carreira e sucessos deste que foi um dos maiores e mais brilhantes artistas dos últimos tempos.

Sobre:

robin_williams_retratoNome: Robin McLaurin Williams
Nascimento: 21 de Julho de 1951
Falecimento: 11 de Agosto de 2014 (63 anos)
Local de Nascimento: Chicago, Illinois – EUA
Local de Falecimento: Paradise Cay, Califórnia – EUA
Profissão: Ator, Comediante, Dublador, Produtor e Diretor
Filhos: Zachary Pym, Zelda Rae e Cody Alan
Formação Acadêmica: Artes Dramáticas, Juilliard School

Cara de bom moço, simpático e aparentemente era tímido. Foi encorajado por sua mãe, uma ex-modelo americana, a entrar para o grupo de arte dramática no ensino médio e desde então não parou mais. Foi aceito na renomada Escola de Artes Juilliard nos EUA e se formou ao lado de Christopher Reeve, em 1976, com honras e méritos (e muitos trabalhos já garantidos).

Seu maior destaque era o lado cômico. Fazia sempre seus shows de stand-up, participações em programas humorísticos, incluindo o sitcom Friends, mas seu grande reconhecimento na carreira veio curiosamente de um papel dramático. Robin venceu o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 1998 por seu desempenho no drama Gênio Indomável.

Além da vasta carreira no cinema e na televisão, teve destaque no conceituado espetáculo Esperando Godot, ao lado de Steve Martin, na produção do Lincoln Center Theatre, na Broadway, em 1988.

Robin Williams como Estragon e Steve Martin como Vladimir em Waiting Godot, em 1988.
Robin Williams como Estragon e Steve Martin como Vladimir em Waiting Godot, em 1988.

Foi um grande colaborador para a Walt Disney Pictures. Emprestou sua voz para o Gênio da Lâmpada em Aladdin e ficou durante muitos anos gravando diversas narrações para as atrações dos parques. Ainda em Aladdin, Robin mostrava todo o seu talento no estúdio de gravação e o material de voz gravado para o filme continha mais de 6 horas, devido à quantidade de improvisações que ele colocava nas falas. Por isso, Aladdin ficou de fora da disputa do Oscar em Melhor Roteiro Adaptado, já que Robin havia modificado (e melhorado) quase todas as falas.

Sua vida teve muitos altos e baixos. Escândalos extraconjugais, uso excessivo de álcool e drogas marcam momentos difíceis na carreira do ator. Por fim, em Agosto de 2014, enquanto passava por uma crise depressiva, Robin foi encontrado morto em sua casa, com marcas de asfixia. O laudo final declarou suicídio.

Filmografia:
2014 A Merry Friggin’ Christmas
2014 Absolutely Anything
2014 Boulevard
2014 Altman, um Cineasta Americano
2014 O Que Fazer?
2014 Uma Noite no Museu 3 – O Segredo da Tumba
2013 The Crazy Ones
2013 O Casamento do Ano
2013 O Mordomo da Casa Branca
2013 Uma Nova Chance Para Amar
2012 Louie – Temporada 3
2012 Wilfred (2011)
2012 Radioman
2011 Happy Feet 2 – O Pinguim
2009 O Melhor Pai do Mundo
2009 O Psicólogo – O Doutor Está Fora
2009 Surpresa em Dobro
2009 Uma Noite no Museu 2
2007 Law & Order: Special Victims Unit – Temporada 9
2007 Licença para Casar
2007 O Som do Coração
2006 A Última Noite
2006 Candidato Aloprado
2006 Uma Noite no Museu
2005 Férias no Trailer
2005 Happy Feet – O Pinguim
2005 In Search of Ted Demme
2005 Quem é Morto Sempre Aparece
2005 Robôs
2005 Segredos na Noite
2004 Anjo de Vidro
2004 Reflexos da Amizade
2003 Violação de Privacidade
2002 Insônia
2002 Morra, Smoochy, Morra
2002 Retratos de uma Obsessão
2001 A.I. – Inteligência Artificial
1999 O Homem Bicentenário
1998 Amor Além da Vida
1998 Patch Adams – O Amor é Contagioso
1998 Um Sinal de Esperança
1997 Desconstruindo Harry
1997 Flubber – Uma Invenção Desmiolada
1997 Gênio Indomável
1997 Um Dia, Dois Pais
1996 Friends – Temporada 3
1996 Aladdin e os 40 Ladrões
1996 Hamlet
1996 Jack
1996 The Birdcage – A Gaiola das Loucas
1995 Jumanji
1995 Nove Meses
1995 Para Wong Foo, Obrigada por Tudo! Julie Newmar
1993 Segredos da Vida
1993 Uma Babá Quase Perfeita
1992 A Revolta dos Brinquedos
1992 Aladdin
1992 Ferngully – As Aventuras de Zack e Crysta na Floresta Tropical
1991 Hook – A Volta do Capitão Gancho
1991 O Pescador de Ilusões
1991 Voltar a Morrer
1990 Tempo de Despertar
1990 Um Conquistador em Apuros
1989 Sociedade dos Poetas Mortos
1988 As Aventuras do Barão Munchausen
1987 Bom Dia, Vietnã
1986 A Última Chance
1986 Clube Paraíso
1986 Seize the Day
1984 Moscou em Nova York
1983 O Negócio é Sobreviver
1982 O Mundo Segundo Garp
1981 Mork and Mindy
1980 Mork and Mindy
1980 Popeye
1979 Mork and Mindy
1978 Mork and Mindy
1977 Happy Days – Temporada 5
1977 Óculos? Para Quê?

São 79 títulos em sua filmografia, 36 anos de carreira e muitos papéis marcantes. A seguir, confira 10 momentos memoráveis de Robin Williams nas telas:

Patch Adams – O Amor é Contagioso

Jumanji

Gênio Indomável

Amor Além da Vida

A Gaiola das Loucas

Hook – A Volta do Capitão Gancho

Sociedade dos Poetas Mortos

Uma Babá Quase Perfeita

Jack

Participação em FRIENDS

“POLTERGEIST” E AS REFILMAGENS DO CINEMA

Conhece aquela frase: “Nada se cria, tudo se copia.”? Então. Hollywood se apropria muito dela. Prova disso são os remakes – ou simplesmente refilmagens. A formula é simples: pegar o que já é bom e refilmar com uma tecnologia mais avançada. O resultado nem sempre é bom e divide muitas opiniões, principalmente dos fãs das obras originais.

Carrie - A Estranha: Sissy Spacek em 1976 e Chlöe Grace Moritz em 2013: as duas protagonistas do clássico de Stephen King.
Carrie – A Estranha: Sissy Spacek em 1976 e Chlöe Grace Moritz em 2013: as duas protagonistas do clássico de Stephen King.

O gênero que mais se apropria de refilmagens é o terror. Talvez por conta da crise criativa de revolucionar o gênero e apresentar novos sustos e ideias ao público. Porém, a refilmagem está presente em todos os gêneros e de todas as maneiras.

Ontem estreou nos cinemas brasileiros a refilmagem de Poltergeist – O Fenômeno, clássico de 1982 produzido por Steven Spielberg e dirigido por Tobe Hooper. Quem não se lembra da garotinha presa na televisão e o famoso bordão: “Venha para a luz, Carol Anne!”. Assim como todo remake, Poltergeist se apropria do essencial. A história é a mesma, mas os personagens sofreram alterações nos nomes e algumas cenas foram modificadas, o que em alguns aspectos é muito mais preferível aos olhos do público. Diferente de Psicose: A versão de 1998, dirigida por Gus Van Sant refilmou cada cena, quadro a quadro da versão original do brilhante Alfred Hitchcock. O resultado é uma enxurrada de críticas negativas e acusação de plágio e falta de criatividade.

Psicose - A famosa cena do chuveiro em duas versões: a original de 1960, com Janet Leigh e a refilmagem de 1998 com Anne Heche.
Psicose – A famosa cena do chuveiro em duas versões: a original de 1960, com Janet Leigh e a refilmagem de 1998 com Anne Heche.

São muitos os títulos que já passaram por este processo. Alguns deles você provavelmente nem sabia que eram remakes. São eles:

Poltergeist, Sexta-feira 13, O Massacre da Serra Elétrica, Carrie – A Estranha, Bravura Indômita, Onze Homens e Um Segredo, A Identidade Bourne, Guerra dos Mundos, Oldboy, O Talentoso Ripley, O Enigma do Outro Mundo, A Morte do Demônio, Os Infiltrados, A Princesinha, A Fantástica Fábrica de Chocolates, O Chamado, Deixa Ela Entrar, Millenium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres, A Casa Silenciosa, Quarentena, Scarface, Madrugada dos Mortos, Vanilla Sky, Psicose, Planeta dos Macacos, King Kong, Godzilla, Viagem Maldita, A Hora do Espanto, A Hora do Pesadelo, Conan – O Bárbaro, A Múmia, A Casa de Cera, entre outros.

A Fantástica Fábrica de Chocolates: Gene Wilder à frente do elenco da versão original de 1971 e Johnny Depp na refilmagem de Tim Burton em 2005.
A Fantástica Fábrica de Chocolates: Gene Wilder à frente do elenco da versão original de 1971 e Johnny Depp na refilmagem de Tim Burton em 2005.

E não é apenas em Hollywood que os remakes são produzidos. Atualmente está em cartaz o longa nacional Sorria – Você Está Sendo Filmado, remake do filme sérvio de 2012, dirigido por Miroslav Momcilovic.

E o que você acha? Falta de criatividade? Oportunismo? Ou uma boa idéia? Divida com a gente sua opinião. Quais você assistiu? Quais você gostou? Sexta que vem tem mais!


ja_te_falei_indicações_cinema

estrelas_cine3 POLTERGEIST – O FENÔMENO  |  Direção: Gil Kenan – Com Sam Rockwell, Rosemarie DeWitt, Kennedi Clements, Jared Harris e Jane Adams.  – Remake do clássico produzido por Spielberg, o novo Poltergeist garante bons sustos, mas não colabora para renovar as imagens tão marcantes do filme original.

estrelas_cine5 MAD MAX: ESTRADA DA FÚRIA |  Direção: George Miller – Com Tom Hardy, Charlize Theron, Nicholas Hoult, Hugh Keays-Byrne e Rose Huntington-Whiteley   – CONTINUO INDICANDO – Raramente classifico um filme com cinco estrelas e mais difícil ainda eu gostar desse tipo de filme. Mas me prendeu sem respiração do início ao fim. Ação louca e desenfreada combinada com cenas impactantes, trilha sonora incrível…TÊM QUE VER! Eletrizante! 

estrelas_cine3 SORRIA – VOCÊ ESTÁ SENDO FILMADO  |  Direção: Daniel Filho – Com Lázaro Ramos, Susana Vieira, Otávio Augusto, Deborah Secco, Lucio Mauro Filho e Roberta Rodrigues.  – Uma grande surpresa nas comédias nacionais. Remake de um filme sueco, este longa surpreende no roteiro amarrado, diverte e ainda tem uma reviravolta bem interessante.

ja_te_falei_estreias_cinema

  • Poltergeist – O Fenômeno
  • O Vendedor de Passados
  • A Incrível História de Adeline
  • O Vendedor de Passados
  • Miss Julie
  • Crimes Ocultos

POR ONDE ANDAM OS ASTROS MIRINS DO CINEMA? – PARTE 2

Na semana passada, publicamos uma matéria com 15 dos muitos astros mirins do cinema e te falamos por onde eles andam. Se não viu, CLIQUE AQUI.

Pois bem, esta semana mostramos mais 10 “crianças” (na verdade 11, pois em uma categoria temos as gêmeas Olsen, mas como elas não se desgrudam, contamos como uma só), mas a diferença é que as que apresento neste post ainda estão na frente das câmeras exercendo a profissão de atores/atrizes e todas são de uma geração mais recente, que fizeram sucesso no fim dos anos 90 ou em toda a década de 2000 e hoje já estão bem grandinhas. Veja:

Dakota Fanning

Provavelmente a mais bem sucedida desta lista, Dakota começou arrasando com os corações mais duros e levando todo mundo às lágrimas em Uma Lição de Amor, ao lado de Sean Penn. Logo após, sua carreira disparou e a garotinha participou de muitos sucessos, entre eles Guerra dos Mundos, O Amigo Oculto, A Saga Crepúsculo, The Runnaways, A Vida Secreta das Abelhas, entre outros. Atualmente, a atriz tem 21 anos.

dakota_fanning_antes_depois

Lindsay Lohan

Falando em sucesso, Lindsay seria bem sucedida ainda até hoje, se não tivesse caído no mundo das drogas. No entanto, a garota ainda trabalha como atriz e é a queridinha dos paparazzi, devido ao seu número alto de escândalos. Na infância estrelou o clássico da Sessão da Tarde Operação Cupido e sua carreira logo alçou vôo. Atuou em sucessos como Meninas Malvadas, Sexta-Feira Muito Louca, Herbie – Meu Fusca Turbinado, entre outros. Atualmente tem 29 anos e grava a série Scream Queens, com estréia prevista para Julho.

lindsay_lohan_antes_depois

Abigail Breslin

A Pequena Miss Sunshine ficou muito marcante para quem assistiu e Abigail Breslin não passou despercebida. Após a produção, a garota amadureceu rápido e já apareceu bem crescidinha nos filmes Uma Prova de Amor, Uma Chamada de Emergência, Zumbilândia, Noite de Ano Novo e atualmente, assim como Lindsay, grava a série Scream Queens. Hoje, a atriz tem 19 anos.

abigail_breslin_antes_depois

Mary-Kate e Ashley Olsen

Quando pequenas, as gêmeas Mary-Kate e Ashley Olsen revezavam-se no papel de Michelle na saudosa série Três é Demais. Toda a infância e adolescência das gêmeas foi na frente das câmeras. Estrelaram sucessos juvenis como Passaporte para Paris, No Pique de Nova York, As Namoradas do Papai, entre outros. Hoje, com 29 anos, as duas fazem pequenas aparições em alguns filmes e hoje são estilistas. Desde 2006 estão à frente da grife The Row.

mary_kate_ashley_olsen_antes_depois

Freddie Highmore

Freddie Highmore é o doce e gentil Charlie na refilmagem de A Fantástica Fábrica de Chocolates, de Tim Burton. O garoto continuou fazendo trabalhos no cinema como As Crônicas de Spiderwick, Em Busca da Terra do Nunca e O Som do Coração. Hoje, aos 23 anos vive o perturbado e psicopata Norman Bates na série de sucesso Bates Motel.

freddie_highmore_antes_depois

AnnaSophia Robb

Assim como Freddie, AnnaSophia foi uma das crianças premiadas com o ticket dourado de A Fantástica Fábrica de Chocolates. A garota ainda na infância atuou em Ponte para Terabítia e A Colheita do Mal. Cresceu, está com 22 anos e recentemente estrelou a série derivada de Sex and the City: The Carrie Diaries, interpretando a jovem Sarah Jessica Parker, além de aparecer nos filmes O Verão da Minha Vida e Soul Surfer.

annasophia_robb_antes_depois

Daveigh Chase

Samara Morgan, a monstrinha de O Chamado aterroriza o público até hoje. Sua intérprete, Daveigh Chase não assusta mais ninguém. Muito pelo contrário. A atriz, que hoje tem 25 anos, continua fazendo participações em filmes e séries, mas seu trabalho mais notável é a animação Lilo e Stitch, no qual faz a voz da menina Lilo.

daveigh_chase_samara_antes_depois

David Dorfman

Falando em O Chamado, David viveu o garotinho que foi perturbado e posteriormente possuído pela moça aí de cima no mesmo filme. No entanto, o garoto fez pouquíssimas participações no cinema e tv, sendo dois deles a série de sucesso Ghost Whisperer e a refilmagem de O Massacre da Serra Elétrica. Atualmente, o rapaz tem 22 anos e é cotado para a terceira parte de O Chamado.

david_dorfman_antes_depois

Isabelle Fuhrman

Outra que aterrorizou a platéia em um filme de suspense foi Isabelle Fuhrman, a órfã do filme A Orfã. Atualmente com 18 anos, a atriz participou de Jogos Vorazes, dubla a série animada A Hora da Aventura e fez uma participação em Masters of Sex.

isabelle_fuhrman_orfã_antes_depois

Ivana Baquero

A garotinha espanhola ficou mundialmente conhecida pelo conceituado O Labirinto do Fauno, mas já havia feito trabalhos na Espanha antes. Hoje tem 21 anos e continua fazendo alguns trabalhos no cinema e na televisão. Atualmente grava a série ainda inédita The Shannara Chronicles, com estreia prevista para Julho deste ano.

ivana_baquero_antes_depois

Acompanhou a carreira dessas “Crianças”? Lembra de mais alguma em algum filme que te marcou? Fala pra gente! Comente e compartilhe! E fique ligado que na sexta que vem tem post novo! Acompanhe! Até lá!


ja_te_falei_indicações_cinema

estrelas_cine3 NOITE SEM FIM  |  Direção: Jaume Collet-Serra – Com Liam Neeson, Ed Harris, Joel Kinnaman, Bruce McGill e Vincent D´Onofrio.  – Uma ótima pedida para quem curte ação eletrizante do início ao fim. Mas a trama mirabolante as vezes perde o tom. Ponto positivo: Liam Neeson. Quer ver filme de ação bom e com ele? Assista Busca Implacável.

ja_te_falei_estreias_cinema

  • O Exótico Hotel Marigold 2
  • O Franco-Atirador
  • Sorria: Você Está Sendo Filmado
  • Últimas Conversas
  • Super Velozes, Mega Furiosos
  • De Gravata e Unha Vermelha
  • Cala a Boca, Philip

PIPOCA E A POPULARIZAÇÃO DE SNACKS NAS SALAS DE CINEMA

Você é daqueles que não consegue ir ao cinema sem comer uma pipoca durante o filme? Pipoca salgada, pipoca doce, pipoca com manteiga, pipoca caramelizada, pipoca com queijo, pipoca com bacon, pipoca com vinagre, pipoca com chocolate… Qual a sua preferida?

Já parou para pensar na quantidade de pipoca que é ingerida durante um dia todo em um cinema? MUITA pipoca! E te pergunto mais… Já parou para pensar PORQUÊ a pipoca tem essa fama toda?

pipoca_cinema_snack
Vamos lá. A pipoca apareceu em 1840, quando começou a ser comercializada em feiras, festivais e eventos populares diversos, já que era um snack muito barato de se fazer. Entre todas as guloseimas oferecidas nesses eventos, a pipoca rapidamente virou preferência geral e em meados de 1930, passou a ser comercializada em vários pontos das cidades nos famosos “carrinhos de pipoca”. Com o sucesso todo acerca do produto, os exibidores passaram a vender a pipoca juntamente com outras guloseimas nos próprios cinemas, mas o mal-cheiro, gordura e sujeira deixada nas salas irritaram os donos dos estabelecimentos e ameaçaram acabar com o produto nas salas. Mas na época os EUA estavam passando pela Grande Depressão e a pipoca sobrevivia, já que era o único petisco que as pessoas podiam pagar. Nos anos 50, a pipoca enfim atingiu um lucro maior do que a venda dos ingressos e popularizou-se definitivamente com a invenção do VHS e dos micro ondas: passou das salas de cinema para as salas de estar.

Atualmente a pipoca é responsável pelo maior faturamento dentro de um cinema, além de ser considerada a combinação perfeita para uma sessão. Devido aos valores astronômicos cobrados, os cinemas lucram muito mais com os snacks do que com os próprios ingressos.

O que a maioria das pessoas não sabem é que a pipoca desempenha um papel melhor ainda: ela EMAGRECE! Sim, isso mesmo, a pipoca é um alimento rico em fibras e por isso ela pode te deixar satisfeito por horas! Mas calma, preparada da maneira correta, a pipoca pode te ajudar na luta pela perda de peso. Obviamente as pipocas caramelizadas ou lotadas de manteiga – como as vendidas no cinema – não contribuem para este fato, até porque elas são estouradas no óleo. Dica para a pipoca saudável: estoure ela apenas no ar quente com temperos e ervas substituindo os supercalóricos. Além do mais, estudos comprovam que a pipoca é um alimento que RETARDA O ENVELHECIMENTO. Como? Simples: a pipoca tem mais antioxidantes que algumas frutas e legumes e outras substâncias responsáveis pelo retardo do envelhecimento.

pipoca_cinema_popcorn_casal
Gente, precisa de mais? Larga agora o arroz e feijão e vá estourar pipocas! Todos os dias e a toda hora! Afinal, com tanto benefício, fica fácil entender a paixão mundial e a ligação direta com o cinema. Para quem não consegue ficar sem comer nada assistindo televisão, está dada a dica: coma pipoca.

Hoje é sexta-feira 13! Já leu o post sobre a data que saiu aqui no Já te Falei? Clique aqui e saiba mais!

ja_te_falei_indicações_cinema
estrelas_cine5 KINGSMAN – SERVIÇO SECRETO |  Direção: Matthew Vaugh – Com Colin Firth, Taron Egerton, Samuel L Jackson, Mark Strong e Michael Caine   – Raramente classifico um filme com cinco estrelas. Este merecia seis. Incrível, dinâmico, bem produzido, elenco estrelar e ação de tirar o fôlego! RECOMENDADÍSSIMO! 

estrelas_cine2 RENASCIDA DO INFERNO |  Direção: David Gelb – Com Olivia Wilde, Evan Peters, Mark Duplass, Sarah Bolger e Donald Glover  – Ruim. Assusta em momentos isolados, mas nada que seja parte da história. Ideia boa, porém mal realizada.

estrelas_cine2 SUPERPAI |  Direção: Pedro Amorim – Com Danton Melo, Dani Calabresa, Moniza Iozzi, Thogun Teixeira e Juliana Didone  – A nova comédia nacional até que tem situações divertidas e hilárias, mas NINGUÉM supera Dani Calabresa, que te faz rir até quando ela está de boca fechada. Único ponto positivo no filme.

ja_te_falei_estreias_cinema

  • Golpe Duplo
  • O Sétimo Filho
  • Para Sempre Alice
  • Mortdecai – A Arte da Trapaça
  • O Amor é Estranho
  • Os Dois Lados do Amor
  • Um Jovem Poeta

CINQUENTA TONS DE PORNOGRAFIA NO CINEMA

Com a chegada de Cinquenta Tons de Cinza na semana passada, fãs do gênero animaram-se com a possível popularização da pornografia no cinema. Baseado em um best seller inspirado em Crepúsculo (sim, é verdade – pasmem!), o filme tinha a promessa de se inserir no subgênero intitulado como Soft Porn.

Soft Porn (ou pornô leve na tradução literal), como o próprio nome já diz, é todo e qualquer filme que apresenta pornografia sem mostrar as genitálias masculinas eretas, ejaculação, penetração e orifícios explícitos. A intenção é excitar e instigar o espectador apenas sugerindo um ato sexual com truques de câmera, posicionamento de luz e coreografias de movimentos dos atores.

Para quem viveu uma adolescência nos anos 90/2000, um clássico exemplo deste subgênero é a série de filmes Emmanuelle, a maioria deles protagonizados pela lenda do soft porn Sylvia Kristel, exibidos no extinto Cine Privé, da TV Band, aos sábados a partir da 01:00. Ao todo, são 45 filmes divididos entre produções da França, Estados Unidos, Itália e Japão.

A atriz Sylvia Kristel, estrela dos principais filmes da série "Emmanuelle".
A atriz Sylvia Kristel, estrela dos principais filmes da série “Emmanuelle”.

Além de Emmanuelle, o subgênero está MUITO presente dentro dos filmes de terror slasher dos anos 80 e 90, como Halloween e Sexta-Feira 13, no qual os personagens adolescentes encontram-se em pleno auge da fissura sexual e são interrompidos pelo serial killer, sendo assassinados logo em seguida. O filme Pânico satiriza esta regra no gênero, citando que todo casal executando um ato sexual são previsivelmente as próximas vítimas.

No Brasil, o gênero foi muito explorado com a icônica época do pornôchanchada, em meados dos anos 70 e 80, que teve musas como Sônia Braga, Vera Fisher, Nicole Puzzi e até a rainha dos baixinhos Xuxa Meneghel, no polêmico filme Amor Estranho Amor.

Embora o cinema esteja ficando cada vez mais liberal, infelizmente o sexo ainda é o maior de todos os tabus. Isso é nítido durante as exibições do filme Cinquenta Tons de Cinza. As diversas reações vão desde gargalhadas (como se o filme apresentasse algo chocante ou absurdo), comentários diversos, suspiros e situações interessantes como falatórios e inquietações. Tudo isso porque as pessoas se embaraçam com a situação de estarem presenciando algo que não costuma-se ver em público, “pegas no flagra” praticando voyeurismo. Claro que tem também os desinibidos que arriscam um comportamento inadequado (como a mexicana que foi presa em flagrante se masturbando durante a exibição do filme).

Jamie Dornan e Dakota Johnson em cena de "Cinquenta Tons de Cinza". Novos rostos estrelam a nova produção softporn baseada em obra literária.
Jamie Dornan e Dakota Johnson em cena de “Cinquenta Tons de Cinza”. Novos rostos estrelam a nova produção softporn baseada em obra literária.

Falando no filme, não sou de postar uma crítica na íntegra de algum filme, mas vamos a uma breve opinião: O QUE ESPERAR DE CINQUENTA TONS DE CINZA? Esta pergunta me fez parar um tempo para ler (ou tentar) a obra literária que originou o filme. Para começar, a informação de que a história é – assumida pela autora – uma fanfic de Crepúsculo já estraga qualquer expectativa. Não por este último ser ruim, mas por não ter nada de realmente interessante para ser evoluído e explorado mais a fundo. Continuando, fui obrigado pelo meu desinteresse a parar de ler lá pela página cinquenta e cinco. Não curti a escrita, nem o modo como a história estava sendo conduzida e desde o início já estava tudo muito previsível. Optei por esperar pelo filme e o que vi me decepcionou pela fama do livro e pela quantidade de fãs. Tem pontos positivos? TEM! Não posso deixar de citar a química do casal protagonista, os dois muito seguros no papel, surpreendendo com boas performances (o que já não acontece tão bem em Crepúsculo). Li que entendedores do assunto tratado no filme sentiram-se ofendidos com tamanha fuga dos princípios do Sadomasoquismo. Questionei sobre a ausência de uma pesquisa por parte da equipe criativa da obra e apesar de não conseguir compreender este tipo de prazer, o filme deveria ao menos me instigar a tais atos ou me seduzir de alguma forma. Infelizmente não aconteceu. No fim, fica a vontade de fazer download da trilha sonora, o ponto mais alto da produção. É apenas “mais um filme comum”.

Não deixem de assistir o filme, claro. Apenas vão com a mente aberta e sem expectativas. Afinal, se tem uma coisa que eu aprendi com o cinema é: Sem Expectativas, Sem decepções.
Até sexta que vem pessoal!

 

ja_te_falei_indicações_cinema

  SNIPER AMERICANO |  Direção: Clint Eastwood – Com Bradley Cooper, Sienna Miller, Kyle Gallner, Jake McDorman e Ben Reed.  – Indicado em várias categorias do Oscar, o longa de Clint Eastwood tem a condução da história muito bem realizada com ótimas interpretações do elenco. Um filme de guerra que não cansa e instiga a querer saber sempre mais.

estrelas_cine2 CINQUENTA TONS DE CINZA |  Direção: Sam Taylor Johnson – Com Dakota Johnson, Jamie Dornan, Marcia Gay Harden, Rita Ora e Luke Grimes  – Fraco, arrastado, previsível e pretensioso. Não cumpre o que promete, não excita e não instiga. As duas estrelinhas serve apenas para qualificar a trilha sonora e as ótimas performances do casal protagonista.

 

ja_te_falei_estreias_cinema

  • Sniper Americano
  • Um Santo Vizinho
  • O Diário da Esperança

FILMES MUSICAIS: A ACEITAÇÃO DO GÊNERO NAS SALAS DE CINEMA

O gênero musical no cinema carrega opiniões diversas nos cinéfilos. Não existe meio termo, ou você ama, ou odeia. Ou é oito, ou oitenta. Nos EUA, o gênero é mais aceito, simplesmente pela indústria teatral-musical enorme que o país sustenta, lotando os teatros da famosa Broadway e arrecadando uma grana absurda com produções majestosas de encher os olhos em todos os aspectos.

O gênero teve uma fase negra, entre os anos 80 e 90, mas a virada do século trouxe novos ventos e o mercado para esses filmes cresceu muito. Essa nova ascensão deu-se pelos muitos Oscars que Moulin Rouge e Chicago levaram em 2001 e 2002 respectivamente. O público passou a ver melhor e aceitar mais esse tipo de filme nos cinemas. Desde então, filmes como Rent – Os Boêmios, O Fantasma da Ópera, Across the Universe e Mamma Mia ganharam mais espaço nas salas de cinema e no gosto popular.

Ao centro, Catherine Zeta-Jones lidera o elenco de "Chicago". A atriz ganhou o Oscar de Melhor Atriz por sua performance na produção, que também conta com Reneé Zellwegger, Richard Gere e Queen Latifah.
Ao centro, Catherine Zeta-Jones lidera o elenco de “Chicago”. A atriz ganhou o Oscar de Melhor Atriz por sua performance na produção, que também conta com Reneé Zellwegger, Richard Gere e Queen Latifah.

No ano retrasado, OS MISERÁVEIS – adaptação cinematográfica do famoso musical do West End Londrino, que arrebatou milhões nas bilheterias norte-americanas e que, surpresamente, não fez feio no Brasil – levou 3 estatuetas do Oscar para casa. A velha história do prisioneiro Jean Valjean já foi adaptada diversas vezes para a televisão, teatro e cinema, mas nenhuma delas tão sofisticada quanto à essa versão musical. Acontece que a história já é um dramalhão daqueles bons e pesados, do público sofrer junto. Juntando isso às músicas MAIS-DO-QUE incríveis e belas, o resultado do “Cho-rô-rô” é garantido! Também, não há possibilidade de fracassar com o elenco imbatível contratado para a produção: Hugh Jackman, Anne Hathaway, Russel Crowe, Amanda Seyfried, Helena Bonham Carter, Sacha Baron Cohen e Eddie Redmayne! (Ainda acha que dá para fracassar?)

Além do mais, o produtor Cameron Mackintosh, também produtor do espetáculo, revelou recentemente que as indústrias teatrais e cinematográficas se ajudam com uma mesma obra. O espetáculo “Les Miserables” teve um aumento significativo na venda de ingressos depois do lançamento do filme, que só foi realizado devido ao grande sucesso do musical. Recentemente, esse mesmo caso foi marcado com “Rock of Ages” após a estreia da adaptação.

Mais um Oscar de Melhor Atriz em uma produção musical: Anne Hathaway levou a estatueta por sua tocante interpretação em "Os Miseráveis".
Mais um Oscar de Melhor Atriz em uma produção musical: Anne Hathaway levou a estatueta por sua tocante interpretação em “Os Miseráveis”.

No Brasil, o musical já foi exibido no Teatro Abril de 2001 a 2002 e também foi um marco na ascensão do Teatro Musical no país. Desde então, as produtoras focaram totalmente seus projetos em musicais, trazendo sucessos como “A Bela e a Fera”, “A Noviça Rebelde”, “O Fantasma da Ópera”, “A Família Addams” e outros.

Este ano é a vez  de CAMINHOS DA FLORESTA dominar os cinemas. A produção – que estreou ontem, dia 29 nos cinemas brasileiros – é baseada no musical da Broadway Into the Woods, produzida pela Walt Disney Pictures, dirigida por Rob Marshall (de Chicago e Nine) e conta com um elenco de grandes nomes do cinema como Meryl Streep, Emily Blunt, Anna Kendrick, Chris Pine e Johnny Depp. Sua imponente trilha sonora é composta por ninguém menos que Stephen Sondheim, compositor consagrado na Broadway (e responsável pelos sucessos Sweeney Todd, Gypsy, Follies, entre outros).

Meryl Streep, soberba como sempre, garante uma vaga nas indicações de Melhor Atriz Coadjuvante no Oscar 2015. A bruxa, apesar de não ser a protagonista, é o papel mais interessante do longa.
Meryl Streep, soberba como sempre, garante uma vaga nas indicações de Melhor Atriz Coadjuvante no Oscar 2015. A bruxa, apesar de não ser a protagonista, é o papel mais interessante do longa.

Assisti o filme ontem na última sessão do dia e o que assisti foi um filme extremamente caprichado, com incríveis performances, direção de arte e efeitos impecáveis mas um tanto confuso na narrativa, deixando um pouco a desejar (pelo menos para mim, que estava com muita expectativa depois de assistir o impactante trailer da produção). Definitivamente não é um filme para crianças, foge um pouco dos padrões Disney, mas o legal do filme está aí: no ousado e no humor que parodia os clássicos da própria produtora. A surpresa da estreia foi que o filme não ocupou nem 10% das salas de cinema de São Paulo. Apesar da má impressão, o filme diverte ao longo de seus 125 minutos e algumas canções não sairão da sua cabeça por um momento após a exibição.

Com toda essa pompa em cima dos musicais, Hollywood já prometeu adaptação para as telas dos musicais “Wicked”, “Miss Saigon”, “The Last Five Years” e um remake de “Annie” (esses dois últimos vão estrear ainda este ano – confira os trailers abaixo), enquanto o Brasil já encaminhou para os palcos “Mudança de Hábito”, “Mary Poppins”, “Antes Tarde do que Nunca”, “A Pequena Sereia” e “Chaplin”. Isso são os musicais mostrando, definitivamente, que chegaram para ficar…

Trailer – The Last Five Years

Trailer – Annie

ja_te_falei_indicações_cinema

estrelas_cine3 CAMINHOS DA FLORESTA  |  Direção: Rob Marshall – Com Meryl Streep, Anna Kendrick, James Corden, Emily Blunt, Chris Pine e Johnny Depp  – O novo filme musical da Disney tem um trailer tão surpreendente e impactante, que entrega quase todos os melhores momentos e o filme não alcança a excelência. Claro que a música belíssima de Sondheim e as performances marcantes do elenco já vale por si só…alias, tem a Meryl…ah, a Meryl!

estrelas_cine3 LIVRE  |  Direção: Jean Marc-Vallé – Com Reese Witherspoon, Laura Dern, Gaby Hoffman e Keene McRae  – Reese concorre ao Oscar de Melhor Atriz por este trabalho e faz a indicação valer pelo filme todo. Além dela, Laura Dern entrega uma brilhante performance que a indicou ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. Ou seja, é muito talento reunido no mesmo filme. 

  ACIMA DAS NUVENS |  Direção: Olivier Assayas. Com Juliette Binocche, Kristen Stewart e Chloe Grace-Moritz  – A densa e comovente história de uma grande atriz e seus conflitos são contadas brilhantemente na pele dessas três atrizes talentosa e tão unificadas em nível de performance. A narrativa é mais devagar. Aqui, o foco são as grandes performances, que muito me admiram terem ficado fora do Oscar.

ja_te_falei_estreias_cinema

  • Caminhos da Floresta
  • Birdman
  • A Mulher de Preto 2
  • A Teoria de Tudo
  • Grandes Olhos
  • A Entrevista
  • Cássia Eller

FRAMBOESA DE OURO: A PREMIAÇÃO DOS PIORES

Desde que o mundo é mundo, a arte é tomada de obras incríveis e obras péssimas – se é que podemos chamar algumas delas de “obra” ou “arte”. Como classificar? Como julgar uma obra? Afinal, o que é arte? São perguntas muitos complexas. Eu, particularmente, prefiro ir naquela do “Gosto é gosto e cada um tem o seu”. Nas premiações de cinema a comissão julgadora funciona mais ou menos assim, claro que se apropriando de um senso comum, que julga se aqueles determinados filmes indicados são bons a ponto de merecerem estar na lista. Assim como o Oscar, Globo de Ouro, entre outros – que premiam os melhores trabalhos do ano anterior, existe o FRAMBOESA DE OURO, premiação que julga os PIORES filmes. E é dele que vamos falar hoje no nosso post.

O Framboesa de Ouro (ou Razzies Awards no nome original) surgiu em 1980, através de uma brincadeira do publicitário John Wilson afim de parodiar o Oscar. A brincadeira foi tão “levada a sério” que hoje o prêmio é reconhecido mundialmente e serve como termômetro para o público julgar se deve ou não “perder tempo” de assistir. Sua estatueta é uma Framboesa de plástico em cima de um rolo Super 8, pintados de dourado, no valor total de US$ 4,99! A comissão julgadora é formada por volta de 650 internautas, integrantes do Comitê Framboesa.

Os astros do cinema abominam o prêmio, com exceção de alguns bem humorados que fazem questão de comparecer à “cerimônia” e receber seu “troféu” em mãos. É o caso de Sandra Bullock, uma das maiores estrelas desta geração, que em 2010 levou a estatueta de Pior Atriz pelo filme Maluca Paixão e foi receber seu prêmio com um monte de cópias do filme em um carrinho, distribuindo para todos os convidados. Porém, no mesmo ano, Sandra venceu o Oscar de Melhor Atriz por seu papel em Um Sonho Possível.

Sandra Bullock sem medo de ser feliz, exibe seu "prêmio" de Pior Atriz de 2010. Com ela, o carrinho com estoque de cópias do filme que a levou a esta indicação.
Sandra Bullock sem medo de ser feliz, exibe seu “prêmio” de Pior Atriz de 2010. Com ela, o carrinho com estoque de cópias do filme que a levou a esta indicação.

Um dia antes de divulgarem a lista dos indicados ao Oscar (acesse a lista completa de indicados clicando aqui) a equipe do Framboesa divulgou os indicados a Piores, que você confere logo abaixo:

Pior Filme

As Tartarugas Ninja
Hércules
O Apocalipse
Saving Christmas
Transformers: A Era da Extinção

Pior Ator

Adam SandlerJuntos e Misturados
Kellan Lutz Hércules
Kirk CameronSaving Christmas
Nicolas CageO Apocalipse
Seth MacFarlaneUm Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola

Pior Atriz

Cameron DiazMulheres ao Ataque e Sex Tape: Perdido na Nuvem
Charlize TheronUm Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola
Drew BarrymoreJuntos e Misturados
Gaia WeissHércules
Melissa McCarthyTammy

Prêmio Framboesa de Redenção
(Categoria especial em comemoração aos 35 anos do Framboesa de Ouro)

Ben Affleck (vencedor do Framboesa por Gigli: Contato de Risco e queridinho do Oscar com Argo e Garota Exemplar)
Jennifer Aniston (indicada 4 vezes ao Framboesa e indicada ao SAG por Cake)
Keanu Reeves (indicado seis vezes ao Framboesa e elogiado pela crítica por De Volta ao Jogo)
Kristen Stewart (vencedora do Framboesa por Crepúsculo e integrante do hit indie Camp X-Ray)
Mike Myers (vencedor do Framboesa por Guru do Amor e diretor de Supermensch)

Pior Atriz Coadjuvante

Brigitte RidenourSaving Christmas
Cameron DiazAnnie
Megan Fox As Tartarugas Ninja
Nicola PeltzTransformers: A Era da Extinção
Susan SarandonTammy

Pior Ator Coadjuvante

Arnold SchwarzeneggerOs Mercenários 3
Kelsey GrammerOs Mercenários 3
Kiefer SutherlandPompéia
Mel GibsonOs Mercenários 3
Shaquille O’NealJuntos e Misturados

Pior Diretor

Darren DoaneSaving Christmas
Michael BayTransformers: A Era da Extinção
Jonathan LiebesmanAs Tartarugas Ninja
Renny HarlinHércules
Seth MacFarlaneUm Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola

Pior Dupla ou Grupo em Cena

Cameron Diaz e Jason SegelSex Tape: Perdido na Núvem
Kellan Lutz e seus músculosHércules
Kirk Cameron e seu egoSaving Christmas
Qualquer robô e qualquer atorTransformers: A Era da Extinção
Seth McFarland e Charlize Theron Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola

Pior Roteiro

Apocalipse
As Tartarugas Ninja
Saving Christmas
Sex Tape: Perdido na Núvem
Transformers: A Era da Extinção

Pior Remake ou Sequência

Annie
As Tartarugas Ninja
Atlas Shrugged #3: Who Is John Galt?
Hercules
Transformers: A Era da Extinção

Os vencedores “gloriosos” desta premiação serão revelados dia 21 de Fevereiro. Enquanto isso, que tal fazer uma maratona de aquecimento Oscar / Framboesa? A maioria dos filmes já estão em cartaz nos cinemas e alguns do Framboesa já podem ser encontrados em DVD e Blu-ray! Para saber se existe mesmo uma lógica para essas indicações, só mesmo assistindo os filmes e tirando suas próprias conclusões! Até sexta que vem pessoal!

 

ja_te_falei_indicações_cinema
  INVENCÍVEL  |  Direção: Angelina Jolie – Com Jack O´Connell, Myiavi, Domhnall Gleeson, Finn Witrock e Garreth Hedlund,   – Angelina Jolie alcança a glória em seu segundo filme na direção. O drama sobre a vida de Louis Zamperini é tocante e emocionante na medida certa.

  GRANDES OLHOS |  Direção: Tim Burton – Com Amy Adams, Christoph Waltz, Danny Huston e Krysten Ritter.  – Fora dos padrões de Burton, o filme agrada muito em todos os aspectos. Amy Adams deveria ser considerada para uma indicação ao Oscar.

  OPERAÇÃO BIG HERO |  Direção: Chris Williams e Don Hall. Com as vozes de Damon Wayans, Jamie Chung, Ryan Potter e Scott Adsit.  – Incrível nova animação da Disney, desta vez com a parceria da Marvel. Tão lindo, tão emocionante e tão corajoso, o longa realmente toca as crianças, que em alguns momentos até choram com as cenas emocionantes.

ja_te_falei_estreias_cinema

  • Busca Implacável 3
  • Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo
  • Simplesmente Acontece
  • Antes de Dormir
  • Minúsculos
  • Amor, Plástico e Barulho
  • 14 Estações de Maria
  • Timbuktu