Arquivo da tag: Clássicos do Cinema

Clássicos do cinema – Champagne e Morangos

E estamos aqui com mais um clássico do cinema…

Entre um piquenique de champagne e morangos no carpete de um quarto aqui, uma noite de ópera ali, Edward e Vivien, estrelada pela maravilhosa Julia Roberts, passam juntos uma semana que mudará para sempre a vida do casal, além de provar que todos nós precisamos de alguém para salvar as nossas vidas, não importa se somos ricaços ou pobretões. E há sempre uma maneira melhor de salvar os outros do que com champagne e morangos?

Da próxima vez que alguém tentar seduzir você, resista até que a pessoa lhe ofereça essa maravilhosa combinação. Ninguém, nem mesmo uma garota de programa com Vivien, quer um encontro chinfrim.

Mas lembre-se de levar um fio dental, pois as sementes de morango são danadas para arruinar até mesmo o mais bonito dos sorrisos.

[ Elenco & Apoio ]

1 Garrafa de champagne, ou um bom vinho espumante
1 Caixa de morango
1 Lindíssima prostituta de luxo ( opcional )

Rendimento: 2 pessoas

[ Voz em Off ]

Sempre que for possível, colocar um morango menor no copo antes de servir o champagne. É uma grande vantagem quando se quer ter uma das mãos livres para…. bem, para fazer qualquer outra coisa mais importante….rsrs

champagne

[ Roteiro ]

1. Ligue para o serviço de quarto e peça uma garrafa de champagne bem gelado e uma caixa de morango, dê preferência para os grandes e maduros, são os melhores.

2. Atenda a porta e explique ao camareiro onde ele deve deixar a bandeja. Não se esqueça de dar uma gorjeta bem generosa.

3. Abra a garrafa com cuidado e encha as taças, até mais ou menos dois terços. Não coloque o champagne até o limite da taça, pois é deselegante ( vai dizer que você não sabia?)

4. Ofereça a taça de champagne com uma mão e o morango com a outra, para impedir a pessoa escolhida de virar a bebida de uma vez.

5. Repita a operação até que a pessoa não possa mais resistir e se jogue em seus braços.

Espero que tenham gostado de mais um classico!
Nos vemos semana que vem…

 

Clássicos do Cinema – Mint Julep

Um dos momentos que eu mais amo além de cozinhar é….. ir ao CINEMA!
Quando vamos ao cinema, o que vem na nossa cabeça em primeiro lugar…. PIPOCA! Essa combinação de filme com pipoca é sempre bem vinda. O cinema é praticamente a minha segunda casa, vou pelo menos 2 vezes por semana.

Todos os momentos da nossa vida estão inevitavelmente ligados à alimentação. É comum os filmes trazerem pratos ou algo diferente que marcam a gente, afinal quem não queria estar no lugar deles, aproveitando cada momento dessas refeições, hein!!

A partir de agora será possível sim experimentar essas delícias dos clássicos do cinema, só que de outra maneira…. você mesmo tentando.

Então faço um pequeno desafio para quem gosta de se aventurar. A cada quinzena vou passar uma dessas receitas maravilhosas pra você tentar fazer na sua casa e depois me contar como foi essa experiência e saber o resultado de como ficou.

Não precisa ter prática, só o amor de cozinhar é o suficiente, quero saber de você também que não tem muita intimidade na cozinha tentar e poder preparar algo para a pessoa que você ama, até mesmo para os seus amigos e assim ter o gosto que é esta arte de cozinhar.

Prepare-se e divirta-se!

Para começar esta jornada temos os drinks, um dos clássicos do cinema, acho que todo mundo já ouviu falar do filme E o Vento Levou!

Para quem já assistiu o filme ele nos ensinou muita coisa: o andar impertinente, o uso de frases feitas para poder expressar impaciência e também o horário correto para uma mulher expor o seu busto!
Scarlett O’Hara é uma jovem mimada e manipuladora, mas uma mulher de muita fibra, além do hábito de beber moderadamente. Em uma cena do filme, ela não hesita em fazer gargarejo com perfume para tirar o hálito de bourbon da boca.
Mas você não precisa chegar a esse ponto. Sirva aos seus convidados ou para quem estiver com você um delicioso Mint Julep – um drique americano muito parecido com o Mojito – com seu fresco hálito de menta.

Mint_Julep_jatefalei

[ Elenco & Apoio ]
um punhado de folhas de hortelã bem frescas
15ml de xarope de açúcar
gelo
50ml de bourbon
água com gás fria

Rendimento: 1 pessoa

[ Voz em Off ]
Para preparar uma calda de açúcar, despeje quantidades iguais (em volume) de água e açúcar numa panela de fundo grosso. Aqueça devagar até que o açúcar se dissolva e atinja o ponto de fervura. Deixe ferver por 5 min e desligue o fogo. Para fazer calda de hortelã, acrescente um punhado bem generoso de folhas frescas da erva à clada de açúcar ainda quente. Deixe em infusão até a mistura esfriar. Depois disso, passe em um coador e guarde a calda em uma garrafa. Você pode também comprar calda de hortelã em cafés ou lojas especializadas em bebidas.

[ Roteiro ]
1. 
Coloque as folhas de hortelã  num copo alto e acrescente a calda de açúcar. Soque as folhas com cuidado, usando um pilão, um rolo ou cabo de uma colher, para liberar o aroma da erva.

2. Encha o copo com gelo quebrado e misture de novo. Adicione o bourbon e complete com água com gás ( se você não tiver água com gás, use água comum mesmo).

3. Misture de novo e deixe descansar. Espere até o copo “suar”, ou seja, até a bebida ficar bem gelada. Se estiver em um ambiente com ar-condicionado, procure outro lugar para esse efeito ficar ainda mais evidente.

4. Misture novamente até obter o efeito de ” copo suado”. Afinal de contas, amanhã é um novo dia.

Quero saber de você, se fez, o que achou?
Nos vemos semana que vem!