Arquivo da categoria: Cinema e Teatro

UM ANO DE CINEMA NO JÁ TE FALEI!

Dia 15 de Agosto de 2014 estreávamos o blog Já te Falei! Foram meses de planejamento, muita empolgação e uma gostosa reunião de amigos afim de fazer um trabalho bacana. Eis que chegamos aqui, um ano depois, com um público fiel e muita coisa boa para informar os leitores.

O nosso ANO UM em números:

  • 55 posts sobre cinema
  • 36.343 visualizações nos posts
  • 500 comentários nos posts
  • 2000 curtidas no Facebook
  • 292 posts no Instagram
  • 48.977 palavras escritas na coluna de Cinema e Teatro

Para comemorar um ano de muito assunto bacana e manter você informado sobre tudo o que rolou aqui, selecionei os 15 melhores posts sobre Cinema, para você clicar e explorar:

10 Problemas que Enfrentamos no Cinema e Como Fugir Deles
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
O Cinema Também Apoia a Diversidade
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
Quatro Anos Sem Harry Potter
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
Como Acabar Com o Mundo em 9 Filmes
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
A Bruxa de Blair e o Fenômeno Found-Footage
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
Do Brasil para o Mundo: Os Brasileiros em Hollywood
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
Meryl Streep: O Maior Talento da Atualidade
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
Troca de Papéis: 20 Atores que Recusaram Icônicos Papéis
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
Cinquenta Tons de Pornografia no Cinema
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
Filmes Musicais: A Aceitação do Gênero nas Salas de Cinema
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
IMAX: A Experiência Màxima
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
Dublês: Como Fazer Cenas de Ação Sem se Machucar
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
Das Páginas Para as Telas
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
Por Onde Andam os Astros Mirins do Cinema
Parte 1 | Parte 2
•  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  •
Especial Filmes de Terror
Curiosidades  |  Top 10  |  Os Atores por Trás dos Monstros

Para você que nos acompanha, fica aqui o nosso MUITO OBRIGADO! Foi e está sendo um prazer planejar, pesquisar e escrever sobre todos esses assuntos. E tenho certeza que para os meus colegas das outras colunas a sensação é a mesma. E para você que está chegando, SEJA MUITO BEM VINDO e fique à vontade para explorar tudo o que o Já te Falei pode te oferecer de conhecimento e entretenimento!

Que venha o próximo ano! Em breve, mais novidades!

Anúncios

LUZ, CÂMERA… CLAQUETE!

Quem aí nunca ouviu o famoso “Luz, Câmera…Ação!”? Certamente você já ouviu. Seja nos extras e making of de filmes ou até mesmo reproduzido em alguma cena de filme. Automaticamente associamos a frase com o mundo do cinema, com o ato de gravar alguma ação. Você mesmo provavelmente já brincou de diretor durante a gravação de um vídeo caseiro e ditou essas palavras.

A famosa frase é utilizada no ato de iniciar tecnicamente a gravação de uma cena. “Luz” para acionar a iluminação, “Câmera” para iniciar a gravação e “Ação” para o que for filmado começar a movimentação. Porém, no meio desta frase, a claquete entra em cena para registrar e nomear o que está sendo gravado, organizando o material em questão.

Fonte: Deadline
O diretor Peter Jackson com a claquete durante as gravações dos longas “O Hobbit. – Fonte: Deadline

.
A claquete apareceu juntamente com o fim do cinema mudo. Quando as produções passaram a ter som, foi necessária a criação de uma ferramenta que marcava o início do som e da imagem. Daí veio a primeira função da claquete: sincronização. Como o áudio da cena era gravado com um gravador separado da câmera, o editor utilizava o som do bater da claquete para sincronizar com o movimento de imagem e assim conseguir sincronizar som e áudio. Para isso, eram utilizadas apenas duas ripas de madeira articuláveis (parte de cima da claquete), que quando batidas uma na outra, produziam o som estridente, formando assim o primeiro formato da ferramenta.

A outra finalidade da claquete é descrever a cena, o plano e a tomada que aquele imagem apresenta. Para isso, foi integrada uma placa embaixo das ripas articuláveis com dados sobre a filmagem: nome do filme, diretor, diretor de fotografia, data da filmagem, número da cena, plano e número da tomada daquela mesma cena.

Com o avanço da tecnologia e chegada das modernas câmeras que captam som de alta qualidade, a claquete perdeu a sua primeira função. Mesmo assim, por segurança, algumas produções ainda fazem a clássica batida caso a imagem ou o som apresentem problemas na hora da edição. No entanto, as produções atuais ainda contam com as informações apresentadas na claquete, apenas para organização da hora da edição do filme. Desta forma, o editor consegue selecionar as melhores captações e assim montar o filme.

O trio protagonista de Harry Potter segura a imensa claquete com nome fictício. Fonte: FanPop.
O trio protagonista de Harry Potter segura a imensa claquete com nome fictício. Fonte: FanPop.

Um fato curioso nas grandes produções de hoje, é que em alguns filmes, a claquete apresenta um outro nome à produção, afim de não identificar o seu material para evitar vazamento. Por exemplo: filmes muito famosos e de grande espera como Harry Potter inventam nomes para colocar na claquete e assim não chamar a atenção de possíveis hackers que invadem as ilhas de edição e ficam com acesso ao material.

A claquete também é um objeto muito procurado por colecionadores e admiradores do mundo do cinema, que anseiam por uma claquete como objeto de decoração em suas casas. Eu já tenho a minha! Você pode encontrar em lojas de artigos de decoração, nos parques temáticos americanos (Universal Studios tem MUITAS) ou até mesmo fazer a sua própria! Até sexta que vem pessoal!

TRILOGIAS FAMOSAS DO CINEMA

O cinema já nos mostrou que alguns grandes filmes são únicos e não precisam de continuações. Que outros grandes filmes são tão bons, que merecem uma continuação. E que outros ainda merecem várias continuações. Isso não é regra e toda regra tem sua exceção.

Conhece aquela frase “Um é pouco, dois é bom, mas três é demais”? Aqui essa frase pode ser aplicada de duas maneiras: três pode ser demais no sentido de empolgação (leia: “uau, é demais!”) ou demais como desnecessário. Com o sucesso dos grandes filmes, os estúdios tentam lucrar com continuações que, muitas vezes, são esdrúxulas e nem mereciam ser citadas na história do cinema, mas algumas delas ganham força a cada filme e vão tornando o fenômeno maior ainda.

O Já te Falei listou 10 famosas trilogias do cinema, sem ordem de preferência ou de qualidade, mas sem dúvida 10 trilogias que merecem ser vistas:
.

o_poderoso_chefao_ja_te_faleiClássico dos clássicos, dificilmente você encontra pessoas que não tenham visto essa trilogia. Mas facilmente você encontra pessoas que não gostem ou ache os filmes muito complexos. Os filmes são longos, antigos e um pouco difíceis de se digerir. Hoje são considerados clássicos do cinema cult, mas a verdade é que todos que apreciam a sétima arte precisam assistir. Brilhantemente dirigida por Francis Ford Coppolla, os filmes levaram muitos Oscars, incluindo de Melhor Filme para o primeiro e segundo capítulos. Marlon Brando, Al Pacino, James Caan, Robert DuVall e Diane Keaton são alguns dos grandes nomes que tiveram suas carreiras firmadas eternamente em Hollywood, devido às suas performances nos filmes.
.

star_wars_ja_te_faleiNão há possibilidade de falar mal de Star Wars. Você pode não gostar do gênero, mas certamente vai se encantar com a grandiosidade da obra e tudo o que ela significa para o cinema. O sucesso é absoluto e inquestionável. Ao todo (incluindo o ainda inédito Despertar da Força) são 7 filmes. Mas são suas duas trilogias que o consagraram e transformaram no fenômeno que é hoje. São duas trilogias sequenciais, mas produzidas em décadas diferentes. A primeira conta na verdade os episódios 4, 5 e 6, enquanto a mais recente conta as partes 1, 2 e 3. Todas elas sob o comando e a genialidade do mestre George Lucas.
.

o_senhor_dos_aneis_ja_te_faleiJ.R.R.Tolkien é uma daquelas mentes brilhantes que povoaram a literatura e tiveram suas obras transformadas em filmes. O Senhor dos Anéis é uma delas e rapidamente se eternizou no hall dos melhores filmes de todos os tempos. São três filmes de 3 horas de duração, com tudo o que há de melhor no cinema: boa história, bons efeitos, bons atores… É um daqueles casos em que TODOS os três filmes são igualmente incríveis e 100% satisfatórios aos olhos dos fãs. Confie cegamente. Dificilmente esses filmes irão te decepcionar.
.

toy_story_ja_te_faleiA incrível trilogia da Disney/Pixar está com todos os três filmes na lista das 50 maiores bilheterias de todos os tempos e carrega um feito difícil de se obter: os três filmes são igualmente MUITO bons! A primeira parte das aventuras de Woody, Buzz e seus amigos é o primeiro filme da parceria Pixar Animation Studios e Walt Disney Pictures. Fez tanto sucesso em seu lançamento, que rendeu mais dois filmes e uma imensa variedades de produtos licenciados! É sucesso, é lindo, é divertido…TÊM QUE VER!
.

batman_ja_te_faleiOs últimos três filmes do Batman formam uma trilogia incrível que certamente ditou um novo rumo para os filmes de super-heróis. Mais do que isso, eles são filmes maduros, interessantes, inteligentes e tão fiel a ponto de alcançar 100% de aprovação dos fãs. A trilogia de Christopher Nolan conta com Batman Begins, O Cavaleiro das Trevas e O Cavaleiro das Trevas Ressurge. À frente do elenco está o impecável Christian Bale, na pele do Homem-Morcego. A cada novo capítulo, o interesse do público aumenta e a produção responde a toda essa expectativa à altura, satisfazendo os fãs e trazendo até os mais desinteressados para o cinema.
.

sobrenatural_ja_te_faleiA trilogia assustadora criada por James Wan e Leigh Whannel chegou ontem em seu terceiro capítulo. O medo é real e causa muitos sustos na plateia, nos três filmes. A trama é inovadora, mas tinha tudo para cair no clichê. A direção segura e inteligente de Wan maquia qualquer escorregada e cumpre tudo o que promete. Bons sustos e bons momentos arrepiantes. Quer se assustar? Curte o medo na hora de dormir? Vêm que aqui tem três filmes incríveis te esperando para te aterrorizar!
.

de_volta_para_o_futuro_ja_te_faleiSteven Spielberg e Robert Zemeckis são os responsáveis por essa trilogia, eterna na memória de quem assiste. Certamente fizeram história, juntamente com Michael J. Fox e Christopher Lloyd e até hoje carregam uma legião de fãs que revivem a estes clássicos, principalmente neste ano, o ano em que as situações no futuro da história aconteciam. Não há uma pessoa que foi jovem nos anos 80/90 que não tenha visto a trilogia!
.

se_beber_nao_case_ja_te_faleiAs hilárias aventuras dos amigos que se metem em enrascadas nas vésperas dos casamentos certamente merecem entrar na lista simplesmente por arrancarem MUITAS gargalhadas do público. Infelizmente a graça vai acabando com o passar dos filmes. O primeiro filme é genial. O segundo é mais do mesmo, mas ainda assim divertido. Porém, o terceiro episódio foge completamente do padrão dos anteriores e beira o sem graça. Mesmo perdendo a força, vale ressaltar o talento do elenco protagonista, que dá um show de humor fazendo até os mais inexpressivos gargalharem!
.

hannibal_ja_te_faleiAnthony Hopkins aterrorizou platéias do mundo todo com seu frio e canibal Dr. Hannibal Lecter. O estrondoso sucesso se deu pelo primeiro capítulo da saga, Silêncio dos Inocentes, seguido da fraca segunda parte Hannibal e do terceiro filme (que na verdade conta o início da história) Dragão Vermelho. Não assista se tem estômago fraco. Assista se quiser uma boa pedida para um suspense!
.

matrix_ja_te_faleiOs filmes de ficção científica nunca mais foram os mesmos depois de Matrix. Os irmãos Wachowski, criadores da trilogia desenvolveram uma obra complexa que infelizmente foi perdendo a força a cada novo filme. O primeiro marcou em sua época e revolucionou em efeitos e desenvolvimento da trama. O segundo frisou os bons efeitos, mas perdeu a força de seu original. E o terceiro – e último – é uma bomba. Arrastado, fraco, longo e muito lento. Talvez, se não tivesse tido um último capítulo tão fraco, teria sido mais marcante. A impressão com o último filme, é que o público se cansou de tanta enrolação.
.

Vale ressaltar ainda algumas séries de filmes que deixaram de ser trilogia recentemente:

JURASSIC PARK, que deixou de ser trilogia este ano, com o lançamento do quatro – e tão bom quanto os anteriores – episódio Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros;
PÂNICO, que até 2011 foi uma trilogia de sucesso, quando resolveu apresentar um quatro – e satisfatório – capítulo, mas que não chega aos pés dos filmes anteriores;
MISSÃO IMPOSSÍVEL, que incansável chegou ao seu quinto filme mostrando apenas mais do mesmo – é Hollywood não sabendo a hora de parar;
O EXTERMINADOR DO FUTURO, que também não soube a hora de parar e entra agora em seu quinto filme, trazendo um Schwazenegger idoso e fora de forma, cheio de efeito especial;
MAD MAX, que felizmente deixou o posto de trilogia este ano, apresentando um maravilhoso e incrível quarto capítulo, reavivando a série toda – que havia se enfraquecido no terceiro filme;
DURO DE MATAR, que acabou também reavivando a série em um quarto episódio;
PIRATAS DO CARIBE, que percebeu que Jack Sparrow sempre pode arrastar mais pessoas para o cinema e decidiu fazer mais dois filmes – o quinto ainda em fase de produção;
IDENTIDADE BOURNE, que andou, andou, andou e acabou com um quarto filme bem inferior aos outros e sem o astro principal – e papel título – da série Matt Damon.

GRANDES ATORES: ROBIN WILLIAMS

Tem como ser amante de cinema e não se lembrar do emocionante Patch Adams – O Amor é Contagioso? Crescer com a Sessão da Tarde e não se lembrar de Jumanji? Gostar de dramas e romances e não ter visto Amor Além da Vida ou Sociedade dos Poetas Mortos? E o que esses filmes tem em comum? A brilhante participação de Robin Williams!

Nesta semana, em 21 de Julho, o ator faria 64 anos e o Já te Falei relembra a carreira e sucessos deste que foi um dos maiores e mais brilhantes artistas dos últimos tempos.

Sobre:

robin_williams_retratoNome: Robin McLaurin Williams
Nascimento: 21 de Julho de 1951
Falecimento: 11 de Agosto de 2014 (63 anos)
Local de Nascimento: Chicago, Illinois – EUA
Local de Falecimento: Paradise Cay, Califórnia – EUA
Profissão: Ator, Comediante, Dublador, Produtor e Diretor
Filhos: Zachary Pym, Zelda Rae e Cody Alan
Formação Acadêmica: Artes Dramáticas, Juilliard School

Cara de bom moço, simpático e aparentemente era tímido. Foi encorajado por sua mãe, uma ex-modelo americana, a entrar para o grupo de arte dramática no ensino médio e desde então não parou mais. Foi aceito na renomada Escola de Artes Juilliard nos EUA e se formou ao lado de Christopher Reeve, em 1976, com honras e méritos (e muitos trabalhos já garantidos).

Seu maior destaque era o lado cômico. Fazia sempre seus shows de stand-up, participações em programas humorísticos, incluindo o sitcom Friends, mas seu grande reconhecimento na carreira veio curiosamente de um papel dramático. Robin venceu o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 1998 por seu desempenho no drama Gênio Indomável.

Além da vasta carreira no cinema e na televisão, teve destaque no conceituado espetáculo Esperando Godot, ao lado de Steve Martin, na produção do Lincoln Center Theatre, na Broadway, em 1988.

Robin Williams como Estragon e Steve Martin como Vladimir em Waiting Godot, em 1988.
Robin Williams como Estragon e Steve Martin como Vladimir em Waiting Godot, em 1988.

Foi um grande colaborador para a Walt Disney Pictures. Emprestou sua voz para o Gênio da Lâmpada em Aladdin e ficou durante muitos anos gravando diversas narrações para as atrações dos parques. Ainda em Aladdin, Robin mostrava todo o seu talento no estúdio de gravação e o material de voz gravado para o filme continha mais de 6 horas, devido à quantidade de improvisações que ele colocava nas falas. Por isso, Aladdin ficou de fora da disputa do Oscar em Melhor Roteiro Adaptado, já que Robin havia modificado (e melhorado) quase todas as falas.

Sua vida teve muitos altos e baixos. Escândalos extraconjugais, uso excessivo de álcool e drogas marcam momentos difíceis na carreira do ator. Por fim, em Agosto de 2014, enquanto passava por uma crise depressiva, Robin foi encontrado morto em sua casa, com marcas de asfixia. O laudo final declarou suicídio.

Filmografia:
2014 A Merry Friggin’ Christmas
2014 Absolutely Anything
2014 Boulevard
2014 Altman, um Cineasta Americano
2014 O Que Fazer?
2014 Uma Noite no Museu 3 – O Segredo da Tumba
2013 The Crazy Ones
2013 O Casamento do Ano
2013 O Mordomo da Casa Branca
2013 Uma Nova Chance Para Amar
2012 Louie – Temporada 3
2012 Wilfred (2011)
2012 Radioman
2011 Happy Feet 2 – O Pinguim
2009 O Melhor Pai do Mundo
2009 O Psicólogo – O Doutor Está Fora
2009 Surpresa em Dobro
2009 Uma Noite no Museu 2
2007 Law & Order: Special Victims Unit – Temporada 9
2007 Licença para Casar
2007 O Som do Coração
2006 A Última Noite
2006 Candidato Aloprado
2006 Uma Noite no Museu
2005 Férias no Trailer
2005 Happy Feet – O Pinguim
2005 In Search of Ted Demme
2005 Quem é Morto Sempre Aparece
2005 Robôs
2005 Segredos na Noite
2004 Anjo de Vidro
2004 Reflexos da Amizade
2003 Violação de Privacidade
2002 Insônia
2002 Morra, Smoochy, Morra
2002 Retratos de uma Obsessão
2001 A.I. – Inteligência Artificial
1999 O Homem Bicentenário
1998 Amor Além da Vida
1998 Patch Adams – O Amor é Contagioso
1998 Um Sinal de Esperança
1997 Desconstruindo Harry
1997 Flubber – Uma Invenção Desmiolada
1997 Gênio Indomável
1997 Um Dia, Dois Pais
1996 Friends – Temporada 3
1996 Aladdin e os 40 Ladrões
1996 Hamlet
1996 Jack
1996 The Birdcage – A Gaiola das Loucas
1995 Jumanji
1995 Nove Meses
1995 Para Wong Foo, Obrigada por Tudo! Julie Newmar
1993 Segredos da Vida
1993 Uma Babá Quase Perfeita
1992 A Revolta dos Brinquedos
1992 Aladdin
1992 Ferngully – As Aventuras de Zack e Crysta na Floresta Tropical
1991 Hook – A Volta do Capitão Gancho
1991 O Pescador de Ilusões
1991 Voltar a Morrer
1990 Tempo de Despertar
1990 Um Conquistador em Apuros
1989 Sociedade dos Poetas Mortos
1988 As Aventuras do Barão Munchausen
1987 Bom Dia, Vietnã
1986 A Última Chance
1986 Clube Paraíso
1986 Seize the Day
1984 Moscou em Nova York
1983 O Negócio é Sobreviver
1982 O Mundo Segundo Garp
1981 Mork and Mindy
1980 Mork and Mindy
1980 Popeye
1979 Mork and Mindy
1978 Mork and Mindy
1977 Happy Days – Temporada 5
1977 Óculos? Para Quê?

São 79 títulos em sua filmografia, 36 anos de carreira e muitos papéis marcantes. A seguir, confira 10 momentos memoráveis de Robin Williams nas telas:

Patch Adams – O Amor é Contagioso

Jumanji

Gênio Indomável

Amor Além da Vida

A Gaiola das Loucas

Hook – A Volta do Capitão Gancho

Sociedade dos Poetas Mortos

Uma Babá Quase Perfeita

Jack

Participação em FRIENDS

QUATRO ANOS SEM HARRY POTTER

Há exatos quatro anos atrás, em 15 de Julho de 2011, milhões de fãs davam adeus a uma das maiores e mais lucrativas sagas da história do cinema – inclusive eu. Harry Potter chegava ao seu oitavo e último filme, entristecendo os fãs fiéis que lotaram as salas de cinema repetidas vezes.

harry_potter_ultima_cena_reliquias_da_morte
Última cena do último filme da saga, Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2

.
Harry Potter JÁ É um clássico, não há como negar. Marcou toda uma geração e foi capaz de agradar e formar uma multidão de fãs das mais variadas idades. É muito difícil encontrar alguém que não goste ou que fale mal das histórias. Quem não gosta é porque nunca assistiu os filmes ou leu os livros e não suporta esse sucesso todo. Existe ainda a pequena parcela de pessoas que já conhece a obra e não gosta deste tipo de história. Mas ainda assim, esta parcela de pessoas afirmam que existe algo de especial por trás de tudo isso.

São sete livros, oito filmes, dois parques temáticos, um museu oficial e mais de oitenta mil produtos licenciados. Sem contar os livros técnicos sobre as produções dos filmes, documentários extras e biografias não autorizadas da autora JK Rowling. A saga literária só perde em quantidade de vendas para a Bíblia Sagrada e ainda são os livros mais vendidos de todos os tempos. Os oito filmes curiosamente nunca receberam nenhuma estatueta do Oscar, mas todos eles permanecem no ranking dos 50 filmes de maior bilheteria da história do cinema mundial, sendo que o último, Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 é o quinto da lista. Os oito filmes juntos arrecadaram mais de 7 bilhões de dólares no mundo inteiro.

Harry Potter em Números:

Bilheteria Mundial de cada filme:
Pedra Filosofal: US$ 974,733,550
Câmara Secreta: US$ 878,643,482
Prisioneiro de Azkaban: US$ 795,634,069
Cálice de Fogo: US$ 895,921,036
Ordem da Fênix: US$ 938,212,738
Enigma do Príncipe: US$ 933,959,197
Relíquias da Morte – Parte 1: US$ 960,283,305
Relíquias da Morte – Parte 2: US$ 1,341,511,219
Arrecadação Total: US$ 7.718.898.596,00

Quem é fã de verdade e acompanhava as estreias recorda com carinho e sente muita saudade da sensação de apagar as luzes do cinema e aquele logo da Warner todo personalizado invadindo a tela com o tema principal do filme de fundo (que você pode rever todas as aberturas no vídeo abaixo), as divertidas – e longas – filas de espera para assistir o filme na primeira sessão, a luta pelos ingressos antecipados e voltar pelo menos três vezes para assistir o filme de novo na telona. Tudo isso vezes OITO! Sem contar a bomba que foi no lançamento dos trailers do último filme, ter que ler a frase TUDO TERMINA AQUI no final de cada trailer, em cada cartaz!

Quatro anos se passaram e os fãs órfãos encontraram novos hobbies para seguir, mas nunca deixando a paixão Potter de lado, seguindo e assistindo os novos trabalhos dos astros da série. Para a surpresa daqueles que achavam que eles ficariam marcados pelos icônicos personagens da série e assim estagnados na carreira, aí vai balanço da carreira depois dos filmes:

daniel_radcliffe_atorDANIEL RADCLIFFE – Harry Potter

Daniel foi o escolhido para viver o bruxinho no cinema e rapidamente alcançou o estrelato, tornando-se o jovem ator mais bem pago da história da Inglaterra. Iniciou a saga aos 11 anos, permanecendo até os 21 anos. Após os Potters, atuou em A Mulher de Preto, Será Que?, Amaldiçoado, Versos de um Crime, além de ter protagonizado dois sucessos dos palcos Broadway: How to Succeed in Business Without Really Trying e Equus.

emma_watson_atrizEMMA WATSON – Hermione Granger

Emma foi a que teve a carreira mais promissora depois da saga. Pode ser vista em Bling Ring – A Gangue de Hollywood, Noé, As Vantagens de Ser Invisível, Sete Dias com Marilyn, É o Fim e atualmente prepara-se para viver a princesa Bela na versão live-action do clássico A Bela e a Fera, da Disney. Além da carreira de atriz, Emma cursa Língua Inglesa na universidade e lidera uma série de grupos ativistas em diversas áreas.

rupert_grint_atorRUPERT GRINT – Ron Weasley

Rupert Grint era o que o publico mais esperava ver se dar bem nas telas, tudo isso por conta de sua ótima veia cômica mostrada ao longo dos filmes. No entanto, permanece atuando em produções pequenas e sem destaque, com exceção do videoclipe de Ed Sheeran e do espetáculo da Broadway It´s Only a Play.

.

.
Além do trio principal, grandes nomes do cinema / televisão / teatro britânico atuaram na série, como Maggie Smith, Michael Gambon, Alan Rickman, Emma Thompson, Imelda Staunton, Ralph Fiennes, Jason Isaacs, Gary Oldman, Kenneth Branagh, Robbie Coltrane, Fiona Shaw e muitos outros. O elenco é recheado de astros.

Ainda hoje, depois deste tempo todo nos perguntamos: Qual é o segredo da magia? O que tem de tão especial e atrativo que faz o público enlouquecer? Ninguém sabe a resposta. JK Rowling certamente foi abençoada com a ideia desta história e, despretensiosamente, criou um mundo mágico tão amplo e incrível que a própria admitiu não ter explorado nem 10% de tudo isso nos livros. Por isso, ainda mantém  o portal Pottermore para fãs afoitos e curiosos com o “algo a mais” sobre o mundo de Harry Potter.

E engana-se quem pensa que parou por aí. O livro derivado da série Animais Fantásticos e Onde Habitam, escrito pela própria JK Rowling teve seus direitos adquiridos pela Warner Bros. e será transformado em três filmes, sendo que o primeiro já está em fase de produção! No entanto, nenhum dos atores do trio principal estará presente na adaptação. O filme tem estreia prevista para 24 de Novembro de 2016 no mundo todo e conta com Eddie Redmayne como protagonista. O diretor David Yates – que dirigiu os quatro últimos filmes da série – comandará os três longas.

Para finalizar, você que ama Harry Potter, pegue um lencinho e prepare-se para se debulhar em lágrimas com esta emocionante retrospectiva dos oito filmes da saga!

“MEMÓRIAS DE UM GIGOLÔ” VEZES QUATRO

Algumas histórias são tão fortes, tão intensas que merecem ser contadas de diferentes maneiras. Este fenômeno de adaptações acontece frequentemente, desde que o mundo é mundo. Livros viram filmes, séries de televisão viram filmes, filmes viram peças de teatro e por aí vai.

Nos embalos dessas transformações, está Memórias de um Gigolô, obra de Marcos Rey. Como o próprio título da matéria indica, a história já transitou por quatro meios diferentes: começou na literatura em 1968, foi para o cinema em 1970, passou para a televisão em 1985 e hoje – sexta-feira dia 10 de Julho – estreia no teatro, em formato de superprodução musical escrita e dirigida por Miguel Falabella, com músicas compostas por Josimar Carneiro e coreografias de Fernanda Chamma.

A história é ambientada no final dos anos 20 e narra a trajetória do menino Mariano, que após o falecimento de sua tia cartomante Madame Antonieta, passa a viver com Madame Yara, dona de um bordel. Lá, torna-se um aprendiz de gigolô e apaixona-se por Guadalupe, protegida de Esmeraldo, o cafetão profissional da casa.

Na versão teatral, Mariana Rios, Marcelo Serrado e Leonardo Miggiorin estão à frente do elenco de 21 atores, como os protagonistas Guadalupe, Esmeraldo e Mariano respectivamente. Na televisão, os papéis principais foram vividos por Bruna Lombardi, Ney Latorraca e Lauro Corona, enquanto no cinema, Rossana Ghessa, Jece Valadão e Cláudio Cavalcanti assumiram o trio.

Bruna Lombardi, Ney Latorraca e Lauro Corona na minissérie exibida em 1985.
Bruna Lombardi, Ney Latorraca e Lauro Corona na minissérie exibida em 1985.

>
Ainda na versão teatral, Mariana Baltar e Alessandra Verney são Madame Antonieta e Madame Yara respectivamente, as mentoras e responsáveis pelas memórias da infância de Mariano.

Leonardo Miggiorin ao centro, Mariana Rios e Marcelo Serrado ao fundo com o elenco completo em cena do espetáculo "Memórias de Um Gigolô", em cartaz no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo.
Leonardo Miggiorin ao centro, Mariana Rios e Marcelo Serrado ao fundo com o elenco completo em cena do espetáculo “Memórias de Um Gigolô”, em cartaz no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo.

Completando o elenco estão Adriana Capparelli, Adriano Fanti, Alê Limma, Clara Camargo, Fernanda Belinatti, Fernando Cursino, Laura Visconti, Luana Bichiqui, Luiz Pacini, Osmar Silveira, Renata Brás, Ricardo Vieira, Thati Abra e Ubiracy Paraná do Brasil.

Na última semana, a produção recebeu a notícia de que os atores mirins Matheus Braga e Kaleb Figueiredo haviam sido proibidos de atuar no musical pelo Juizado da Infância e da Juventude do Tribunal Regional do Trabalho, alegando que o tema do espetáculo era impróprio para inserir as crianças nesta temática.

Matheus Braga e Kaleb Figueiredo em protesto contra a censura de crianças em espetáculos teatrais com excelente valor artístico, enquanto jovens se despem e cantam palavrões em outros meios.
Matheus Braga e Kaleb Figueiredo em protesto contra a censura de crianças em espetáculos teatrais com excelente valor artístico, enquanto jovens se despem e cantam palavrões em outros meios.
MEMÓRIAS DE UM GIGOLÔ
De Miguel Falabella e Josimar Carneiro
Produção: Sandro Chaim
Coreografias: Fernanda Chamma

Quando: De 10/07 a 30/08
Quintas às 21hs, Sextas às 21h30, Sábados às 18hs e 21h30 e Domingos às 18hs
Onde: Teatro Procópio Ferreira – Rua Augusta, 2823
Vendas: Ingresso Rápido

10 FILMES SOBRE FÉRIAS

Quem lembra do último dia de aula do semestre na escola? Aquela certeza de que teria um mês inteiro de férias pela frente, viagens, passeios, tarde à toa em casa recheada de filmes divertidos e interessantes para curtir sem se preocupar com nada! Pois é, nós do Já te Falei adorávamos aquela saudosa época e por isso selecionamos os 10 melhores filmes para entrar no clima das férias.
.

Férias Frustradas

O primeiro da lista é o clássico filme de férias. O comediante Chevy Chase fez história com este que foi um grande clássico da Sessão da Tarde, lançado em 1983, mostrando as piores férias que alguém poderia imaginar. TUDO dá errado e você se diverte cada vez mais! Um remake está programado para estrear ainda este ano marcando o retorno de Chevy Chase para o elenco.

Férias Frustradas de Verão

Aquele momento em que você chega no fim da adolescência e percebe que ainda não trabalhou e nem se apaixonou… Este é o filme certo para quem está nessa situação. Jesse Eisenberg e Kristen Stewart contam esta leve história sobre descobertas e decisões. Não se engane pelo título, que automaticamente remete à uma comédia pastelão.

As Férias do Mr. Bean

Muitos podem afirmar que a época de Mr. Bean já passou e que ele perdeu a graça, mas a verdade é que seu interprete Rowan Atkinson é genial e consegue arrancar muitas gargalhadas do público. Com As Férias do Mr. Bean não é diferente. Ótimo para descontrair e mostrar que suas férias (mesmo se estiverem monótonas) são incríveis perto das trapalhadas dele.

As Férias da Minha Vida

Um dos mais interessantes da lista traz a adorável e carismática Queen Latifah neste filme que vai do drama à comédia em instantes. O filme, apesar de divertido, traz uma linda mensagem sobre aproveitar a vida ao máximo, já que nunca saberemos quando tudo acaba. Aperte o play e divirta-se com as férias mais deliciosas e intensas que alguém poderia ter.

Esposa de Mentirinha

Adam Sandler e Jennifer Aniston passam divertidas férias no Havaí, com situações divertidas e mostrando que nem sempre um filme precisa passar uma grande mensagem. Aqui, apenas rir basta. O elenco é de primeira e a participação especial de Nicole Kidman é sem dúvida a cereja deste bolo! E ainda temos dois talentos mirins responsáveis por grandes momentos hilariantes do filme!

Dirty Dancing – Ritmo Quente

Clássico dos clássicos, não tem uma pessoa que não conheça a trilha e tenha o clímax do filme na cabeça. A dança é reproduzida por muitos e é trilha certeira de casamentos até hoje. Este tremendo sucesso dos anos 80 encantou a todos, principalmente às mocinhas que ansiavam entrar de férias, viajar e encontrar um Patrick Swayze no caminho! Se já viu, reveja. Se não viu, aguarde que ele logo mais será reprisado na Sessão da Tarde.

American Pie 2 – A Segunda Vez é Ainda Melhor

As aventuras dos desajustados nerds virgens são hilárias, mas a perfeita de todas elas para se assistir nas férias é o segundo filme, considerado pela maioria o melhor de toda a série. A busca pela farra e pelo sucesso com as mulheres continua em uma sequência ininterrupta de momentos constrangedores e engraçados, fazendo até o mais  descolado se sentir com vergonha alheia pelos personagens. Nada como uma casa na praia, amigos, bebidas e mulheres para tornar uma viagem inesquecível!

Vicky Cristina Barcelona

Que tal apimentar um pouco mais nossa lista com um romance de Woody Allen, que foge totalmente dos outros filmes da lista? Os últimos filmes do diretor focaram em viagens que resultaram em grandes auto descobertas, sejam elas sobre amor, sobre a vida, sobre o significado de família. Aqui, um simples final de semana em uma pequena cidade da Espanha muda todo o trajeto da vida dos personagens. Scarlett Johansson, Penélope Cruz, Javier Bardem e Rebecca Hall são os responsáveis por fazer você se apaixonar por este filme e esta “história de amor” um tanto instigante.

Diário de Uma Paixão

Em uma época em que Nicholas Sparks ainda era novidade, Diário de Uma Paixão marcava o início das inúmeras e incansáveis adaptações para as telas de livros melodramáticos. No entanto, este é realmente tocante e narra uma linda história de um amor dos anos 40. Você vai se encantar e desejar ter férias tão românticas quanto as retratadas aqui.

Juntos e Misturados

Por fim, o filme que leva a nossa imagem de capa do post, mais um de Adam Sandler, desta vez com a sempre fantástica Drew Barrimore. A química do casal protagonista nas comédias pastelões é infalível! Divirta-se com essas férias em um resort Africano, sem a pretensão de receber uma lição de moral ou trazer do filme algo que possa agregar para a vida. Ria à toa, divirta-se e curta a hilária participação de Terry Crewes.

.

ja_te_falei_indicações_cinema

estrelas_cine3 MINIONS  |  Direção: Brian Lynch – Com as vozes de Sandra Bullock e Michael Keaton (na versão dublada: Adriana Esteves e Vladimir Brichta)  – O filme sobre as criaturas fofinhas de Meu Malvado Favorito deixa a desejar em muitos aspectos. A história é fraca e só segura nos momentos em que apresentam os Minions em diferentes épocas da história do mundo. No fim, descobrimos que eles são fofos, mas não seguram um filme inteiro só deles.

 estrelas_cine1 JESSABELLE  |  Direção: Kevin Greutert – Com Sarah Snook, Mark Webber, Joelle Carter, David Andrews e Chris Ellis  – Péssimo, de mau gosto, apela para o nojento e com uma história bem batida de outros filmes. Merece apenas uma estrela pela sempre boa sacada dos rituais de vudu que ainda funcionam para assustar a platéia. Esse, de tão ruim que é, nem deveria estar sendo citado. Passem longe!

ja_te_falei_estreias_cinema

  • O Exterminador do Futuro: Gênesis
  • Belas e Perseguidas
  • Meu Passado Me Condena 2
  • Um Pouco de Caos
  • Os Olhos Amarelos dos Crocodilos
  • Meu Verão Na Provença
  • Kiriku, os Homens e as Mulheres

PRIMEIRO SEMESTRE 2015: O QUE TEVE DE BOM NO CINEMA

        Dá para acreditar que já chegamos na metade do ano? Pois é, 2015 passou voando e com toda a crise e tudo mais que aconteceu, muitos filmes bons passaram despercebidos. Mas as férias de Julho estão aí (para quem tem filhos e curte as férias junto com eles) e nada melhor do que este tempo para você se atualizar do que teve de melhor no cinema nesta primeira metade do ano.

       Por isso, o Já te Falei selecionou os 15 Melhores Filmes do primeiro semestre, sem ordem de preferência, nem sucesso…apenas 15 filmes incríveis e imperdíveis:

Mad Max – Estrada da Fúria

Fazemos questão de começar a lista com este que é o melhor filme de ação dos últimos tempos. Este novo Mad Max faz qualquer outro filme de ação parecer um conto de fadas Disney. Ação desenfreada do início ao fim, agrada inclusive os que não gostam do gênero! TÊM QUE VER!

Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros

Um dos filmes mais aguardados dos últimos 10 anos, a sequência do clássico Jurassic Park está detonando nas bilheterias, arrastando multidões para provar que este é o tipo de clássico que nunca sai de moda. A nova aventura dos dinossauros torna real os planos dos personagens do primeiro filme, mas também apresenta todas as consequências do sucesso no formato de um super filme de aventura!

Operação Big Hero

Os desenhos da Disney são sempre incríveis e este não poderia ser diferente. Supera toda e qualquer expectativa. Esta tocante história de fidelidade, irmandade, família e amizade vai fazer você se apaixonar, principalmente pelo fofo Baymax, robô protagonista desta aventura.

Whiplash – Em Busca da Perfeição

Logo no inicio do ano tivemos Whiplash, com um sucesso repentino e uma ótima classificação nas críticas. O filme é realmente incrível como todos falam, traz boas performances do elenco, assim como o vencedor do Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, JK Simmons.

Birdman (Ou A Inesperada Virtude da Ignorância)

O vencedor de Melhor Filme do Oscar deste ano é incrível e um prato cheio para amantes do cinema e do teatro. Há quem tenha odiado e quem tenha amado. Os bastidores de uma montagem teatral conflituosa nunca foi tão bem retratado quanto aqui. O elenco dá um show de interpretação, a estranheza das situações surpreendem e os planos-sequência elevam Birdman à excelência.

Invencível

Angelina Jolie está se dando bem na direção e com este seu novo filme acertou em cheio! O filme narra os acontecimentos trágicos da vida do atleta corredor Louis Zamperini no melhor modo filme-biográfico-dramático. Incrível e com doses exatas de emoções, o espectador desacredita de tanto azar que o retratado em questão sofre na vida.

Jogo da Imitação

Benedict Cumberbach não levou o Oscar de Melhor Ator, mas certamente deixou o público impressionado com sua incrível performance na pele de Alan Turing, o matemático responsável pela descoberta de muitos dos segredos e estratégias de ataque dos alemães. Intrigante, fantástico e emocionante.

Kingsman – Serviço Secreto

Uma das maiores surpresas do ano, é o tipo de filme que você acha que já sabe como vai ser e como vai acabar. Engana-se quem vai com esta ideia. O filme surpreende e revela-se um grandioso filme de ação, com cenas mirabolantes muito bem planejadas e uma história nova e diferente dos filmes nestes moldes. Imperdível!

Velozes e Furiosos 7

Velozes e Furiosos 7 é bom, podem confiar. A franquia se desgastou com capítulos mornos desmotivando o público com o fraco enredo e cenas absurdas. Porém, este último é o que há de melhor em todos os filmes. Muito bem dirigido, com a melhor trama da série e a reunião de TODOS os astros de todos os filmes anteriores. E ainda com o emocionante desfecho homenageando o finado Paul Walker, estrela da série falecido no ano passado.

Divertidamente

A sacada aqui é tão incrível que até os mais intelectuais e estudiosos da psicologia humana vão se apaixonar. Divertidamente é divertidamente incrível, surpreendente, apaixonante e vai te deixar extasiado com a sacada incrível dos detalhes da trama. Bem no estilo de um grande sucesso da Disney!

Terremoto – Falha de San Andreas

Assim como todo filme catástrofe, Terremoto acaba com uma boa parte dos EUA, mas não é mais do mesmo. Ao contrário de “2012” o filme não peca com as muitas subtramas comuns do gênero, focando no mesmo grupo de pessoas sempre, facilitando a aproximação e torcida da plateia pelos personagens, além de tratar de um possível problema real – a falha de San Andreas. Tudo isso comandado pelo astros dos novos filmes de aventura Dwayne Johnson. Efeitos especiais incríveis enchem os olhos do público.

A Espiã que Sabia de Menos

O cinema estava fraco de boas comédias e por isso desgastou o público, mas para quem curte o gênero pode escolher este sem medo, pois a diversão e a gargalhada são garantidas. Melissa McCarthy é a nova sensação do cinema e entrega o máximo de sua veia cômica ao lado de Jude Law, Jason Statham e Rose Burne nesta divertida aventura atrapalhada.

A Teoria de Tudo

Eddie Redmayne é o ator vencedor do Oscar e recebeu o prêmio por este belíssimo filme, que conta a real história de luta e conquistas do gênio Stephen Hawking, paralisado há muitos anos pela Esclerose Lateral Amiotrófica (conhecida como ELA, a doença que gerou o tumulto com os vídeos do balde de gelo). Prepare o lenço, pois a emoção aqui é elevada a um grau inimaginável. Tocante, emocionante…BRILHANTE!

Sniper Americano

Bradley Cooper e Clint Eastwood entregam o FANTÁSTICO Sniper Americano. Este drama biográfico apresenta momentos tensos que deixam a platéia aflita e emocionada. Mais um na lista de indicados ao Oscar deste ano que passou e que não pode deixar passar em branco!

Vingadores – A Era de Ultron

Um dos mais grandiosos filmes de super-heróis, este segundo capítulo da reunião de heróis da Marvel agradou multidões e havia quebrado muitos recordes, até a chegada de Jurassic Park. Apesar de incrível, o filme não sustenta a incrível empolgação vivenciada no primeiro filme. Vale pelos incríveis efeitos, detalhes e easter eggs próprios para fãs do gênero e pela interpretação dos atores, que conseguem mesclar a aventura com um ótimo tom de comédia geek.


 

              Assim como bons filmes, esta primeira metade teve outros bem ruins. Alguns mornos e outros deploráveis. Para passar longe: Cinquenta Tons de Cinza, O Destino de Júpter, Bob Esponja: Um Herói Fora D´Água, Renascida do Inferno, A Casa dos Mortos, SuperPai, Os Caras de Pau, entre outros. Não se engane com trailers incríveis e lindos cartazes. Mas se tiver dúvida e interesse em ver algum, assista e tire suas próprias conclusões. Pode ter certeza que em algum momento vai gostar de algum que não esperava e detestar outros que imaginava ser incrível! O importante é assistir e se divertir!

 

ja_te_falei_indicações_cinema

estrelas_cine5 DIVERTIDAMENTE |  Direção: Peter Docter – Com as vozes de Dani Calabresa, Miá Mello, Leo Jaime e Katiuscia Canoro   – Tão lindinho, tão fofo e absurdamente surpreendente. Os adultos vão pirar junto com as crianças e mergulhar na linda história sobre o funcionamento da mente de uma criança. MARAVILHOSO!

ja_te_falei_estreias_cinema

  • DivertidamenteMinions
  • O Gorila
  • Virando a Página
  • Rainha e País
  • Muitos Homens Em Um Só
  • Jauja

GRANDES ATORES: MORGAN FREEMAN

Quando falamos em grandes performances, grandes atores, quais deles vêm direto à sua mente?

Sua voz grave e inconfundível está presente em aberturas e narrações de filmes como Guerra dos Mundos, Conan – O Bárbaro, O Sol Voltará a Brilhar e de muitos documentários. É sempre requisitado por grandes produções e seu currículo é recheado de filmes de muito sucesso em parceria com grandes diretores.

Ele já foi Deus, Presidente, Engenheiro, Veterinário, Treinador, Professor, Delegado, Mágico, entre tantos outros. Que profissão permite ser tantas pessoas diferentes durante a vida? E mesmo assim, qual ator tem a oportunidade de viver tantos papéis incríveis durante sua carreira?

Senhoras e senhores, com vocês… MORGAN FREEMAN!

Sobre:

Nome: Morgan Porterfield Freeman Jr.
Idade: 78 anos
Altura: 1,88 m
Nascimento: 1 de Junho de 1937
Local de Nascimento: Memphis – Tennessee – EUA
Profissão: Ator, Dublador, Narrador, Produtor e Diretor
Profissão Anterior: Mecânico
Estado Civil: Divorciado
Filhos: Alphonse, Saifoulaye, Morgana e Deena
Formação Acadêmica: Artes Dramáticas, Los Angeles

Desde criança, Morgan Freeman tinha um sonho de ser piloto de aviões e chegou a trabalhar na Força Aérea Americana, mas como mecânico. Seu desejos de ser piloto foram adiados por conta de sua carreira no mundo artístico. Só recentemente tirou seu brevê.

Curiosamente, Freeman quase nunca é o protagonista dos filmes em que atua. Sempre garante bons papéis, mas na maioria das vezes, secundários. Além do mais, nunca havia dado um beijo em cena até roubar um beijo de Reneé Zellwegger em A Enfermeira Betty. No entanto, é o ator mais cotado em todos os filmes que tem grandes papéis para negros, sempre o primeiro a ser chamado para este perfil e serve de inspiração para muitos roteiristas escreverem papéis exclusivos para ele.

Todo o sucesso fez Morgan ter o privilégio de “prever” em cena um acontecimento futuro. Muito antes de Barack Obama se tornar presidente dos EUA, o ator viveu o primeiro presidente negro dos EUA no filme Impacto Profundo, em 1998.

Morgan Freeman como o Presidente Beck avisando a população da catástrofe global que está prester a acontecer.
Morgan Freeman como o Presidente Beck avisando a população da catástrofe global que está prester a acontecer.


SUCESSO ATRASADO

Com um currículo invejável com inúmeros títulos, em sua filmografia percebe-se a variedade e quantidade de trabalhos no cinema. Curiosamente, sua carreira começou um tanto atrasado. Morgan só fez sucesso e emplacou em 1980, quando já tinha 43 anos. Na última década, aparecia em torno de 5 a 9 filmes por ano.

BROADWAY STAR
No início de sua carreira, o ator estrelou uma super produção da Broadway, uma versão totalmente negra do musical Hello Dolly. Apesar de não colecionar muitos títulos no teatro, vez ou outra o ator dá as caras nos palcos.

GARANTIA DE SUCESSO
Em 2003 teve o privilégio de interpretar ninguém menos que Deus na comédia Todo Poderoso, ao lado de Jim Carrey. Este filme foi responsável por eternizar seu sucesso, e após ele, nenhum trabalho do ator fracassou nas bilheterias

POLÊMICAS À PARTE
Muito reservado no quesito vida pessoal, Morgan não conseguiu esconder um polêmico capítulo de sua vida que envolve um romance com sua “neta”. A garota em questão, muitos anos mais nova que Freeman é neta de sua primeira esposa. Como não tinha parentesco de sangue com a moça, teve um breve romance e acabou sendo exposto pela ex-esposa.

Ao lado de Jim Carrey, Morgan Freeman vive Deus na comédia "Todo Poderoso".
Ao lado de Jim Carrey, Morgan Freeman vive Deus na comédia “Todo Poderoso”.

Filmografia Completa:

2016      Ben-Hur
2016      Truque de Mestre 2
2015      Invasão a Londres
2015      Ted 2
2015      Warbirds
2014      5 Flights Up
2014      Last Knights
2014      The Last Full Measure
2014      Ilha dos Lêmures – Madagascar
2014      Lucy
2014      Transcendence – A Revolução
2014      Uma Aventura Lego
2014      Winter, o Golfinho 2
2013      Invasão a Casa Branca
2013      Oblivion
2013      Truque de Mestre
2013      Última Viagem a Vegas
2012      Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge
2012      O Reencontro
2011      Conan, o Bárbaro
2011      Livres por Natureza
2011      Quebrando o Tabu
2011      Winter, o Golfinho
2010      RED – Aposentados e Perigosos
2009      Invictus
2009      Jogo Entre Ladrões
2009      Um Crime Nada Perfeito
2008      Batman – O Cavaleiro das Trevas
2008      O Procurado
2007      A Volta do Todo Poderoso
2007      Antes de Partir
2007      Banquete do Amor
2007      Medo da Verdade
2006      O Contrato
2006      Um Astro em Minha Vida
2006      Xeque-Mate
2005      Batman Begins
2005      Cão de Briga
2005      Guerra dos Mundos
2005      Um Lugar para Recomeçar
2004      A Marcha dos Pingüins
2004      Edison – Poder e Corrupção
2004      Menina de Ouro
2004      O Golpe
2003      O 5º Passo
2003      Todo Poderoso
2003      Vítimas Inocentes
2002      A Soma de Todos os Medos
2002      Crimes em Primeiro Grau
2002      O Apanhador de Sonhos
2000      A Enfermeira Betty
2000      Na Teia da Aranha
2000      Sob Suspeita
1997      Amistad
1997      Beijos Que Matam
1997      Impacto Profundo
1997      O Longo Caminho para Casa
1997      Tempestade
1996      Reação em Cadeia
1995      Epidemia
1995      Seven – Os Sete Crimes Capitais
1994      Um Sonho de Liberdade
1992      O Poder de um Jovem
1992      Os Imperdoáveis
1991      Robin Hood – O Príncipe dos Ladrões
1990      A Fogueira das Vaidades
1989      Conduzindo Miss Daisy
1989      Meu Mestre, Minha Vida
1989      Tempo de Glória
1989      Um Rosto Sem Passado
1988      Marcas de um passado
1987      Luta pela Vida
1985      Além da Imaginação
1984      Meu Pai, Eterno Amigo
1981      Testemunha Fatal
1980      Brubaker
A seguir, confira 10 trailers dos momentos de Morgan Freeman em sucessos do cinema:
Menina de Ouro:

Batman Begins:

Conduzindo Miss Daisy:

Invictus:

Todo Poderoso:

Impacto Profundo:

Antes de Partir:

Red – Aposentados e Perigosos:

Se7en – Os Sete Crimes Capitais:

Tempo de Glória:

ja_te_falei_indicações_cinema

estrelas_cine5 JURASSIC WORLD – O MUNDO DOS DINOSSAUROS |  Direção: Colin Trevorrow – Com Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Omar Sy, Judy Greer e Vincent D´Onofrio   – Incrível, emocionante, eletrizante, assustador, maravilhoso, bem realizado. Faltam adjetivos para classificar este que com certeza é um dos melhores filmes do ano, além de ser o segundo melhor filme da série (só perde para o original). RECOMENDADÍSSIMO!

ja_te_falei_estreias_cinema

  • Divertidamente
  • Jessabelle – O Passado Nunca Morre
  • Lugares Escuros
  • Enquantos Somos Jovens
  • Minha Querida Dama
  • Cobain
  • DragonBall Z
  • O Cidadão do Ano

JURASSIC PARK E O SEGREDO DO SUCESSO

Há exatos 22 anos, nascia um mito, um filme que contribuiria com um gigante passo no avanço tecnológico do cinema. Jurassic Park chegou aos cinemas exatamente no dia 11 de Junho de 1993 e arrebatou plateias do mundo, tornando-se um fenômeno imediato. Ao todo são quatro filmes, inúmeras HQ´s inspiradas na história e muitos games com a ambientação dos filmes. A marca Jurassic Park foi uma das mais lucrativas da história do entretenimento mundial.

Clássica cena de Jurassic Park, onde os protagonistas entram pela primeira vez no parque afim de ver os dinossauros.
Clássica cena de Jurassic Park, onde os protagonistas entram pela primeira vez no parque afim de ver os dinossauros.

À frente desta franquia milionária está ninguém menos que Steven Spielberg, mestre do cinema, responsável por clássicos como ET – O Extraterrestre, Tubarão, A Lista de Schindler, Guerra dos Mundos, Indiana Jones, entre outros sucessos estrondosos. Visionário, Spielberg sempre leva o cinema a um degrau acima de tudo o que já havia sido realizado antes. E foi exatamente assim que Jurassic Park foi recebido pela plateia: um marco na história do cinema. A mistura de animatronic com efeitos especiais deu tão certo, que até hoje em filmes como utilizam este

O diretor Steven Pielberg posa ao lado de um animatronic utilizado nas gravações do primeiro filme em 1993.
O diretor Steven Pielberg posa ao lado de um animatronic utilizado nas gravações do primeiro filme em 1993.

Após o sucesso incrível do primeiro filme, quatro anos mais tarde, em 1997, a continuação O Mundo Perdido – Jurassic Park deu as caras com um filme morno mas com a mesma qualidade técnica de seu antecessor. Mesmo com o massacre das críticas, Spielberg insistiu e desenvolveu Jurassic Park 3 em 2001, desta vez abandonando o posto de diretor, ficando apenas como produtor. Desde então, especulações, negociações e conversas sobre um possível quarto filme sempre rolavam, mas nunca se concretizavam. Até agora.

Julianne Moore à frente do elenco de "O Mundo Perdido - Jurassic Park", em 1997.
Julianne Moore à frente do elenco de “O Mundo Perdido – Jurassic Park”, em 1997.

Ontem chegou aos cinemas brasileiros JURASSIC WORLD – O MUNDO DOS DINOSSAUROS. após um intervalo de catorze anos entre o terceiro e quarto filme. O “vai-não-vai” em torno da produção gerou muita expectativa para os fãs e apreciadores da franquia, transformando-o em um dos filmes mais aguardados da última década. te Falei que já assistimos a estreia ontem?

Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros começa nos dias atuais e o que vemos é uma Ilha Nublar totalmente reformulada com um parque gigantesco e muitas espécies novas criadas através da mistura de genes de diversos animais. O perigo está em todo lugar e o que os visitantes esperam é sempre novas surpresas. A equipe de cientistas do parque acabaram de desenvolver uma fera enorme com os mais diversos DNAs dos animais mais espertos e evoluídos da Terra, afim de apresentar um “Dinossauro” com a mais alta capacidade instintiva e perceptiva já existente em um animal. E é exatamente este monstro que coloca tudo em risco, inclusive a vida dos vinte mil visitantes diários do parque.

Um dos momentos mais incríveis de Jurassic World, quando os visitantes assistem a uma "apresentação" do enorme dinossauro aquático.
Um dos momentos mais incríveis de Jurassic World, quando os visitantes assistem a uma “apresentação” do enorme dinossauro aquático.

O filme é eletrizante e você vai ser pego na sua cadeira e transportado para dentro da ação. O uso do 3D está incrível, bem utilizado e faz de Jurassic World a melhor pedida para um cineminha neste final de semana. Dinossauros aquáticos, criaturas monstruosas, efeitos de som e imagem espetaculares e um elenco afinadíssimo são algumas das inúmeras qualidades apresentadas no filme. Para quem ainda não assistiu o filme, vamos relembrar um pouco sobre as produções anteriores e saber um pouco mais deste universo através das curiosidades da produção.

Os Filmes:

jurassic_park_cartazJURASSIC PARK – PARQUE DOS DINOSSAUROS

(Jurassic Park, EUA, 1993)
Direção: Steven Spielberg
Elenco: Sam Neil, Laura Sern, Samuel L. Jackson, Jeff Goldblum e Richard Attenborough
Sinopse: Um velho empresário rico decide recriar dinossauros clonados a partir do DNA de insetos pré-históricos afim de abrir um parque para visitação turística com todos esses animais. Para consultoria, contrata o paleontólogo Dr. Grant e a Dra. Ellie para

jurassic_park_mundo_perdido_cartazO MUNDO PERDIDO – JURASSIC PARK

(The Lost World – Jurassic Park, EUA, 1997)
Direção: Steven Spielberg
Elenco: Julianne Moore, Jeff Goldblum, Vince Vaugh e Richard Attenborough
Sinopse: Quatro anos após o fechamento oficial do projeto do parque, o empresario John Hammond decide colocar uma equipe de busca na Ilha Sorna, local onde criavam os dinossauros, afim de descobrir a situação do lugar para tentar novamente desenvolver o tão sonhado projeto.

jurassic_park_3_cartazJURASSIC PARK 3

(Jurassic Park 3, EUA, 2001)
Direção: Joe Johnston
Elenco: Sam Neil, Téa Leoni, William H. Macy, Trevor Morgan e Alessandro Nivola
Sinopse: Após o garoto Eric desaparecer na Ilha Sorna depois de um passeio aéreo, seus pais armam uma cilada para o Dr. Alan Grant ir em busca do garoto junto com eles na expedição. Mas ao chegar na ilha já são recepcionados pelos gigantes e ferozes animais que estão soltos desde os desastres do filmes anteriores.

jurassic_park_mundo_dos_dinossauros_cartazJURASSIC WORLD – O MUNDO DOS DINOSSAUROS

(Jurassic World, EUA, 2015)
Direção: Colin Trevorrow
Elenco: Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Vincent D´Onofrio, Omar Sy e Judy Greer
Sinopse: Vinte e dois anos após os acontecimentos do primeiro filme, o parque é enfim aberto e faz um sucesso estrondoso com novas criaturas desenvolvidas através da combinação de DNA de diversos animais. Porém, ao desenvolver um novo animal com características brutais, a situação sai do controle e o animal torna-se uma grande ameaça para a segurança dos visitantes.

15 Curiosidades Sobre a
Franquia Jurassic Park:

1 – O primeiro filme foi baseado em um livro do mesmo nome, escrito por Michael Crichton em 1989, relançado no Brasil pela Editora Aleph.

2 – O sucesso do primeiro filme foi tão grande, que Spielberg e os produtores da Universal Pictures praticamente forçaram o autor do livro a escrever uma continuação. O resultado do filme agradou tanto que o autor se convenceu e escreveu o segundo episódio, O Mundo Perdido.

3 – Jurassic Park era para ter sido feito em 1989, logo após o lançamento do livro, mas Spielberg e o autor dos livros Michael Crichton estavam ocupados roteirizando juntos a série ER – Plantão Médico.

4 – O primeiro Jurassic Park chegou a ser o filme número 1 de bilheteria do mundo todo, até ser vencido por Titanic, em 1997.

5 – Por conta do início das gravações de A Lista de Schindler, Steven Spielberg entregou a pós-produção do filme nas divinas mãos de George Lucas, que com sua empresa Industrial Light and Magic criou todos os efeitos especiais do filme. Com o resultado altamente satisfatório, George Lucas decidiu que já estava pronto para retomar a saga Star Wars e começou a planejar e produzir o Episódio I – A Ameaça Fantasma.

6 – De 127 minutos do primeiro filme, os planos em que aparecem os dinossauros ocupam apenas 15 minutos do filme todo, sendo que os dinossauros criados por computador estão em 6 minutos e os bonecos mecânicos em 9.

7 – Afim de buscar um realismo absurdo, Spielberg investiu pesado no som e junto com a marca Dolby desenvolveu o até então novo sistema DTS (Digital Theater Systems), exclusivo para o filme.

8 – Para dar o tom real de um copo quebrando com o som do dinossauro, o departamento de efeitos sonoros utilizaram uma nota agudíssima de uma guitarra e conseguiram assim quebrar o copo de maneira natural.

9 – Antes de Spielberg e a Universal Pictures realizarem o filme, o projeto passou nas mãos de diretores como Tim Burton e James Cameron, além de os direitos terem sido disputados pela Warner Bros e 20th Century Fox.

10 – Sean Connery, Jodie Foster, Jim Carrey, Gwyneth Paltrow, Helen Hunt, Michelle Pfeiffer, Sigourney Weaver, Christina Ricci foram alguns dos atores testados para os papéis protagonistas, mas não obtiveram sucesso nos testes. No entanto, Harrison Ford havia sido convidado para protagonizar o filme e recusou mesmo sem ter lido o roteiro.

11 A atriz Ariana Richards, que interpreta Lex no primeiro e segundo filme gostou tanto da experiência com o assunto que dedicou-se ao estudo pré-histórico, colaborando com o arqueólogo e consultor técnico do filme Jack Horner em uma escavação verdadeira logo após a estreia do filme.

12 Os gritos das crianças na clássica cena do carro no primeiro filme foram reais. Tudo por conta de uma falha mecânica no animatronic, que com todo o seu peso, quebrou o teto do carro durante a cena assustando-os.

13 Apesar de o terceiro e quarto filme não serem dirigidos por Spielberg, os diretores foram escolhidos a dedo por ele mesmo, sendo que Joe Johnston já havia pedido para dirigir o segundo filme.

14 – Em todos os filmes, as ilhas Nublar e Sorna são recriadas através de gravações feitas na ilha Kauai, do Havaí.

15 – Apesar de incrivelmente real, o desenvolvimento e criação de dinossauros é impossível aos olhos científicos, mesmo com toda a tecnologia de hoje. Tudo isso porque o DNA fossilizado não resistiria aos 65 milhões de anos desde a extinção dos animais.


 

Em uma certa cena do novo filme, a personagem de Bryce Dallas Howard questiona o interesse do tema com a fala: “Quem ainda se interessa por dinossauros?”. Bom, a resposta para esta frase está nas longas filas do cinema, sessões lotadas nas muitas salas que exibem o longa. Você que curtia as inúmeras Sessões da Tarde com os filmes do Jurassic Park não pode deixar de ver Jurassic World. Não há uma pessoa que não tenha se impressionado com os filmes e que não se diverte enquanto os assiste. Corre pro cinema! o parque está aberto!

TRAILER – Jurassic World

 

ja_te_falei_indicações_cinema

estrelas_cine5 JURASSIC WORLD – O MUNDO DOS DINOSSAUROS |  Direção: Colin Trevorrow – Com Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Omar Sy, Judy Greer e Vincent D´Onofrio   – Incrível, emocionante, eletrizante, assustador, maravilhoso, bem realizado. Faltam adjetivos para classificar este que com certeza é um dos melhores filmes do ano, além de ser o segundo melhor filme da série (só perde para o original). RECOMENDADÍSSIMO! 

estrelas_cine3 QUALQUER GATO VIRA-LATA 2  |  Direção: Roberto Santucci – Com Cléo Pires, Malvino Salvador, Dudu Azevedo, Rita Guedes e Stella Miranda  – O segundo capítulo da comédia nacional agrada e diverte o público acertando nos momentos de comédia. No entanto, a comédia cai no clichê do “romancezinho-que-dá-certo-no-final”, que me obriga a tirar duas estrelas.

ja_te_falei_estreias_cinema

  • Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros
  • Sob o Mesmo Céu
  • Deixa Rolar
  • A Lição
  • Quase Samba
  • Retornando à Itaca