QUE HORAS ELA VOLTA?

O cinema nacional popular se resume a dois formatos: comédias produzidas pela Rede Globo, financiadas através de leis de incentivo à cultura, apoiadas por grandes empresas e sem a ambição de circular pelo mundo; e filmes com o tradicional apelo da desigualdade social, que também produzidos pela Rede Globo, com as mesmas leis de incentivo e patrocínios, mas com ambição de chegar a mais territórios.

Não estou dizendo DE MANEIRA NENHUMA que isso é ruim, até porque eu mesmo adoro MUITOS deles, como “Carandiru”, “Tropa de Elite”, “De Pernas Pro Ar”, “Minha Mãe é uma Peça”, “Confissões de Adolescente”, entre outros – que se fosse citar todos os meus preferidos, o post seria imenso. O que penso sobre isso é que filmes com um apelo diferenciado ou produzidos de uma maneira independente perdem espaço nas salas e acabam passando despercebidos. É o caso de QUE HORAS ELA VOLTA?, recente produção nacional dirigida por Anna Muylaert e estrelada pela apresentadora Regina Casé, que para conseguir estrear no próprio país, precisou passar por festivais no mundo inteiro, onde recebeu muitos prêmios e destacou-se nas críticas positivas.

cartazes_países_que_horas_ela_volta
Cartazes da produção ao longo do mundo. (Fonte: Divulgação/GloboFilmes)

.
QUE HORAS ELA VOLTA? estreou no Brasil em 27 de Agosto de 2015 e narra a história de Val, uma pernambucana que se muda para São Paulo para trabalhar como babá e empregada doméstica de uma família e enviar dinheiro para a filha Jéssica. Porém, treze anos mais tarde, Jéssica muda-se para São Paulo para prestar vestibular e passa a morar com a mãe, na casa dos patrões, mas não admite o modo de vida que a mãe leva e “ultrapassa” os limites impostos pelos patrões.

“Quando eles oferecem alguma coisa deles, é por educação; eles sabem que vamos dizer ‘não’.”

Ao citar Regina Casé acima, risco a palavra “apresentadora” porque é o que esse filme vai fazer com você em relação à Regina. Depois desta maravilhosa obra do cinema, a função de apresentadora – que na minha opinião é muito ruim – é COMPLETAMENTE esquecida e uma nova Regina surge. Imponente, talentosa e um GRANDE atriz. Não é à toa que Regina recebeu o prêmio de Melhor Atriz pelo Festival Sundance e muitos outros prêmios, junto com os que a produção no geral conquistou. Continuando a falar do elenco, temos a patroa interpretada por Karine Teles – talentosíssima – e que recentemente fez uma ponta no início da novela “A Regra do Jogo”; Michel Joelsas, o filho da patroa, que revela uma gostosa química com Regina; Lourenço Mutarelli, o pai passivo e com comportamento estranho perante Jéssica e por fim – com maior destaque que os demais – temos a filha Jéssica, vivida por Camila Márdila, novata para o grande público e que triunfa com Regina nos postos de grandes atrizes.

Camila Márdila e Regina Casé como Jéssica e Val respectivamente, em cena de QUE HORAS ELA VOLTA?
Camila Márdila e Regina Casé como Jéssica e Val respectivamente, em cena de QUE HORAS ELA VOLTA?

>
As situações apresentadas no filme são intensas e reais, vividas todos os dias por empregadas domésticas do país inteiro. Qualquer opinião ou citação sobre minha percepção da história não vale perante à dos outros. Esse é o diferencial do filme. A divisão de opiniões do público e sua própria durante a exibição: quem está certo? A filha que impõe novos padrões afim de mudar a vida da mãe ou a patroa, que se sente invadida dentro de sua própria casa?

Para quem ainda não assistiu, o filme está em cartaz em alguns cinemas, mas será exibido pela Rede Globo na segunda-feira dia 11 de Janeiro às 23h00, logo após a série “Ligações Perigosas”.

Fotos e cartazes: Divulgação/Globo Filmes

Anúncios

Comente este Post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s