Maternidade

parto_apos_bariatrica4

parto_apos_bariatrica

Há um mês me tornei mãe.

No momento que a Maria Eugênia nasceu, senti que nasceu também uma mãe, um pai, uma tia…. Todos renascemos de alguma maneira com ela…  Esse é o milagre da vida que se renova a cada nascimento na família.

Durante os nove meses de gestação senti muita emoção ao ver a barriga crescendo e a cada ultrassom… E a cada ultrassom podia sentir o amor no olhar do maridão que me acompanhou em todos ultrassons e todas as consultas.

Não sou de dar discursos de o que é bom pra mim também é bom pra você… Porque nem sempre é… Cada um sabe sobre sua vida… Mas, posso dividir com vocês a minha experiência de um mês de maternidade.

As noites e os dias são mais cansativos porque tem um ser que depende única e exclusivamente de você. Não é nada assustador, como eu já disse nasce uma mãe e um pai junto. Eu e maridão damos conta tranquilamente dela, das nossas vidas, do nosso trabalho e inclusive da casa. Sem nenhum stress.

Acostume-se com a noite ser picada, porque tem que acordar para mamar… Mas é maravilhoso acordar para dar de mamar!

É mais um amor na sua vida. Mais um tipo de amor nas suas diversas formas. Amar o marido é diferente, amar irmão é diferente, e amar um filho também é diferente.

Uma emoção que eu queria poder descrever… Muito amor envolvido em toda essa situação… Entre eu, meu marido a Maria Eugênia e de todos que de alguma forma participaram dessa nossa jornada…

Agora entendi que quando o amor de duas pessoas não cabe mais no peito, nasce uma nova vida!

Anúncios

Comente este Post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s