Prefeitura de SP promove licitação bilionária para sistema de ônibus sem ouvir a sociedade

Edital da maior licitação de transportes da América Latina, com custo estimado de R$ 140 bilhões, tem mais de 5.000 páginas e apenas 30 dias para manifestações da sociedade. Seriam precisas 8 horas ininterruptas durante os 22 dias úteis do prazo de consulta pública, lendo uma página a cada 2 minutos, para dar conta do volume de informação. Organizações da sociedade civil cobram extensão do prazo.

Greenpeace, IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), IEMA (Instituto Energia e Meio Ambiente) e Rede Nossa São Paulo protocolaram hoje pela manhã uma carta junto ao governo municipal de São Paulo demandando a prorrogação do prazo de consulta pública do edital da licitação de transportes e a realização de audiências públicas descentralizadas sobre o tema. A intenção das organizações é garantir a efetiva participação da sociedade no processo que definirá os moldes do transporte por ônibus na capital por pelo menos 20 anos.

Os editais de licitação foram publicados pela Prefeitura no dia 09/07/15 e referem-se a três grandes blocos do sistema de transporte: articulação, distribuição e estrutural. Estima-se que o conjunto de editais seja responsável pelo deslocamento de 10 milhões de passageiros por dia em quase 13 mil ônibus. A licitação estava prevista para acontecer em 2013, mas foi adiada após as manifestações de junho daquele ano, referentes justamente ao aumento das tarifas de transporte.

“Entendemos que essa licitação oferece oportunidades de longo prazo para transformação da cidade e do nosso modelo de mobilidade para que seja mais justo, saudável e sustentável, e também melhor para os usuários”, diz Renata Amaral, do Idec. “Entretanto, não é aceitável que o processo seja feito assim às pressas, sem uma consulta ampla e efetiva com a maior parte interessada neste tema: a população”.

Pelo cálculo das organizações, trabalhando 8 horas ininterruptas durante os 22 dias úteis do prazo de consulta pública, seria preciso ler uma página a cada 2 minutos para dar conta do volume de informação constante no edital. “Temos o potencial de começar a construção da São Paulo que desejamos, com uma rede de transportes limpa, eficiente e de qualidade, que respeite os usuários e reduza o tempo de viagem, levando centenas de milhares de pessoas a optar por deixar seus carros em casa e promovendo uma cidade mais humana. Mas pra isso a sociedade tem que ser ouvida”, afirmou Vitor Leal, do Greenpeace.

Em entrevista no início desta semana, o prefeito Fernando Haddad afirmou que as medidas adotadas por sua gestão são extensamente debatidas e que a mídia, por outro lado, não estabelece a discussão de maneira democrática. “Também somos a favor de uma discussão democrática sobre as questões fundamentais da cidade. Por isto mesmo, demandamos a ampliação no prazo e realização de audiências públicas”, complementa Vitor.

“Se a intenção é realmente receber contribuições e agir com transparência sobre esse tema-chave, será preciso muito mais do que 30 dias”, arremata Renata Amaral.

As organizações aguardam o posicionamento da Secretaria Municipal de Transportes, onde a carta foi protocolada. O prazo para a consulta pública, até o momento, se encerra na segunda-feira, 10 de agosto. Amanhã, 7 de agosto, a Frente Parlamentar pela Sustentabilidade promove reunião extraordinária para discutir a licitação de transportes, das 11h às 13h, na Sala Sérgio Vieira de Mello, na Câmara Municipal de São Paulo.

Mais Informação:

Vitor Leal – Coordenador Campanha Clima & Energia do Greenpeace Brasil – Cel: (11) 97118-9597
Renata Amaral – Pesquisadora de Consumo Sustentável do IDEC – Cel: (11) 98427-3895

Publicado por: Thiago Marta de Oliveira

Thiago Marta de Oliveira

Previdência Privada: Imposto de Renda

Ir PrevidenciaExistem duas opções de Imposto de Renda para a Previdência Privada. São elas:

Tributação progressiva compensável

Nessa tributação, independente do momento do resgate ou recebimento de renda  será cobrada a alíquota de 15% retida na fonte. Essa alíquota pode ser ajustada para mais ou para menos de acordo com o seu IRPF (Imposto de Renda Pessoa Fisica).

De acordo com o seu total de renda declarada, você saberá se além dos 15% já pago terá que pagar mais, não terá que pagar ou se vai restituir o que já pagou.

Tabela dedução do IR até 64 anos:

Base de cálculo Mensal em R$ Alíquota
Até 1.787,77
De 1.787,78 até 2.679,29 7,5%
De 2.679,30 até 3.572,43 15%
De 3.572,44 até 4.463,81                 22,5%
Acima de 4.463,82             27,5%

Tabela dedução do IR acima de 64 anos:

Base de cálculo Mensal em R$ Alíquota
Até 3.575,54
De 3.575,55 até 4.467,06 7,5%
De 4.467,07 até 5.360,20 15%
De 5.360,21 até 6.251,58                 22,5%
Acima de 6.251,59             27,5%

A compensação de imposto vai acontecer de acordo com a renda que você declarou no ano que você fez o resgate.

Exemplo dessa compensação: você tem 40 anos e o total da renda mês que você declara é de R$ 4.000,00, esse valor te enquadra na faixa de IR de 22,5%, logo, se você fez um resgate e já pagou 15% de IR retido na fonte, terá ainda que pagar a diferença, 7,5%.

Nota: O rendimento da previdência no ano que você fez o resgate ou transformou em renda, deverá ser contabilizado também como renda para efeito dessa dedução.

Tributação regressiva definitiva

Nessa tributação é levado em consideração apenas o tempo que o valor ficou aplicado e o IR é retido na fonte. Segue tabela:

Tempo da aplicação Alíquota
0 a 2 anos 35%
2 a 4 anos 30%
4 a 6 anos 25%
6 a 8 anos 20%
8 a 10 anos 15%
Acima de 10 anos 10%

Você opta pelo regime de tributação no ato da contratação. Escolher a tributação do seu plano de previdência é uma tarefa muito importante. Para efeito de IR, enquanto a tributação compensável progressiva leva em consideração a sua renda a tributação definitiva regressiva leva em consideração apenas o tempo de aplicação.

Espero ter ajudado.

Até a próxima quinta.

 

Museu de Imagens – Lunch Atop Skyscraper

Uma das fotografias mais icônicas já registradas, mostra um grupo de trabalhadores no topo do Rockefeller Center ainda em construção com a Nova York dos anos 30. O site “Museu de Imagens” nos conta a história dessa obra prima do fotógrafo Charles Ebbets, por Talita Lopes Cavalcante. Clique no link abaixo, vale conferir essa e todas as outras matérias do site!

Os 11 Trabalhadores do Rockefeller Center – Museu de Imagens

Por Charles Ebbets

 

lamentável morte de Içami Tiba

icami-tiba-psiquiatra-educador-e-colunista-do-uol-educacao-1327017771368_300x300

Esta semana eu não poderia deixar de falar sobre essa perda!

Eu era, ou melhor sempre vou continuar sendo super fã do Içami Tiba e fiquei muito triste com sua morte.

Na verdade ele era médico psiquiatra, e atuou muito com o psicodrama, sendo professor de Psicodrama de Adolescentes no ‘Instituto ‘Sedes Sapientiae’; primeiro presidente da ‘Federação Brasileira de Psicodrama’ (1977 a 1978); e membro diretor da ‘Associação Internacional de Psicoterapia de Grupo’ (1997 a 2006).

Ele consegui cativar diferente públicos com todas suas obras desde pais, filhos, educadores, psicólogos, psiquiatras e psicopedagogos.

Ele semeou muita coisa boa na educação, deixou bons conselhos e reflexões por onde passou…

Autor de 29 livros com mais de 4 milhões de exemplares vendidos.

Entre as publicações mais famosas estão “Quem Ama, Educa!”, “Adolescentes: Quem Ama Educa!” e “Homem Cobra Mulher Polvo”.

Com certeza seus ensinamentos irão fazer muita falta… Mas muitos deles também estarão eternizados em seus livros.

DICA DO CHEFE: PARIS 6 E PIOLA!

Para vocês que moram em São Paulo não podem deixar de ir nesses restaurantes e ir experimentar alguns dos deliciosos pratos que esses estabelecimentos servem.

Um pouquinho sobre eles…

Paris6

Paris 6 – O bistrô e café Paris 6 traz para São Paulo o típico bistrô parisiense. Tem um cardápio temático com nomes de artistas super conhecidos no meio e a sua decoração é muito acolhedora, o restaurante é ideal para curtir com os amigos e a família. No Paris 6, porções como as saucisses de veau a la ancienne, que são as Crème_Bruléesalsishas de vitela com molho de mostarda em grãos ou então um belo risoto de manjericão e tomate, são ótimas opções de escolha. E para completar o cardápio outras opções saborosas são as omeletes, crepes, quiches e uma ótima opção de sobremesa é o crème brulée.

Dica: Se for optar em ir ao Paris 6, vá com tempo e paciência, pois as filas são enormes e são feitas por ordem de chegada.

Piola

Piola – Na Piola, a tradição italiana de alimentos simples e saborosos casam com uma atenção particular dirigida as cliente moderno e exigente. Na Piola, pessoas de diferentes classes sociais, profissões e estilos de vida diferentes se encontram no mesmo lugar. A cozinha é completamente italiana: saudável e simples, muito gostosa e respeita as características que fizeram famosa a dieta mediterrânea em todo o mundo. Tem um ambiente muito dinâmico e super acolhedor, a unidade dos Jardins oferece a você sua protagonista: Risoto_frango_allimonepizza, fininha e rigorosamente assada ao forno a lenha. Os sabores vão do clássico ao original, como a Moderna tomate fresco, rúcula e granformaggio, Burrata que vai queijo de búfala extra cremoso, abrobrinhas, burrata e presunto cru italiano. A casa também oferece outros pratos como o risoto de limão siciliano com um filé de frango al limone super bem temperado, sabores deliciosos e explosivos. E pra finalizar um belo Tiramisu, Profiterolis e o Monte Rosa ( creme de mascarpone italiano e morangos frescos).

Em um próximo post dou mais dicas de restaurantes ou algum outro estabelecimento, para que você possa ter um ótimo proveito com a sua família, namorado, ou até mesmo com seus amigos.

Nos vemos semana que vem!