Estrela Cadente por Fotografo Amador

Inveja… Muita inveja!

Noticiado por:

Huff Post – Science
Daily Mail UK

john-alasdair-macdonaldNo último domingo, dia 15/03, o Guia turístico baseado nas Highlands da Escócia, John Alasdair Macdonald, notou o quão bela e estrelada a noite estava e resolveu fazer algumas fotos. John, é criador do site “The Hebridean Explorer” (também no Facebook), que usa como ferramenta de Marketing para divulgar a região onde oferece seus serviços de guia, movimentar seu negócio e atrair turistas mostrando as belezas naturais do lugar. Pegou sua câmera compacta, RX-100 da Fuji, um tripé e saiu para fotografar.

fullsize-loch_ness_monsterSituado próximo à região onde mora Nessie, o Monstro do Lago Ness, John resolveu fazer fotos do lago sob o céu estrelado. Na cidade de Drumnadrochit, à margem oeste do Lago Ness, Macdonald montou sua câmera no tripé, enquadrando o lago, a margem oposta e o céu estrelado, e iniciou uma exposição de 30 segundos.

“Sheer Dumb Luck”

o-METEOR-900

Essa foi a expressão usada por John para definir o acontecimento. A expressão significa “pura e simples sorte”, nada foi planejado ou pensado para realizar aquele registro. Mas naquele exato momento, naquela exata região do mundo, ocorria um fênomeno conhecido como “Chuva de Meteoros”.

Um Meteoro é o que nós comumente reconhecemos como uma “Estrela Cadente”. Ocorre quando uma formação rochosa adentra a atmosfera terrestre e se incendeia no atrito com o ar sendo totalmente destruída antes de atingir o solo. Assim, observamos um ponto luminoso cortando o céu e se apagando. Não é um fenômeno tão raro, ocorre possivelmente todas as noites em todo o mundo.

Mas as situações propícias para que tal fenômeno seja capturado com tanta perfeição são raríssimas. O Meteoro está posicionado exatamente ao centro do enquadramento da imagem, não havia nuvens em seu caminho e ocorreu exatamente entre os 30 segundos de exposição.

Inveja

Como já demonstrei aqui algumas vezes, sou apaixonado por todos os tipos de fenômenos naturais e estou constantemente tentando registrá-los. Já fiz fotos das estrelas, da Lua, Raios  e Nascer do Sol. Mas registrar um Meteoro, uma Estrela Cadente é algo absurdamente complicado.

É necessário estar em algum lugar afastado de qualquer poluição luminosa ou de qualquer outro tipo das nossas cidades grandes, é necessário um dia com céu claro e sem nuvens, uma região de grande altitude também influencia no resultado, além de ser impossível prever exatamente onde um Meteoro vai entrar em nosssa atmosfera. Podemos prever uma “Chuva de Meteoros” e aproximadamente a região do céu da qual ela irradia, mas nunca exatamente a posição e o momento de uma “estrela cadente”.

zessjyhokpvah14g3asfPor isso, John, eu te invejo. Mas acredito ainda que um dia você consiga capturar um meteoro e Nessie na mesma fotografia. Estamos aguardando!

Anúncios

Comente este Post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s