Idade importa no relacionamento?

Por Ela:

Vamos começar com alguns questionamentos… A diferença de idade do casal interfere no relacionamento? O que é melhor: a mesma idade, mulher mais velha ou homem mais velho?

Todo mundo diz que homem amadurece mais devagar e isso realmente pode ser comprovado, principalmente na adolescência. É comum meninas do Ensino Médio preferirem caras da faculdade. Os meninos da sua idade geralmente ainda não têm maturidade para um relacionamento e seus interesses são completamente diferentes: na maioria das vezes, querem curtir, querem saber só de balada, pegação, bebida e não deixam de lado o videogame, o futebol e a zoação com os amigos. Enquanto os meninos estão na fase das brincadeiras de mão, as meninas já são mulheres, pensam no futuro, fazem planos e se tornam mais responsáveis (se bem que nem todas).

Mulheres

Na fase adulta, as diferenças entre homens e mulheres da mesma idade são menos discrepantes, mas ainda existem. Os homens ainda parecem mais imaturos do que as mulheres e muitos ainda repetem os comportamentos de adolescentes. Quanto ao videogame, ao futebol e às brincadeiras bobas com os amigos… é mulherada, parece que isso não tem cura! Nem Darwin explica!

http://www.playstorm.com.br/pitacox-12- Fonte: noe-cinema-religiao-e-evolucionismo/
http://www.playstorm.com.br/pitacox-12-
Fonte: noe-cinema-religiao-e-evolucionismo/

E por que eu namoro um cara mais novo, então?! Boa pergunta! Pergunto-me isso sempre! Brincadeira! Na verdade, chega uma idade em que a diferença dos anos de vida entre homens e mulheres parece não influenciar muito. A minha tese é de que os homens param de amadurecer nos anos finais da adolescência e, por isso, na fase adulta já não importa mais sua idade, todos terão a mesma maturidade.

Brincadeiras à parte, não acho que a idade influencie muito num relacionamento não (depois de adultos). Na adolescência, pelo contrário, pode influenciar um pouco mais por estarem em momentos de vida diferentes. Mas que menina nunca se exibiu com um namorado mais velho, com carro, deixando seu pai careca?!

Quando adultos, o que importa mesmo, além do amor (quesito básico), é que o casal se identifique, compartilhe do mesmo momento de vida e inclua seu parceiro nele, que faça planos juntos, que se entendam (mesmo sendo opostos como no nosso caso) e que tenham como objetivo maior serem felizes juntos!

Claro que, às vezes, eu fico maluca com a falta de planos d’Ele, mas pelo menos Ele me inclui nos poucos que tem e, principalmente, em todos os seus momentos inesperados. Own… Ele é meu bebê, meu pirralho (só disse isso pra provocar, porque Ele odeia ser chamado assim!).  Ele me diverte, me faz rir, me desestressa e me deixa ser eu mesma, sem medo ou insegurança que talvez teria com um cara mas velho. Ah, meninas, além disso, tem outro lado bom de caras mais novos: forma física melhor, resistência pra hora h… muita resiliência! É, no final, acho que vale a pena! rs

Jacob
Ele vai me matar quando vir essa foto (e eu ainda peguei leve, ele tá de camisa!), mas é só porque no filme (Saga Crepúsculo) o Jacob é mais novo do que a Bella.

Falando sério agora, mais velho, mais novo, da mesma idade: não importa! O que importa é o amor, a amizade, a parceria e a cumplicidade. Como já dizia Antoine Saint-Exupéry, em O Pequeno Príncipe:

As pessoas grandes adoram os números. Quando a gente lhes fala de um novo amigo, elas jamais se informam do essencial. NãO Pequeno Príncipeo perguntam nunca: “Qual é o som da sua voz? Quais os brinquedos que prefere? Será que coleciona borboletas?” Mas perguntam: “Qual é sua idade? Quantos irmãos ele tem? Quanto pesa? Quanto ganha seu pai?” Somente então é que elas julgam conhecê-lo. (…) Mas nós, nós que compreendemos a vida, nós não ligamos aos números!

Por Ele:

Se o assunto é amor, não há regras. A gente nunca sabe quando ele vai bater na porta, ele só aparece e você aceita e sofre as consequências. A questão é que às vezes esse sentimento não atrai para você um clone seu, ele traz pessoas diferentes, para te completar e é sobre uma dessas diferenças que vamos falar hoje: Diferença de idade.

Casais com idades diferentes, estão cada vez mais comuns, contudo a questão ainda é um tabu para muitas pessoas, principalmente se a pessoa mais velha for a mulher. Acredito que isso venha de um preconceito bobo que toda mulher busca um provedor, másculo e que possa protegê-la e ter o respeito e a experiência da idade. Mas isso em pleno século XXI já é uma questão de escolha, pois com a emancipação feminina isso se tornou até meio bobo. Enfim, não tô aqui para julgar ninguém.

Os relacionamentos com mulheres da mesma idade ou mesmo mais novas têm vantagens muito agradáveis, provavelmente vocês dois ainda terão os mesmos gostos e muitas vezes os mesmos sonhos, o fogo, que é fogo mesmo, pouca expertiosukitaiência e muita vontade, e a segurança de estarem lado a lado, como BFF, para passarem juntos o que vier da vida, isso sem contar a parceira de baladas que você pode ter, meu caro amigo. Essas questões é que na minha concepção fazem um homem procurar mulheres mais jovens, é uma forma de rejuvenescer. Mas não há só vantagens e vamos às desvantagens: insegurança, isso é foda, e se contar que, no caso de jovens, as incertezas da vida, tudo está começando, então o seu relacionamento dificilmente será o último.

Já no relacionamento com uma mulher mais velha encontramos outras nuances, ela já não tem mais aquela falta de confiança em si, já sabe o que é e até onde pode chegar, ali estão as regras para ter o coração dela, siga e será feliz, não siga e ela sabe que vai viver, quanto mais velhos, menos amores eternos…

Estar com uma mulher mais velha (entreguei!) é aprender com o que ela viveu e isso conta na hora de não cometer os erros que já cometerAshton demi- o casaçam com ela e manter sempre o relacionamento mais feliz. Isso sem contar a ausência do ciuminho desnecessário e a liberdade de saber que cada um tem seu espaço e o namoro não funde o casal em um só. Eu sei, tô escrevendo uma Ode às mulheres mais velhas, mas fazer o quê? Não posso evitar.

Importante: Vamos joga limpo aqui, nada disso é regra. Às vezes encontramos em um estereótipo as qualidades do outro e vice-versa. Estamos falando de seres humanos e todos somos diferentes, o texto reflete um pouco da minha experiência curta de vida. E outra, quem constrói o relacionamento é o casal e sem amor nada vai para frente. Escolha com quem quer viver e viva, isso é que é importante..

AH, se quiser frequente bailes da 3 idade, vai que cola, né?

Anúncios

Comente este Post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s