COMPRAS DE NATAL VIA INTERNET – Atraso na entrega

compras-de-natal_jatefalei

A pouco mais de um mês da tão esperada data comemorativa, resolvi compartilhar alguns acontecimentos sobre o assunto.

O Natal é uma festa que envolve muita troca de presentes, gerando um aumento significativo na atividade econômica e no mercado de consumo. E com esse aumento nas compras, e na demanda das empresas, numa época tão agitada para o comércio, surgem também algumas falhas nas entregas dos produtos.

Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), as compras pela internet se tornaram muito comuns nos dias atuais, e em 2013 representaram um acréscimo de 29% em relação ao ano anterior.

As relações de consumo, como no caso das compras feitas pela internet, são regidas pela Lei 8.078/90, comumente conhecida como CDC (Código de Defesa do Consumidor).

Ocorre que, como esta Lei é de 1990, naquela época não era possível prever os diversos canais de comércio que temos hoje, e portanto, naquela lei não havia nenhuma regulação específica sobre a compra e venda através da internet.

Hoje, a contratação no comércio eletrônico encontra-se regulada pelo Decreto Federal n. 7.962/13, que veio a complementar o CDC. Este Decreto foi criado com o intuito de regulamentar algumas obrigações básicas das lojas virtuais, tais como: prestar aos seus consumidores, informações claras a respeito do produto, serviço e do próprio fornecedor; manter o atendimento facilitado ao consumidor; e respeitar o direito de arrependimento.

Quanto as compras de Natal, o correto mesmo seria nos anteciparmos com os presentes, mas isso nem sempre é possível. Sempre há aquela compra de última hora, inesperada, ou até mesmo impulsiva. Assim, devemos tomar muito cuidado com as compras de Natal realizadas via internet, porque, pode ocorrer o atraso na entrega, e isso gera um aborrecimento enorme.

No Brasil, infelizmente, temos diversos casos de compras de Natal, realizadas via internet, em que houve demora na entrega. A maioria das decisões judiciais, em nosso país, entende que esta situação é passível de indenização por Danos Morais.

Vejamos duas decisões judiciais sobre o assunto:

RESPONSABILIDADE CIVIL. COMPRA PELA INTERNET. ATRASO NA ENTREGA DO PRODUTO. PRESENTE DE NATAL. DANO MORAL CONFIGURADO. QUANTUM. Na hipótese, a demandada entregou o produto adquirido pela internet, com a finalidade de presentear uma criança na noite de Natal, dois dias depois da data comemorativa. A frustração vivenciada pela parte-autora, criança com 6 (seis) anos de idade na época do evento, acarretou dano moral indenizável. As adversidades sofridas pelo autor, a aflição e o desequilíbrio em seu bem-estar, fugiram à normalidade e se constituíram em agressão à sua dignidade. Redução do montante indenizatório considerando o grave equívoco da ré, o aborrecimento e o transtorno sofridos pela parte-demandante, além do caráter punitivo-compensatório da reparação. Indenização fixada em R$ 3.000,00, consoante os parâmetros utilizados por esta Câmara Cível em situações análogas. APELAÇÃO PARCIALMENTE PROVIDA. (Apelação Cível Nº 70052958451, Décima Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Túlio de Oliveira Martins, Julgado em 27/06/2013).

APELAÇÃO – CONSUMIDOR – COMPRA ON LINE – PRESENTES DE NATAL – PRODUTOS ENTREGUES EM DATA POSTERIOR – FALHA NA PRESTAÇÃO DO SERVIÇO – RESPONSABILIDADE OBJETIVA – DANO MORAL CARACTERIZADO. 1. A demora na entrega dos produtos adquiridos para presentear as filhas no Natal, por falha na prestação do serviço, gera dano moral passível de indenização. 2. Para o arbitramento do valor de indenização de danos morais, devem ser levados em consideração o grau de lesividade da conduta ofensiva e a capacidade econômica da parte pagadora, a fim de se fixar uma quantia moderada, que não resulte inexpressiva para o causador do dano. No caso, R$ 2.000,00. 3. Deu-se provimento ao apelo da autora. (TJ-DF – AC 20100110141597, Relator Des. SÉRGIO ROCHA, Data do Julgamento 27.08.14, 2ª Turma Cível, Data de Publicação: DJe 08/09/2014).

No primeiro exemplo, temos que houve a entrega do produto, somente após dois dias do Natal, gerando uma frustração do consumidor, pois os objetos adquiridos via internet, tinham a finalidade de presentear uma criança de 6 anos. Os desembargadores entenderam que a conduta ilícita da loja virtual, gerou uma aflição e um desequilíbrio do bem estar do consumidor, que não podem ser considerados como normais, ou mero aborrecimento do cotidiano, visto que agridem a sua dignidade.

No segundo exemplo, também ocorreu a demora na entrega do presente de Natal. Os desembargadores entenderam neste caso que, ante a responsabilidade objetiva da loja virtual, prevista no CDC, e a falha na prestação do serviço ocorrida, a conduta da loja virtual gerou indenização por danos morais.

Acrescentou o relator do caso, Sérgio Rocha: “a autora estava disposta, inclusive, a ir buscar os telefones celulares ou cancelar a compra, a fim de realizar nova compra em outro estabelecimento e presentear as filhas no Natal, mas o site não ofereceu essas opções. O dano moral decorre do fato de não ter recebido a mercadoria a tempo de presentear as filhas, de 8 e 11 anos, no Natal, associado ao fato de ser impedida de cancelar a compra ou buscar a mercadoria, o que ultrapassa o mero dissabor ou aborrecimento do cotidiano, em razão da importância social das comemorações natalinas e da frustração vivida.”

Muito cuidado ao enfrentar este tipo de situação! Já encontrei diversas decisões em que o consumidor não conseguiu juntar documentos suficientes para provar que os objetos adquiridos pela internet foram entregues fora do prazo, e/ou tinham a finalidade de presentear familiares no Natal.

Não basta que haja um simples descumprimento contratual para gerar indenização por danos morais. Se faz necessário que a falha na prestação do serviço por parte da loja virtual, cause um aborrecimento que ultrapasse o normal e o aceitável em nosso convívio social.

Claro que, há uma linha tênue entre o que é considerado mero aborrecimento ou não, mas esta é uma discussão que ficará para uma próxima oportunidade, em outro post.

Assim, recomendo a todos que nunca hesitem em consultar um advogado, para receberem as devidas orientações sobre a seus direitos.

Boas compras e até sexta!

Anúncios

Dia Nacional da Consciência Negra – É feriado ou não é?

O Dia Nacional da Consciência Negra foi criado por força de lei federal em 2011, entretanto, não obriga que seja feriado, ficando a critério dos municípios determinarem o feriado ou não.

racismo

Existe uma controvérsia muito grande em relação a esta data, para muitos a data deve ser celebrada para refletirmos sobre a introdução dos negros na sociedade Brasileira, para outros, o simples fato de ter um dia de consciência Negra já é um ato de racismo.

 racismo

Ideologias à parte, o negro foi escravizado, punido, humilhado e discriminado durante muito tempo em todo o mundo. A escravidão foi abolida mas a discriminação ainda faz parte da vida dos negros, principalmente os menos afortunados. Acredito que a história de um povo deve ser contada, lembrada e usada como base para melhorias futuras. A data de hoje é para avaliarmos ano a ano os avanços conquistados.

 racismo

Racismo é crime e deve ser punido, se você for testemunha de uma ação discriminatória é seu dever de cidadão intervir e se preciso for, chamar ajuda policial.

Vamos acabar com o racismo, faça sua parte!

Abraço a todos e até a próxima semana…

Eddie Gomes

Aplicação Programada

programação

Então você já listou todas as suas Despesas e Receitas e descobriu o quanto pode economizar por mês, mas se esquece de fazer esse investimento mensal e acaba gastando com coisas supérfluas, existe uma solução para isso, sabia?

Você pode programar as suas aplicações, ao invés de todo mês comandar uma aplicação em algum produto de investimento, você pode programar para todo mês o banco fazer essa aplicação automaticamente no produto que você escolheu. Essa ferramenta é bem interessante, facilita a vida dos esquecidos e daqueles que tem dificuldade de guardar dinheiro. Se você tem dificuldade de guardar dinheiro, essa pode ser uma alternativa.

O investimento estará programado para a data que você escolheu e acontecerá mediante saldo na conta bancária. Se eventualmente precisar, você pode bloquear esse investimento ou até cancelar as programações.

Consulte se o produto de investimento que você quer aplicar possui a opção de aplicação programada.

Agora não tem desculpa de falar que esqueceu hein?!

Até a próxima quinta!

NA BALADA COM O CASAL

Na balada

Na balada!- Por Ele

Não estaria mentindo se dissesse que sou muito, muito, muuuito menos baladeiro hoje, namorar me tornou um bicho mais caseiro, mas isso não significa que eu me tornei um ermitão. De vez em quando, dou uma de Zaratrusta e vou ver como anda a vida lá fora, com a diferença que hoje eu não vou sozinho, vou com minha senhora e ainda assim me divirto. Não como era quando solteiro, em casal você encontra outra forma de ver a balada e de curtir também.

O destino fez um negócio muito louco com a gente. Eu sempre fui ultrassociáviel, depois da adolescência eu me tornei um adepto das festas, dos bares e, por influência também dos meus primos, um adepto das baladas, não existia final de semana que não rolasse, a gente curtia muito, bebia muito e voltava com tanta história que os nossos bisnetos vão ouvir umas inéditas ainda. Já Ela, podemos resumir que, devido ao seu jeito calado e introvertido, she is not good at parties.

Na balada me divirto muito por 2 motivos. O primeiro é porque estou na balada! Caramba não tem como não se divertir. O segundo é que, mesmo ela sendo o ser mais tranquilo da face da Terra, não me proíbe de curtir a festa. Então eu vou lá e curto…  Com as óbvias ressalvas que um namoro implica. Hoje, ao imaginar que já cheguei até cobrar mais animação dela… aff… Mas eu fui um animal invasivo mesmo.

Enfim, voltando a falar em baladas em casal, acho muito interessante os dois criarem um “código de conduta do role”, se houvesse um desse, com certeza não teria briga por causa de festa. Então, agora vou sugerir o meu CCRC (Código de Conduta do Role de Casal):

1. Respeite o espaço do outro, eu sei que é uma balada mas confiança ainda é tudo.

  1. Não encha o saco por ciúmes, se vocês são ciumentos evitem baladas.

3.  Curtam juntos se você curte dançar e ele não ou vice-versa, passe parte do tempo com seu par, porque, apesar de amigos e talz, você veio com ele e nada teria a mesma graça sem ele.

4. Beije muito, se peguem mesmo, balada dá muita vontade de pregação e nada melhor do que aquele beijo de namorados.

5. Se não tá a fim de ir, não vá. É pior ir de mau gosto.

6. Balada em casal  é da hora! Permita-se aproveitar o momento.

7. Vale tudo o que for combinado previamente.

8. Se você namora, não é legal ir sozinho para a balada.

9. Acontece na balada, fica no relacionamento, elas não esquecem, então, por favor, não vacile.

10. Bastem-se. Só vale a pena namorar se vocês se bastarem para ser feliz.

Matutando ainda mais um pouco sobre o tema, percebo que ainda vejo a balada como via antigamente: um lugar ou uma noite para ser memorável!  Mas, se levarmos a palavra ao seu significado clássico e aplicando ao meu namoro, chego a conclusão que:

A balada é lugar de casal! É claro que sim!

Agora se a balada é o lugar do Casal?

Na balada! – Por Ela

Ir pra balada é um ótimo programa para quem está solteiro: para ouvir música, dançar, beber, se divertir com os amigos, flertar um pouquinho e quem sabe até rolar uma pegação? Mas não crie expectativas, imagine só a pegação mesmo, porque ninguém vai pra balada à procura de um relacionamento sério. Por mais que a Cinderela tenha encontrado seu príncipe encantado em um baile, não se iluda, porque o cara não vai bater de porta em porta atrás da dona do sapatinho perdido (se ele mandar um WhatsApp no dia seguinte você já pode se considerar uma mulher de sorte).

Pra ser sincera, nunca gostei muito de balada. Quando estava solteira eu ia mais pra me divertir com minhas amigas e ouvir música (porque eu nunca fui de dançar, nem beber). Agora, quando minhas amigas já estavam “felizes demais” ou quando eu não gostava da música, ficava sim com cara emburrada! Não era de propósito, mas acho que era nítido, porque os caras sempre se aproximavam de mim perguntando o motivo de eu estar brava e dizendo que eles poderiam me fazer companhia, me fazer rir ou ficar na bad junto comigo. No fundo, eu me divertia muito mais nas baladas dando foras nos caras (eu era muito cruel)!

Mas e quanto a ir pra balada com o namorado? Pode? Eu acho que pode sim, o que não pode é ir sozinho quando se está namorando. Mas, aconselho fazer uma avaliação antes de ir: se você ou ele forem ciumentos, aconselho arrumar outro programa, porque provavelmente só irão arrumar briga nessa situação. Por outro lado, se o ciúme for contido, controlado, você e seu namorado podem curtir a balada juntos, mas com outro enfoque, é claro! Não dá pra abusar também!

O que não se pode fazer quando for pra balada acompanhado:

– não ficar olhando pra outro ou outra (especialmente pra decotes ou saias curtas);

– não flertar (incluindo apenas troca de olhares);

– não dar abertura quando alguém vier puxar conversa com você;

– evite deixar seu parceiro sozinho (quando estão entre amigos tudo bem, desde que fiquem só no círculo de amigos);

– evite dançar com outra pessoa (exceção concedida a amigos cuja amizade é aprovada pelo parceiro);

– não beber demais;

– não arrumar brigas;

– para as mulheres: evitar usar roupas muito provocantes (a não ser que ele goste e não vá arrumar briga se alguém olhar para você);

– caso você receba uma cantada, não peça para seu parceiro te defender ou ir tirar satisfação.

Essas dicas podem evitar muitas brigas com seu parceiro durante e depois da balada. Eu, na verdade, não sou ciumenta a esse ponto e, felizmente, Ele também não, por isso, dá pra curtirmos de boa uma balada em casal (sem precisar de todas essas regras). Mas não corra o risco, avalie seu nível de ciúmes e de seu parceiro antes de decidirem ir pra balada.

Balada em casal pode até ser legal de vez em quando, não vejo problemas, o fato é que eu não curto muito (nem solteira, nem acompanhada). Acho que é porque não curto ver gente bêbada e odeio quando algum cara estranho já chega me tocando.

Apesar disso, Ele curte uma balada! (Inclusive, o tema do post foi sugerido por Ele. Acho que queria que eu refletisse sobre o assunto e visse o quanto sou velha e chata. Hahaha… Tudo bem, admito!). Como somos um Casal e temos que fazer as vontades dos dois, topo até ir de vez em quando pra balada pra variar o programa, mas não tenho muito mais pique pra isso não, pra ficar até de madrugada… amo dormir, prefiro muito mais um programa mais romântico, um jantar a dois com Ele, um filme com pipoca debaixo das cobertas juntinhos…

Vitaminas

vitaminas

Já estamos cansados de saber que as vitaminas são essenciais para nosso organismo.  A quantidade na verdade varia de acordo com idade, sexo, e estado de saúde. No meu caso, por exemplo, como fiz a cirurgia bariátrica, eu reponho as vitaminas que meu corpo não absorve.

Faço exames de sangue regularmente depois da cirurgia bariátrica para sempre verificar as dosagens.  É importante também saber que a alimentação é extremamente importante para absorção correta das vitaminas.

Hoje 2 anos depois da cirurgia bariátrica minhas vitaminas são: materna, pill food para cabelos e unhas, vitamina D e citouneurin injeção, essa eu tomo um mês sim e um mês não.

Tanto o excesso como a falta de vitaminas pode causar sérios danos ao nosso organismo. Muitas pessoas sofrem de sintomas que realmente incomodam seu dia a dia e não percebem que pode simplesmente ser a falta de alguma vitamina. Por isso é tão importante consultar o médico e fazer os exames de sangue.

Os sintomas da falta de vitamina podem ser muito variados de acordo com a vitamina e a quantidade que está faltando… Mas, alguns sinais importantes podem ser:

  • pele seca ou descamando
  • sono diurno
  • cansaço
  • dores de cabeça

Mas lembre-se, a melhor maneira para se manter sempre nutrido, é uma refeição  balanceada e saudável!

Fotografia Clique a Clique – Abertura do Diafragma e f-stop

“Uau! Como você faz o fundo ficar embaçado?!”

Além do Tempo de Exposição existe outra forma para controlarmos a quantidade de luz que atinge nosso Sensor

  • O Diafragma

aperture_jatefalei-3O Diafragma é uma estrutura que se encontra na lente da sua  câmera, são folhas sobrepostas de forma circular ao redor de um espaço que permite e controla o tamanho da passagem da luz. Ou seja, o tamanho da Abertura do Diafragma influencia na quantidade de luz que atinge o sensor, sendo uma das formas de se balancear a Exposição.

  • Abertura do Diafragma X Exposição

O Diafragma funciona exatamente como a Íris de nossos olhos, quando estamos num lugar escuro, a íris se dilata e permite maior passagem de luz pela pupila, num lugar claro, nossa íris se contrai diminuindo a quantidade de luz que passa pela pupila. Podemos também realizar um paralelo com uma janela, mais aberta mais luz, mais fechada, menos luz.

Observe as imagens abaixo:

Todas as imagens foram feitas com as mesmas configurações e   iluminação, modificando apenas a abertura do diafragma.

Superexposição: Em aberturas maiores como f1.8 ou f2, permitimos que uma quantidade maior de luz atinja o sensor, pixels de áreas mais claras registram luz em excesso e se tornam totalmente brancos resultando em imagens superexpostas.

Exposição balanceada: Em aberturas médias como f3.2, f4.5 e até mesmo em f6.3, obtemos o resgistro correto e balanceado das informações em todos os pixels da imagem, variando somente na quantidade de luz, ficando à seu critério a leitura que mais te agrada.

Subexposição: Em aberturas menores como f9 ou f11, obtemos um registro insuficiente de luz, resultando em pixels que não conseguiram registrar luz e se mantiveram totalmente pretos. Obtemos imagens subexpostas.

Assim como nos outros casos, a abertura que resultará em uma exposição balanceada depende da quantidade de luz disponível na cena e das configurações adcionais da câmera. Podemos então obter imagens balanceadas em qualquer abertura.

  • F-Stop

Você define na sua câmera o tamanho dessa abertura da sua lente. O tamanho da abertura é medido nas chamadas f-stops, sempre descrito como um “f” acompanhado de um numerozinho (aqui um daqueles momentos nos quais a fotografia gosta de ser confusa só pra ajudar). O numero em questão descreve a abertura, mas como você já deve ter percebido: Quanto maior o número, menor a Abertura. Quanto menor o número, maior  a Abertura.

  • Foco

A Abertura tem funções muito mais complexas que o simples controle de exposição, a abertura define a Profundidade de Campo, define o que estará em foco e o que estará desfocado, e esse é um dos controles mais importantes de se dominar conforme avançamos na fotografia. É isso que mais inquieta o olhar do espectador quando, utilizando-se do foco, um fotógrafo lhe diz exatamente o que você deve olhar. Essas funções ainda serão amplamente debatidas aqui, continue acompanhando!

Observe abaixo:

Nas imagens acima, eu mantive o foco no gatinho, e balanceei as outras configurações da câmera para obter exposições idênticas. Mas observem, em f1.8 eu consigo manter apenas o gato em foco, desfocando a cachaça ao fundo da imagem e os sapatos à frente. Conforme diminuo minha abertura, consigo focar nos três objetos ao mesmo tempo, em f11 os três objetos estão em foco.

  • Na prática

aperture_jatefalei- 16aperture_jatefalei- 15Com aberturas maiores, obtemos uma profundidade de campo menor, e aumentamos o “efeito desfoque” da cena, o que é extremamente útil para isolar um objeto. Por outro lado, para retratar por exemplo, uma paisagem, é necessário manter o máximo possível da cena em foco, o que exige uma abertura menor, com uma profundidade de campo maior.

aperture_jatefalei- 17O domínio da abertura na fotografia tem a função principal de nos permitir o controle sobre o foco e a profundidade de campo. Dificilmente a Abertura será utilizada como principal forma de controle da exposição, mas, ressalto o que disse nos posts anteriores, tudo é questão de realizar uma leitura objetiva e direcionada sobre a cena que se pretende retratar, a fotografia nasce da sua intenção,  e não de acidentes.

Confira os outros posts da série “Clique a clique”:

De Navio Negreiro todo Metrô tem um pouco

Meu nome é Mathias, na verdade, meu nome é Ogunda, mas Mathias foi o nome que o português que me comprou de outro branco me deu… Mathias… retiraram eu de mim. Enfim, fui líder de minha tribo, éramos guerreiros, nada temíamos em nossa terra-mãe. Enquanto usava meu nome, eu ainda era um guerreiro, enquanto fui Ogunda nada podia me derrotar, mesmo acorrentado, machucado e traído por outros filhos de minha terra, eu tinha coragem. Mas nem isso sobrou, se sou algo, sou Mathias, uma posse.

Para onde vou? Não sei, sei que agora estou em um navio preso e amarrado, desconfortavelmente, a um pedaço de madeira. Observando a minha volta, vejo muitos outros como eu, centenas, sem destino. A água raivosa vinga-se do navio de carga cara, mas de carne barata. Alguns de nós buscam apoios, não querem cair, se é para aguentar, que seja firme; já outros aceitam que o lugar talvez seja apertado demais e eles não vão conseguir se mexer, muito menos cair, lado a lado até os inimigos se apóiam aqui.

Aonde vai parar essa fantástica obra? As lendas contam de homens que nos levam para longe, para algum lugar onde deixarei de ser de uma vez por todas Ogunda e serei uma ferramenta. E como tal, receberei apenas o bastante para ser produtivo, ou seja, não me deixarão morrer de fome. Quando por algum motivo, como ferramenta, eu não funcionar conforme o esperado, serei consertado. Alguns diriam que eu seria maltratado, punido pelos meus erros ou prazeres de outros, mas fique tranquilo, é possível punir homens e eu não passo de uma ferramenta, não se pune aquilo que não tem alma.

Meu nome é James, não, na real, meu nome é Jamil. James foi o nome que o Mkt da empresa me deu para ser melhor para os clientes, afinal sou do telemarketing da empresa e essa bela multinacional não deve ter entre os seus um pobre Jamil. Talvez um Jamil pobre, isso eles deixam, agora o pobre Jamil eu só posso ser nas horas vagas e no caminho para o trampo.

Com o meu alimento abafado na mochila, estou em uma fantástica obra, voa sobre os trilhos em velocidade inexplicável. Em seu interior, por sorte, encontre um roliço pedaço de aço onde possa me apoiar. Ao olhar para o lado, meu queixo toca a ponta da cabeça de uma mulher, que retira seu olhar, hipnoticamente perdido, da janela e, em um reflexo, olha para mim. Recebo seu olhar, ele expõe ódio, mas mesmo assim não nos desculpamos, nem pelo olhar e nem pelo toque, afinal cada milímetro de oxigênio deve ser preservado.

Olhando a minha volta, vejo centenas como eu, que se apóiam ou seguram nos roliços canos utilizados para este fim. Um segundo grupo abaixa os braços e apenas espera seu destino chegar, aceitaram a ideia de que “Se segurar para quê? Não existe espaço para cair”.

Meu destino é certo, quando chegar em meu “trabalho”, serei ordenhado como cabra e utilizado como ferramenta, operado por uma máquina. O domínio tem certo poder. Ao pisar próximo ao local da “máquina”, qualquer ideia se esvai e me torno tão absorto, que os meus pensamentos não atingem meu cérebro, mas sem problemas, não tenho permissão para pensar, apenas reproduzir fielmente o solicitado pela máquina, afinal por que eu pensaria? Não sou ninguém mesmo.

 

NAKED CAKE, a nova tendência !!!

Naked_Cake_Já_Te_Falei

 

Nós amamos bolos de casamento e quem não gosta, né ? Os bolos são sempre destaque nos casamentos ou em qualquer outra festa….são um show a parte !!!

Mas, há algum tempo, uma nova tendência vem se espalhando por todo o mundo, principalmente aqui no Brasil, é o Naked Cake.

Essa idéia é inspirada nos bolos sem coberturas ou, como dizem por ai “bolo pelado”, e só decorados com frutas, flores e recheio, eles esbanjam charme e elegância e dão um toque especial em muitas festas.

Esse tipo de bolo é muito usado em casamentos que começam pela manhã ou no final da tarde, no campo ou em uma cerimônia discreta, delicada e romântica. Os recheios geralmente são feitos com ganache, creme mestre ou até mesmo com doce de leite e coberto com açúcar de confeiteiro e muitas frutas, mas não há limites para a criatividade, vale o gosto do cliente. Já nos casamentos à noite os bolos mais indicados são aqueles com pasta americana.

Uma dica importante é que nem toda boleira que sabe preparar um Bolo_Clássico_Já_Te_Faleibelo Naked Cake, por isso, procure sempre antes saber de quem está encomendando. Outra coisa que você deve levar em consideração na hora de decidir o bolo do seu casamento é o seu gosto pessoal. Existem pessoas que preferem bolos mais clássicos, com pasta americana, Esses bolos clássicos são lindos e há uma vasta variedade de modelos usados em casamentos tradicionais.

Já o Naked Cake pode ser usado em qualquer casamento, mas vimos que geralmente combina com uma decoração mais rústica, mais suave. Outra diferença entre os dois é que o clássico tem uma característica mais cenográfica, enquanto o Naked deixa todo mundo com água na boca e muita vontade de comer.

OS TRÊS ANDARES

Tudo em uma festa de casamento tem um significado, até mesmo os andares do bolo, que geralmente, costumam ser 3 andares. O primeiro seria o compromisso, o segundo, o casamento já o terceiro, a eternidade.

Muitos casais hoje em dia congelam uma fatia do bolo para comerem no 1° Aniversário de casamento ( acho meio arriscado, pelo tempo que ele fica, mas sempre indico para comprarem um bolo pequeno).

Fiquem ligados no TE FALEI !!!

Conta Corrente – Isenção de Tarifas

conta-serviços-essenciais_jatefalei

Já te Falei que existe uma modalidade de conta corrente isenta de tarifa bancária?

Pois é, muita gente não sabe, mas todo mundo pode ter uma conta corrente e não pagar a tarifa mensal cobrada pelos Bancos. Esta regra é válida tanto para conta-corrente quanto para conta-poupança.

De acordo com o artigo 2º, da Resolução 3518, do Banco Central, os Bancos são proibidos de cobrar tarifas pela prestação de serviços bancários essenciais a pessoas físicas:

“Art. 2º É vedada às instituições de que trata o art. 1º a cobrança de tarifas pela prestação de serviços bancários essenciais a pessoas físicas, assim considerados aqueles relativos a (…)”

E quais são esses serviços essenciais?

Os serviços considerados essenciais por esta Resolução são aqueles previstos no próprio artigo 2º, em seus incisos, mas vou simplificar pra vocês:

  • fornecimento de cartão com função débito (para a função crédito pode ser cobrada anuidade separado);
  • fornecimento de 10 folhas de cheques por mês, desde que o cliente reúna os requisitos para utilização de cheque, conforme a regulamentação em vigor e condições pactuadas;
  • fornecimento de 2ª via do cartão de débito, exceto nos casos decorrentes de perda, roubo, danificação e outros motivos não imputáveis à instituição financeira emitente;
  • realização de até 4 saques por mês, em guichê de caixa, inclusive por meio de cheque ou de cheque avulso, ou em terminal de auto-atendimento;
  • fornecimento de até 2 extratos contendo a movimentação do mês, por meio de terminal de auto-atendimento;
  • realização de consultas mediante utilização da internet, sem limite de tempo ou número de acessos;
  • realização de 2 transferências de recursos entre contas na própria instituição, por mês, em guichê de caixa, em terminal de auto-atendimento e/ou pela internet;
  • compensação de cheques;
  • fornecimento, até 28 de fevereiro de cada ano, de extrato consolidado, discriminando, mês a mês, as tarifas cobradas no ano anterior.

Na hipótese de ser necessário utilizar algum outro serviço, que não conste na relação descrita acima, ai sim, você deverá pagar pelo serviço. Mas caso você necessite, pode recorrer ao próprio Banco, que este deverá lhe informar sobre o valor dos serviços. Por exemplo, temos que este tipo de conta de serviços essenciais oferece apenas 4 saques por mês. Se você precisar sacar pela quinta vez, terá que pagar. Mas antes, você poderá perguntar ao Banco para saber quanto terá que pagar por este serviço. É simples e prático.

Esta resolução entrou em vigor em 30 de abril de 2008, mas os Bancos não divulgam este tipo de informação. Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC), verificou-se que os próprios agentes bancários, muitas vezes, desconhecem essa regra. (Leia mais aqui).

Ocorre que, o Banco é obrigado a oferecer este tipo de serviço a todos os seus clientes.

Se você deseja se tornar correntista desta modalidade de conta, deve ir em uma agência bancária, da instituição de sua escolha, e solicitar a “conta de serviços essenciais gratuitos”. Caso você já seja correntista e deseja migrar para este tipo de conta, sem tarifa mensal, procure sua agencia bancária e solicite a migração.

Dependendo da instituição financeira, algumas pessoas tem tido uma certa dificuldade para abrir esta conta de serviços essências, mas entendo que você deve insistir e poderá mencionar a Resolução do Bacen, ou até mesmo levar uma cópia, e resolver o problema.

Aconselho a todos verificarem com qual frequência utilizam sua conta bancária. Assim, se vocês descobrirem que não precisam dos serviços bancários, além daqueles descritos acima, está é uma boa opção de conta pra você.

E caso algum Banco venha a se negar a abrir uma conta dessas, é recomendado que seja feita uma reclamação junto à ouvidoria da instituição. E se mesmo assim, não revolver, aí será necessário fazer uma denúncia ao Banco Central.

Até sexta!

IMAX: A EXPERIÊNCIA MÁXIMA

O cinema em si já é uma experiência e tanto. Um filme com grandes efeitos especiais de som e imagem visto na tela grande com o som adequado já é um colírio para os olhos e perfeição para os ouvidos. Como se não bastasse ser “simplesmente” ÓTIMO, porque não poderia ser INCRÍVEL? Eis que surge o cinema IMAX.  Antes de especificarmos mais sobre isso, vamos entender do que se trata e sua origem.

sala_imax_01
Sala padrão IMAX 3D digital: Tela gigante, caixas de som potentes e caixas extras digitais. Cinema de última geração!

IMAX (Image Maximum) é um formato de cinema, desenvolvido pela IMAX CORPORATION, empresa fundada em 1968 em Quebec, Canadá. Trata-se da experiência máxima do cinema, ou seja, as maiores telas de cinema do mundo, o melhor som de todos e por aí vai. A imagem é nitidamente mais clara do que a imagem convencional, inclusive no formato 3D. A tecnologia é usada é 4K que resume a um maior número de pixels, dobro da resolução do convencional. Para isso, utiliza-se 2 projetores com 6500 watts cada! NADA nem NENHUMA sala de cinema compara-se às com o formato IMAX. A sala impressiona em tudo. A tela alcança do teto até o chão e de um canto à outro da parede. Para se ter uma ideia da proporção da tela, uma sala de cinema convencional tem uma tela com o tamanho médio de 12x5m. As salas IMAX tem que ter o padrão de 22x12m!

Proporção de tamanho entre uma Sala IMAX e uma sala convencional.
Proporção de tamanho entre uma Sala IMAX e uma sala convencional.

Muita gente ainda prefere sentar mais atrás no cinema, mas a idéia aqui é sentar perto da tela para ter a sensação de total imersão no filme. E é exatamente por isso que a distância entre a tela e as poltronas é menor.

Além deste formato “inovador” (coloco entre aspas porque somente agora o formato está mais popularizado), a IMAX CORPORATION desenvolveu câmeras com uma definição mais alta ainda, usadas em alguns filmes. Mas nem todos os filmes que são exibidos nas salas IMAX foram filmados com estas câmeras. A diferença é gritante no segundo capítulo da trilogia Batman. Como o custo de locação dessas câmeras era muito além das convencionais, apenas duas sequências do filme foram filmadas neste formato. Por isso, durante a exibição, a imagem abre para uma proporção de tela maior do que a comum do filme. O terceiro capítulo já foi filmado inteiramente neste formado, assim como “Avatar”.

Aqui no Brasil, as salas IMAX estão começando a ficar populares. A primeira sala foi a do Bourbon Shopping, inaugurada em Janeiro de 2009. Na época, exibiu filmes como “O Cavaleiro das Trevas” e “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, que foram dois filmes parcialmente filmados neste formato. Hoje em dia no Brasil, temos apenas 11 salas neste formato. São elas:

  • IMAX UCI Shopping Anália Franco | São Paulo
  • IMAX Itaú Shopping Bourbon | São Paulo
  • IMAX Cinépolis Shopping JK | São Paulo
  • IMAX UCI New York City Center | Rio de Janeiro
  • IMAX UCI Ribeirão Shopping | Ribeirão Preto
  • IMAX Cinespaço | Cotia
  • IMAX Palladium | Curitiba
  • IMAX Bourbon Shopping Wallig | Porto Alegre
  • IMAX Kinoplex Dom Pedro | Campinas
  • IMAX Kinoplex de Lux | Recife
  • IMAX UCI Ribeiro Iguatemi | Fortaleza

Para quem entende de inglês, assista este vídeo abaixo, feito pela própria IMAX CORPORATION exemplificando o formato.

E você, já teve a máxima experiência do cinema? Corra para o cinema IMAX mais próximo e sinta o que é estar quase que dentro do filme. A sensação é indescritível. Atualmente, os cinemas exibem “INTERESTELAR”, que aliás está aí embaixo nas indicações da semana.  Até sexta que vem!

ja_te_falei_indicações_cinema

INTERESTELAR  |  Direção: Christopher Nolan – Com Matthew McConauguey, Anne Hathaway, Jessica Chastain, Matt Damon, Mackenzie Foy, Michael Caine e Ellen Burstyn  – Apesar da longa duração, é um filme que enche os olhos e ouvidos em todos os aspectos. Com uma história intrigante, efeitos e som deslumbrantes e atuações impecáveis, arrisco-me a dizer que este – se não o melhor – é um dos melhores filmes de ficção científica da história do cinema. TEM QUE VER!

estrelas_cine3 MADE IN CHINA  |  Direção: Estevão Ciavatta – Com Regina Casé, Otávio Augusto, Xande de Pilares, Juliana Alves e Luis Lobianco  – Filme nacional de comédia, bem simples, mas com risadas garantidas. Quem não gosta da Regina Casé como apresentadora, não se preocupe. Aqui é outra pegada, divertida, debochada e super engraçada. Vale assistir!

ja_te_falei_estreias_cinema

  • Débi e Lóide 2
  • Irmã Dulce
  • Uma Questão de Escolha
  • Idênticos
  • Trinta
  • Saint Laurent
  • O Vento lá Fora
  • Ventos de Agosto