Alimentação Kasher

Alimentacao_Kasher

 

Alguns amigos me perguntaram um tempo atrás a respeito da alimentação Kasher, se eu sabia o que era e como funcionava pois ouviram falar sobre o assunto e gostariam de saber.

E pra você que não sabe ou não conhece a alimentação Kasher teve origem na travessia dos judeus do Egito para a Terra Prometida. Para sobreviverem 40 anos no deserto, foram criadas Leis dietéticas (KASHRUT) que tinham, antes de tudo, características sanitárias. Desde então, o povo judeu reconheceu a relação entre a alimentação e saúde não apenas do corpo e sim para o bem-estar espiritual.

A palavra KASHER ou KOSHER significa: bom, justo. Aplicado à alimentação significa: apropriado para comer, “limpo”.

Segundo o KASHRUT, o alimento é dividido em três classificações:

  • Carne e os alimentos que contêm carne.
  • Leite e os alimentos que contêm leite.
  • Alimentos neutros (parve) que não contém nem leite nem carne ( tipo vegetais, peixes, ovos).

Os judeus podem comer carne de animais de sangue quente, que contenham cascos fendidos e ruminem (as vacas, cabras e ovelhas). Porco, camelo, coelho e lebre não atendem a esses requisitos, então eles não são permitidos ( o camelo rumina, mas não tem casco fendido, o coelho rumina, mas não tem o casco fendido e o porco tem o casco fendido, mas não rumina).

Os animais e as aves Kasher não podem ter sofrido ao morrer e só podem ser consumidos após serem devidamente abatidos e inspecionados por um especialista (SHOCHET). Depois, devem ser processados (salgados e lavados) de modo que possam extrair o sangue, que não é kasher. A Bíblia afirma que o sangue simboliza a essência do homem e a própria vida, por isso não deve ser ingerido.

Quanto aos peixes, apenas os que possuem escamas e barbatanas podem ser consumidos. Peixes não precisam ser “kashrizados”, pois eles possuem uma quantidade muito pequena de sangue.

Animais como o porco, o camelo, o jumento, a lebre, o coelho, lagarto, crustáceos (lagosta, camarão, siri), ostras, cação, lula, aves de rapina e insetos não são Kasher. Carne de animais, aves e leite, e seus derivados, não podem ser misturados, mesmo que os dois sejam Kasher. É preciso ter panelas, talheres, louças, utensílios e pias separadas. Após ingerir carne ou algum alimento com carne, os laticínios só podem ser ingeridos seis horas depois.

Parve são alimentos que não são nem de leite, nem de carne. São os vegetais, grãos e frutas in natura e ovos.

O leite e seus derivados, como o queijo, cremes, manteiga, iogurte e outros são Kasher quando são obtidos de animais kasher e produzidos numa leiteira kasher, com a participação obrigatória de um judeu no processo de produção.

O vinho e o suco de uva, mais do que qualquer outra bebida, representa a santidade do povo judeu. Qualquer outro produto que contenha vinho ou suco de uva, como o vinagre de vinho, bala, geléia ou refrigerante de uva, conhaque e outras bebidas que possam ser destiladas ou misturadas com vinho, só poderão ser ingeridos quando possuírem supervisão rabínica confiável.

Os vegetais processados, como os congelados ou enlatados e outros alimentos industrializados, podem apresentar sérios problemas de kashrut. Podem conter ingredientes de carne ou leite ou terem sido processados em recipientes utilizados para carne e laticínios, ou fabricados na mesma divisão ou conectados a outros alimentos não kasher. Todos os alimentos naturais processados também requerem supervisão de kashrut de confiança, inclusive muitos produtos de soja, guloseimas e bebidas naturais.

Fiquem ligados no JÁ TE FALEI !!!

 

 

Anúncios

4 comentários em “Alimentação Kasher”

Comente este Post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s