Criada como arma para a primeira grande guerra, salvando vidas até hoje…

    quimioterapia

No final da primeira guerra mundial o mundo foi apresentado para o que seria a arma mais cruel já feita para fins militares, a Tríplice Aliança (formada por Alemanha, Itália e Império Austro-Húngaro) e a Tríplice Entente (formada por Inglaterra, França e Rússia) utilizaram o GÁS MOSTARDA na chamada Guerra Química para dizimar os adversários, entretanto, foi apenas na segunda guerra mundial, quando um grupo de pessoas foi acidentalmente exposta ao gás que constatou-se uma  diminuição na contagem de leucócitos do sangue. Deduziu-se então que esta mesma química que danificava rapidamente o crescimento dos leucócitos poderia ter um efeito similar no câncer.  Nesta mesma década , muitos pacientes com linfoma recebiam a QUIMIOTERAPIA por via intravenosa e não por gás.  As pesquisas continuaram e levaram a outras substâncias que tinham efeito similar contra o câncer.

quimioterapiaÉ incrível pensar que uma arma criada com fins militares para matar, salva muitas vidas, é claro que durante os anos seguintes estas drogas foram sendo aperfeiçoadas e minimizando os efeitos colaterais no organismo humano. Fico contente em pensar que salvar vidas está ficando cada vez mais rápido e fácil.

A guerra leva os seres humanos a momentos extremamente criativos como algumas curiosidades do que foi inventado para a guerra e são usadas no dia a dia das pessoas até hoje.

Durante a Guerra fria o EUA desenvolveu um sistema de comunicação que hoje se chama INTERNET,  além do MICOONDAS que foi acidentalmente descoberto após derreter um chocolate no bolso de um responsável pela manutenção em peças de radares que geram magnétrons.  O Computador foi desenvolvido primeiramente em 1946 com fins de auxiliar os cálculos de artilharia.  O Absorvente foi criado para feridas em campo de batalha, cinco vezes mais absorventes que o algodão não passou desapercebido pelas enfermeiras que ainda se viravam com um simples pano durante o ciclo menstrual, uma pequena adaptação, e pronto.  Agora a parte doce das guerras,  O Leite Condensado foi criado com a necessidade de armazenar o leite sem risco de estragar, para isso, eles evaporavam a agua e adicionavam açúcar, foi introduzido na ração básica das tropas, assim como o M&M que tinha uma casca dura de açúcar que envolvia um pedaço de chocolate para não derreter no bolso dos soldados durante a segunda guerra mundial.

São muitas curiosidades que facilitam nossa vida e vieram da necessidade durante as guerras,  durante períodos de necessidade a criatividade é aguçada, e isso serve para tudo, não apenas nas guerras mas em todos os tempos  difíceis.

Crie, acredite e realize…

Eddie Gomes
“Seu Colunista de Quinta… feira, é claro”!

Anúncios

Comente este Post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s