Sobre cegos, desespero e capitalismo

desespero

Desesperado em meu sumiço, não entendo o desperdício da minha vida que se corrói, acordo, como algo, vou pro buso de mal grado, a noite mal dormida ainda me dói. Desesperado, penso em me matar, mas não adianta diminuir a minha dor. Eu sou só mais um para reclamar, de quê? Talvez, dos cês! Por quê? Tenho que ser… Você?

Há tempos que me dói e ninguém me dá uma aspirina. Ir para o trabalho, ser ordenhado, minha sina sempre foi. Já não faço ideia de quem sou, nem sei onde meu corpo se meteu para cair nessa labuta que me esgana, meritocracia só me engana, vou atender ao telefone até morrer e duro é saber que se eu não foder ninguém, nunca vou chegar lá (????).

Nem adianta vir me lembrar de que sou alguém e que preciso me destacar. De criança, me despiram de qualquer vontade a ponto de eu nem saber se existo de verdade. Sei pintar, sei desenhar, jogar malabares e atuar, mas minha identidade é um monte de número e isso tenho que aceitar. O dia acaba, eu perco emprego, peço arrego e vou pro bar.

Desesperado em meu sumiço, não entendo o desperdício da minha que se corrói, chego em casa, a novela me dá sexo e o horário político fala em progresso e não tenho grana para comer, se liga na loucura que o mundo se figura e eu tenho que viver. Viver do quê? Pra quê? Para que sobreviver?

Engulo a ironia, acordo cedo pro outro dia e me espremo no metrô. Vou atrás de um trabalho para dar sentido às coisas, porque não adianta só respirar. Quando consigo satisfação, meu novo trabalho é muito bom, vou ser parte da produção de algo que não sei o que é. Mas os parafusos estão sempre presos e um dia, com sorte, serei um grande colocador de óleo nas máquinas que comandam a fábrica.

Reduzindo a velocidade, paro para pensar, viver não é muito bom, é sempre como ser o alvo para acertar, existir é obrigação, mas ninguém nem vai notar, porque no limite somos todos invisíveis a olho nu.

 

Anúncios

Uma consideração sobre “Sobre cegos, desespero e capitalismo”

Comente este Post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s