Receita para um Retrato da Lua

Então, de tempos em tempos, nossas timelines de todas as redes sociais transborda de notícias e fotos da “Superlua”. Ainda mais quando você tem amigos fotógrafos ou segue grupos e páginas sobre fotografia. A última Supelua do ano aconteceu nessa segunda-feira (08/09) e toda a madrugada de terça-feira.

Comparação entre a Lua e a Superlua
Comparação entre a Lua e a Superlua

A “Superlua”, como foi apelidada na verdade se chama “Perigeu Lunar”, ocorre quando a Lua atinge o ponto mais próximo de sua órbita com a Terra, e quando coincide com a Lua cheia. Hoje a Lua esta 14% mais próxima e 30% mais brilhante. Você pode conferir o link clicando no na foto ao lado. Voltando à fotografia, cada um tem um jeito distinto de fotografar. Desde a configuração da câmera até o contexto geral da foto, cada um tem uma receita, formas diferentes de alcançar um mesmo resultado, ou fotografando com intenções completamente diferentes. A minha intenção hoje foi fotografar a Lua em Retrato, e vou lhes apresentar a minha receita.

  • Ingredientes

 ja_te_falei_superlua_2

Você vai precisar de:

Selfie na Lua
Selfie na Lua

Uma Lua, escolhi fotografar a da Terra, mas, se preferir, existem outras, boa sorte! Camera DSLR, mesmo modelos mais simples dão conta do recado. Tripé para evitar trepidações mantendo a nitidez da imagem. A maior lente que você encontrar, por maior que a lua apareça no céu, quando você mirar a sua camera para a Lua, ela vai se tornar uma pequena bola branca mergulhada no preto do céu noturno. Para enquadrar a Lua, o mais próximo possível você vai precisar de uma lente tele-objetiva. A minha 55-200mm deu conta do recado, mas quanto mais você puder se aproximar, melhor. Se você não tem uma lente tele-objetiva, você pode fazer como a NASA, apelar e ir até lá, fazer uma selfie com seu celular. O pinguim é só pra dar um tempero.

  • Modo de preparo

ja_te_falei_superlua_4Monte o tripé. Monte a sua camera no tripé. Monte sua lente na sua camera. Não faz diferença se a câmera estiver a 1m60cm ou 1m do chão, então monte seu tripé com pouca distância do chão  para dar mais estabilidade e maior nitidez para a imagem. Sente-se, agaixe ou até mesmo deite-se no chão e mire sua camera na direção da Lua.

Ligue a camera.

ja_te_falei_superlua_5

Escolha as configurações: Não se deixe enganar, pode parecer que você precisa captar o máximo de luz possível, já que é noite e está “escuro”. Mas a Lua é extremamente brilhante. Para expor corretamente e captar os detalhes da superfície da Lua, você pode utilizar uma abertura pequena de diafragma, usei f 10. A velocidade do obturador pode ser rápida, utilizei 1/320 segundos. Optei também por um ISO baixo, ISO 100, para manter a imagem sem ruídos e o mais nítida possível.

ja_te_falei_superlua_6Agora vem a parte mais complexa: o Foco. Seu foco automático não será suficiente, as condições são extremamente desfavoráveis para o sistema da sua camera conseguir focar sozinho para captar os detalhes e as crateras. Você precisará focar manualmente. Para isso, você precisará de uma grande dose de paciência, tentativas e tolerância a frustração a gosto.

Leve as fotos ao forno, digo… seu editor preferido escolha a melhor e faça o tratameto que preferir. Eu deixei o resultado o mais fiel possível às configurações originais da camera, mas com certeza eu poderia ter incrementado a nitidez, a exposição, os contrastes os níveis de branco e de preto. Mas preferi manter um resultado mais próximo ao captado pela camera.

  • Bon appetit

A Lua sempre nos causou encanto, sempre nos intrigou eu tento fotografá-la há tempos mas nunca obtive bons resultados. Sempre tentei registrar, captá-la em todos seus detalhes, capturá-la para mim, para poder observá-la mesmo nos dias em que ela se esconde. Fica evidente esse fascínio sempre que ela se mostra, você nota nas pessoas andando nas ruas olhando para o céu, você nota nas redes sociais muitos tentando fotografar ou comentando sobre.  Para mim, foi uma grande honra finalmente obter o resultado que eu procurei por todos esses anos, e fiquei mais honrado ainda de poder dividir essa alegria com vocês.

E caso você não tenha entendido nada das especificações técnicas que nós discutimos aqui hoje, não se desespere! Continue me acompanhando aqui no blog que logo vocês entenderão cada termo técnico.

Mudando de Assunto

Fui convidado para o lançamento da exposição de um grande amigo na Galeria Porão. Wellington Rockers faz Fotografia de Rua (Street Photography), e se você acha que precisa de um equipamento caro para fotografar, está enganado. O artista faz todo seu trabalho apenas com seu celular e com seu olhar, As informações estão no link abaixo, e vale também a pena conferir o trabalho desse artista incrível no flickr dele. Se você curte fotografia de rua, mobgrafia, ou está apenas procurando um programa cultural para hoje à noite, estarei na Galeria Porão (clique aqui para mais informações) prestigiando esse artista incrível e meu grande amigo Wellington Rockers (clique aqui para conferir o trabalho). Semana que vem, você confere minha visita à galeria e minha conversa com o artista, amigo e inspiração.

Anúncios

9 comentários em “Receita para um Retrato da Lua”

    1. Hahaha, Lu, tem várias formas de se fazer, não precisa ser um retrato! Você pode fotografar uma paisagem e incluir a Lua na foto, assim até mesmo com um celular a foto pode ficar boa! Tudo depende da proposta da foto! =D

      Curtir

Comente este Post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s